07/11/2016 às 13h38min - Atualizada em 07/11/2016 às 13h38min

Nilton Rodrigues

Modelo

Thiago Santos
 Quem é o ser humano Nilton Rodrigues?
 
Mesmo vivendo tudo que já vivi até o presente momento, sou um cara alegre, feliz e amoroso. Tenho uma paixão por todos os povos, além é claro de carinho e atenção total. Uma coisa que eu levo para vida é humildade, que vem de berço, assim sou, ADENILTON Rodrigues conhecido o Nilton Rodrigues... Feliz apesar de todos os problemas porque quem não tem né?  Mas meu lado humano e amoroso com todos, principalmente com minha a família são responsáveis por inspirarem minha vida!


 Nilton?
 
Orgulho consigo mesmo por chegar onde chegou. E quero chegar o mais alto ainda em relação as realizações de meus sonhos, tendo fé em Deus é claro!


 Sempre teve em mente a ideia de se tornar um modelo?
 
Sempre gostei deste mundo voltado para a beleza e moda. Contudo, acreditava que só seria possível para pessoas com muito dinheiro para investir na própria carreira. Porém fui me dando conta de que mesmo o dinheiro sendo importante havia algo mais importante ainda, amor e força de vontade.


 Em que momento decidiu encarnar e viver em prol da arte da moda?
 
Quando completei vinte anos de idade me dei conta de que poderia deixar a vida de vaqueiro para fazer o que realmente amava. Daí, com a cara e a coragem me mudei para São Paulo, detalhe, com apenas vinte reais no bolso. Assim fui sobrevivendo, com aquele dinheiro e trabalhando muito, e é claro sempre correndo atrás de meu sonho que era ser um modelo!


 Nem tudo foram flores?
 
Ao entrar no segmento da moda; vindo do interior de Minas Gerais, não tinha a noção de que poderia ser enganado e assim não deu outra, aproveitaram de minha inocência e me deram vários golpes.
Através de promessas me iludiam... E é claro que acreditei em todas. Com isso fiz vários investimentos nestas promessas, no fim, gastei muito e não houve retorno algum. Porém, superei tudo isso e continuo cheio de fé. Batalhando todos os dias.


 O que te inspirou para que pudesse dar a volta por cima diante momentos como estes e manter seu sonho mais vivo do que nunca?
 
O que me mantém vivo e forte nessa área é a minha família, principalmente minha mãe. É ela quem me inspira a ser o homem que sou na busca pela realização de meus sonhos.


 Tão novo e já possui um total de nove desfiles?
 
Sim, foram ótimos momentos! Pois o jovem homem outrora sonhou, se mudou para São Paulo e chega a conquistar esse número de desfiles. Conquistas preciosas, Deus é bom.


 Ainda recorda o que sentiu ao pisar pela primeira vez numa passarela e também ao se deparar com seu primeiro book?
 
Foi a coisa mais fascinante que senti... Ao entrar na passarela me senti muito feliz, só uma coisa levemente me entristecia, a falta da minha família na platéia já que era impossível eles comparecerem devido a distância já que estão em minha terra natal. Mas com Deus ao meu lado pude no final dizer: “Venci a primeira etapa e muitas outras virão”!
Sobre o book, o resultado foi muito bom. Vi ali um jovem homem sorridente por estar fazendo algo que tanto ama.


 Por duas vezes Mister Shine Models?
 
Com título de Mister Shine Models, essa foi conquistada no mundo da moda. O outro foi no concurso Garoto Consciência Negra, esse foi conquistado na escola.


 Se sair vitorioso por duas vezes num mesmo concurso lhe proporcionou quais convicções em prol de sua carreira quanto ao futuro?
 
De que não devo deixar em momento algum meu sonho morrer. Ainda que hajam desafios maiores que o mundo. A verdade é que temos tudo pela frente com Deus ao nosso lado. Além de minha família, minha maior inspiração.


 Quem são os grandes alicerces?
 
Meus pais tão amados, Malvina Rodrigues e José Roberto!


 Para finalizar, se importa em expressar palavras que se tornem sinônimo de inspiração para o amigo leitor que também deseja viver em prol da arte? E também uma frase que seja capaz de descrever o que você sente por fazer algo que muito ama?
 
Nunca deixe a fama subir pela cabeça
, humildade sempre em primeiro lugar!
Link
Relacionadas »
Comentários »