22/07/2021 às 21h37min - Atualizada em 10/03/2021 às 10h32min

Phantom, conheça o artista que tornou mais que uma tendência no mercado musical e fonográfico.

Phantom e um artista da nova geração do Pystrance e está bem ligado como funciona e tem trabalhado um forte e se torna mais que uma tendência no mercado musical e fonográfico.

Com vinte músicas lançadas em pouco mais de três anos de carreira profissional e alcance superior a 25 milhões de streams nas plataformas digitais, Phantom mostra um trabalho consistente.

Pedro Sader, 23 anos, carioca residente em São Paulo, ex Salvador, está a frente do projeto que deu seus primeiros passos no final de 2017 e tem lançamentos pelas gravadoras Alien Records e Medusa Records. Mas não é surpresa nenhuma que a maioria de suas músicas são lançadas de forma independente – quando o artista elimina a gravadora do processo e trabalha direto com uma distribuidora, por exemplo. Mais que uma tendência no mercado fonográfico, esta é uma realidade que Phantom e uma nova geração de artistas está bem ligada como funciona e tem trabalhado forte.

Prova disso é o remix da música Believer, do “Imagine Dragons – grupo norte americano de pop rock – produzido em colaboração com Voxell e Kova – que ultrapassa os 20 milhões de acessos no youtube – foi lançado em outubro de 2018 e trouxe grande visibilidade ao artista.

Sobre esta música tão importante, Phantom revela: “Tanto a pessoa que me deu a ideia pra fazer, juntamente com as pessoas que eu fiz ela, não tinha como dar errado, era muito sentimento envolvido! Tanto eu, como o Kova e o Voxell viemos da Bahia pra São Paulo em busca de realizar o nosso sonho. Sempre foi a gente pela gente, unindo forças, experiências, conhecimento e muito carinho! Tinham outros remixes da mesma, mas eu acredito que tudo que é feito com o máximo de amor, energia, dedicação e foco, não tem como dar errado!!

Em 2019 o remix de Old Town Road, de Lil Nas-X,  em uma mega colaboração que envolveu Coblan, Voxell, Freakout, Azzura e Impact Groove teve grande audiência e repercussão como comenta o manager do artista, Gustavo Pavão: “Foi um boom tão grande, todo mundo queria ouvir e saber o que o Phantom estava fazendo“.

Em outubro de 2019 Phantom alcançou o Top4 do chart de psytrance do Beatport com a faixa Turbulence, colaboração com Kova e Freakout, que também tem milhões de streams nas plataformas digitais . Tudo isso garantiu destaque ao DJ e produtor musical Pedro Sader que, além do projeto Phantom, gerencia seu estúdio em São Paulo onde trabalha com estilos diversos, incluindo artistas renomados do funk, rap e trap.

“Cada segundo do meu dia é música, eu respiro música”

Os primos de Phantom sempre tocaram instrumentos musicais mas um deles produzia no computador, foi daí a primeira inspiração do artista que também toca violão. Depois, como ele mesmo conta: “Amigos me levaram para a minha primeira rave em Salvador e a partir disso foi sem volta!” que completa: “Comecei a me envolver mais e mais, fazendo alguns eventos, convivendo mais com os djs e artistas até começar a querer tocar, e foi onde tudo deu inicio até hoje”(risos)

Quando perguntado sobre suas influências Phantom é muito claro: “Sinceramente, eu sou fã número 1 dos meus amigos produtores, e alguns deles que sempre escutei antes de ser amigo, como Kova, Konaefiz, Invader Space, Jacob e 4i20″. A bagagem sonora de Phantom é extensa e pode incluir aí de The Fat Rat a Diplo, Eskimo, Joyride, Skrilex, Two Feet, Hippie e Sabotage.

Em breve vem por aí diversos lançamentos, entre eles uma colaboração entre Phantom, Azzura e Aliena, na faixa SandStorm, a ser lançada pela Distrokid. Acompanhe @phantomlivebr nas redes sociais e não deixe de curtir o som do artista pelo Soundcloud e também no Spotify.
Link
Rodrigo Oliver

Rodrigo Oliver

Rodrigo Oliver, famoso no Rio de Janeiro por suas festas de aniversário, nas quais sempre reuniu inúmeros famosos

Relacionadas »
Comentários »