19/11/2016 às 08h19min - Atualizada em 19/11/2016 às 08h19min

Jackeline Weiga

Modelo e Blogueira

Thiago Santos
Foto: Silvia kali
 Quem é o ser humano Jackeline Weiga?
 A Jackeline seria uma pessoa muito esforçada e não tem medo de buscar a realização profissional. Sempre sonhei em ser modelo e trabalhar na área da moda isso se tornou uma parte de mim. Tenho muita força de vontade, perseverança e terminação. Não tenho tempo ruim para nada, estás palavras acabam me definindo como pessoa. E mostrando como me sinto quando falo sobre a minha profissão.


 Jackeline?
 
A Jackeline é uma mulher de 23 anos apaixonada por moda, adora música e tem muita criatividade e ama compartilhar as experiências profissionais com os amigos, ao longo do tempo descobrir outras vocações para trabalhar em áreas diferentes. Algo bem particular sobre mim é que eu sou uma pessoa muito sonhadora e simples, acredito em mim e no meu potencial como pessoa e que vou conseguir realizar meus sonhos.


 Aos onze anos de idade?
 
Nesta idade sempre tive a maturidade de já saber o que queria fazer quando crescesse. E já dava o primeiros passos participando de concursos e desfiles, mas sempre achava que era uma criança diferente das outras; em grande parte as meninas de onze anos brincavam, por outro lado eu já participava de cursos, desfiles e fotos. Isso acabou me tornando muito mais focada quando fiquei mais velha. Por já saber o que queria ser, ou seja, profissional eu adorava fazer isso.


 Como era para uma criança já lhe dar com um mundo tão fascinante?
 
Era incrível por ver e conviver com pessoas legais e lugares diferentes; mas uma coisa que tinha que lidar era com as situações e também por saber que poderia não conseguir realizar o meu sonho ou ganhar algum concurso, isso se tornou muito frustrante para uma criança, tinha que saber lidar com o fascínio das coisas boas e ao mesmo tempo das partes ruins.


 Os anos se passaram e quais eram as convicções existentes em você quanto a este segmento?
 
Era saber se iria conseguir ser modelo, foi e é meu maior problema em saber que os anos passarão e conseguir realizar poucas coisas. Porque tem que trabalhar muito para ter pouco reconhecimento profissional. A moda em si sempre vai ser um amor eterno dentro mim, sempre vou defender e acreditar numa área tão difícil.


 Trabalhos importantes que marcaram sua vida?
 
Os mais importantes eu não consigo definir porque para mim todos são importantes. Tudo acaba gerando algo legal para mim e acaba aparecendo outras oportunidades legais.


 Podemos crer que entre estes muitos trabalhos houve um em especial?
 
Todos são especiais, pois acabo criando algum vínculo de amizade com os profissionais com quem trabalho. O mais especial é que eu sempre tenho a esperança de que tudo vai dar certo e que algo muito legal vai acontecer. Pensar em tudo isso me deixa mais feliz e faz com que todos os meus trabalhos sejam especiais.


 Não posso deixar passar! O que sentiu ao ter em mãos seu primeiro book?
 
Foi incrível! Senti uma felicidade muito grande, apesar de saber que teria que se esforçar muito para dar certo. Mas as sensações foram ótimas. Particularmente eu me senti linda e diferente.


 No ano de 2009 você criou seu próprio blog com um objetivo em especifico?
 
O de alcançar um melhor patamar como modelo. Todo o meu intuito de ser modelo e mostrar o meu trabalho. Para criar as minhas próprias oportunidades e mostrar o meu talento ao mundo do moda. Pode parecer bobo para algumas pessoas, mas foi a forma que encontrei para ser vista, de 2009 eu tinha um formato diferente para o blog e ao longo do tempo isso foi amadurecendo através do convivo com as pessoas experientes da área. Por estudar, isso me deixou mais seletiva sobre tudo.


 Atuar pela via da moda e posteriormente escrever sobre ela representou?
 
Bom, escrever para um blog tinha que ser algo bem pensado não poderia de forma alguma  escrever qualquer coisa porque tudo tem um significado, algo que trouxe ao reconhecimento. Então sempre adorava pesquisar, ler livros sobre o assunto, saber que tudo tinha uma história legal para mostrar aos leitores do blog. E sempre quando ia fazer um ensaio para o blog sempre pesquisava um tema legal para contar nas fotos e depois postar.


 Qual tem sido a importância dos estudos para com a sua carreira?
 
Estudar acabou me trazendo uma propriedade melhor sobre o assunto, tanto como blogueira ou até mesmo como modelo, porque quando eu parei para estudar aprendi muitas formas e conceitos diferentes a seguir na moda. O último curso que fiz foi jornalismo Cultural, amei ter feito este curso, porque me ajudou a ver que a moda está em todos os momentos, que ela se incluía em toda as formas, a graduação também me trouxe muita sabedoria sobre a moda e desenvolvi aptidões em outras áreas.


 Para finalizar, se importa em expressar palavras que se tornem sinônimo de inspiração para o amigo leitor que também deseja viver em prol da arte? E também uma frase que seja capaz de descrever o que você sente por fazer algo que muito ama?
 
As únicas coisas que tenho a dizer para todas as pessoas é que não tenham medo de arriscar e que façam sempre tudo por amor quanto a profissão escolhida. Se arrisque, se permita viver e sonhar. Ciente de que no processo muitas dificuldades virão, porém, no final das contas se você persistir tudo dará certo. Porque a fé nos move para frente, e é claro não dê ouvidos para o que irão dizer de negativo, poucos ajudam nessa fase. Por outro lado se apegue naqueles que irão te ajudar. Acredite em si mesmo, isso é o mais importante.
 Concluo, convidando a todos para que possam prestigiar meu trabalho em minha conta no Instagram: @jackellineweiga
Link
Relacionadas »
Comentários »