26/09/2016 às 20h13min - Atualizada em 26/09/2016 às 20h13min

Luciano Bahia

Cantor

Thiago Santos
 Quem é o ser humano Luciano Bahia?
 
Pra começar sou Luciano Costa Bahia de Almeida, nasci no Rio de Janeiro. Nossa, é tão difícil falar de nós mesmos, mas enfim... Sou um cara determinado, DEUS é a força que me move sempre, e acredito em tudo o que canto. Dedicado a qualquer trabalho ao extremo, tento sempre ajudar as pessoas que me cercam inclusive no meio musical, não vejo problema em dividir nada, até porque acredito que sempre que você faz algo que vem do coração o universo conspira a seu favor, mas claro sem predeterminar. E acima de tudo no amor universal, esse sim muda nossas vidas e na fé, ou seja, “A força e a luz de DEUS nunca falham”.


 Luciano?
 
Em primeiro lugar, sou apenas um cara que faz música, comecei claro como um grande fã escutando discos que fizeram minha cabeça como: Acabou Chorare (Novos Baianos), A Página do Relâmpago Elétrico (Beto Guedes), Criaturas da Noite (O Terço), e tudo que parava em minhas mãos do Genesis, Yes, Jethro Tull, Focus, Pat Metheny... A partir daí ganhei um violão e por acaso sabendo quase nada, descobri que fiz uma canção. Dai com 18 anos como tinha um piano em casa comecei a estudar e não parei mais de tocar, cantar e compor e em 1986, estreio no mercado da canção contratado pela EMI com Carol, que foi um grande Hit dos anos 80 e de lá até hoje, já foram 10 álbuns. Enfim, só a agradecer e dizer que tem um DEUS que canta e dança dentro de mim!


 Quando e, em que momento à arte do canto lhe conquistou?
 
Aos 18 anos, exatamente quando comecei a tocar e compor. Fazia música como senão houvesse amanhã. Era maravilhoso.


E o que sentiu em seu primeiro momento sobre o palco e diante do público que ali estava exclusivamente para ouvi-lo?
 
Cara foi um show meu em 1981 só com canções próprias e com uma banda maravilhosa de amigos que hoje em dia todos se tornaram grandes nomes da nossa MPB. Tínhamos cerca de 18 anos, eu entrei no palco e fui para o piano tremendo, até porque o Teatro Ipanema (RJ) estava lotado para nos ver. Comecei cantando a primeira canção completamente nervoso, mas num passe de mágica, acho que dá segunda em diante, foi um dos melhores momentos da minha vida. Deu tão certo esse show na época, que fizemos mais quatro.


 Lançamento do álbum para em seguida obter mais de 35 mil streaming?
 
Bem legal essa sua pergunta. Um belo dia meu filho Fred, que em 2013 tinha 20 anos falou: Pai, porque você não grava um disco só com as suas canções antigas? eu acho elas lindas. Pronto, escutamos cerca de umas 100 e chegamos a 10. Ele tanto falou que liguei para o Lito Figueroa e mandei uma valsa que tinha gravado com piano e voz em e daí eu vi que o Fred realmente tinha razão esse projeto tinha tudo para dar certo. Amor Estranho Amor que se chama essa canção foi a primeira a ser gravada e que deu norte a todo esse trabalho. Juntei todos os amigos músicos e ficamos o inverno e primavera de 2013 gravando o disco, mas no meio do caminho aconteceu um fato inusitado. Eu não parava de compor músicas novas e sempre que mostrava ao Lito e a Claudio Kote outro produtor do CD eles achavam maravilhosas. Daí resolvi enviar cada uma para grandes compositores da nossa MPB e nasceram as inéditas, Cariocando ( minha com Tibério Gaspar), Resplendor ( minha com Carlos Colla), A Estrela do Nosso Amor ( minha com Juca Filho) e Disse Lavoisier ( minha com Galvão dos Novos Baianos e Peu Tanajura). O disco estava pronto, como lança-lo ? o CD já estava saindo de moda e eu sempre me fascinei com o mercado da música digital. Decidi então lança-lo em todas as plataformas digitais em setembro de 2014. E agora o que fazer? Em uma conversa com o diretor da Sony Music, após ouvir o trabalho, ele me fala, Luciano o teu disco tem a cara do mercado internacional principalmente Portugal, Japão e Itália. Daí, depois desse dia fico em casa religiosamente das 9 às 17 h usando todos os canais possíveis e impossíveis da Internet para divulgar o álbum Nossa Cidade durante um mês seguido. Cara, eu não tinha mais vida, estava quase desistindo, por que já haviam passado 20 dias e só tinha conseguido 3000 streamings. Quando retornei para minha surpresa, de 3000 foram para 7000 sem que eu tivesse feito absolutamente nada. E depois a cada dia, até chegar a essa marca que você me perguntou. Sinceramente, qual foi a fórmula? Eu até agora não sei dizer.


 Um convite em especial chegou até você?
 
Sim. Em março de 2016, por acaso liguei para a distribuidora desse disco Nossa Cidade e um de seus representantes me falou, porque você não grava um novo álbum? Pensei na ideia porque tinha cerca de seis músicas inéditas. Rapidamente ligo para o Lito Figueroa e converso com ele de fazermos um disco em parceria, em todos os sentidos, da concepção musical aos arranjos, sonoridade, enfim tudo! Lito aceita prontamente, e daí nasce Vento Lunar, que mesmo antes de seu lançamento, a Sonora Musica apostou na ideia e está lançando em todas as plataformas digitais e em CD físico.


 A canção título possui alguns elementos em especial?
 
Nossa, adorei sua pergunta! Conforme havia falado, o CD é composto de 10 canções, sendo somente uma que não é nossa e todas inéditas. Algumas delas, só existiam a melodia, harmonia e minha voz. Daí já partimos direto para os arranjos, mesmo sem termos as letras prontas. Do nada, vem em minha cabeça as palavras vento lunar. Entro na Internet e começo a observar que tem tudo a ver com atmosfera do álbum, escolho uma, ligo para Carlos Colla e falo Carlinhos, estou lhe enviando uma música que vai dar nome ao meu novo disco, chamado Vento lunar, se puder crie uma letra em cima desse nome. Para minha surpresa, com todo o seu talento de grande Hitmaker, Carlinhos cria uma letra surpreendente para a canção.“ Sou calmaria, sou tempestade, sou a transformação”.


 Mantra Hipnotizante?
 
Adorei! Essa foi outro caso parecido, quando fiz a música achei a cara do Tibério Gaspar, que antes de ser um dos grandes compositores da nossa MPB é um grande amigo e incentivador do meu trabalho. Tiba amou a canção e enquanto estava fazendo a letra sempre fazia certo suspense quando lhe perguntava: E aí como está ficando? Sua resposta era sempre a mesma: Luciano essa canção é linda, soa como um mantra e quero seguir essa linha. E Tibério criou uma letra que conta a historia de um poeta observando a Lua, e tudo que seus movimentos causam em nós. Na Boca Da Noite será o segundo single do Cd lançado para todas as plataformas digitais dia 04/11 pela Sonora Musica.


 O romantismo também está presente neste trabalho?
 
Bastante, principalmente na canção Um Segredo Em Mim, minha com o Juca Filho. A letra que Juca fez é de lirismo impressionante, mas ao mesmo tempo direta e sem rodeios. “Uma canção pra te buscar, onde a saudade se perde no olhar...” Adoro essa nossa parceria!


 E a recepção por parte do público?
 
Acabamos de lançar o primeiro single de trabalho, Em Nome Do Amor dia 16/09 somente em todas as plataformas digitais e em menos de uma semana já estamos com mais de 10 matérias e notas em Jornais como O Globo e por vários sites da Web. De domingo até hoje já atingimos a marca de mais de 3500 audições no total.


 No tocante o resultado final se concretizou do jeito que você imaginou?
 
Se tratando do álbum sim. Eu e Lito Figueroa ficamos totalmente satisfeitos com o resultado final de tudo. Jamais podemos deixar de citar aqui o Gabriel Serveira pelo projeto gráfico, Luciana Costa Barreto pela assessoria e Junior Ronzella e Alessandra Scarparo que estão conduzindo esse lançamento pela Sonora Musica com extremo carinho e competência.


 Para finalizar, se importa em expressar palavras que se tornem sinônimo de inspiração para o amigo leitor que também deseja viver em prol da arte? E também uma frase que seja capaz de descrever o que você sente por fazer algo que muito ama?
 
Quando você faz qualquer coisa relacionada a arte sendo a sua verdade sempre, nunca desista porque algum dia ela por si só encontrará uma saída e ira do nada aparecer para iluminar toda a Nossa Cidade.

 Obrigado a você Thiago Santos, e a todos
 Bjus
 Luciano Bahia
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »