16/07/2015 às 09h55min - Atualizada em 16/07/2015 às 09h55min

Haddad e o dilema do cachorro e o carrapato

Prefeito repete os mesmos erros quando idealizou a criação das ciclovias: a falta de diálogo

Anderson Moriel Mattos
freeimages.com

Entristecido com a peste de carrapato que atingira em cheio o seu cachorro, João decide sacrificá-lo sem dó nem piedade. Ele vai até o seu quarto, pega sua arma e aponta para cabeça do animal. No exato momento em que ele iria aperta o gatilho, Maria, sua esposa, diante daquele ato, decide perguntar ao marido.

- João! Você procurou alguma ajuda veterinária?

- Não.  

- E você buscou alguma informação para saber se esse problema do nosso cão é grave?

- Não.  

Não contente com as respostas de João, Maria foi mais incisiva.

- Então por que você vai sacrificar o nosso amado cãozinho?

- Porque dá menos trabalho.

Haddad se comporta da mesma forma que o João, ao planejar a maior cidade do país de forma confusa e irresponsável. A última ação do prefeito Haddad que impactará a cidade ocorrerá no próximo dia 20, quando a velocidade das marginais será reduzida de 90km para 70km (expressa), de 70km para 60 (central) e 60km para 50km (pista local).

E parece não ter aprendido com a execução malsucedida de suas ciclovias, onde simplesmente, sem consultar a população, saiu de pincel em punho e um balde de tinta vermelha decorando ruas e avenidas, sem o mínimo de critério.  

Se o problema são os acidentes, não deveria haver mais fiscalização? Se a intenção é proteger os pedestres que desembarcam de ônibus nas pistas locais, não seria mais eficiente elaborar um projeto de passarelas, tuneis, faixas exclusivas e formas de proteger quem está desprotegido? Não seria mais interessante criar um plano para que houvesse harmonia entre carros, motos, ciclistas e pedestres, antes de qualquer medida paliativa?

Confesso que não sei se Haddad é mal-intencionado, ou está cercado de 'Joãos'. Ao que tudo indica, a sua equipe é formada por gente que nunca pegou ônibus, que não anda de bicicleta e tampouco dirige seu próprio veículo pelas congestionadas vias da capital.

Por que vias bem menos expressas tem velocidades semelhantes à das marginais, como a 23 de Maio, com velocidade máxima de 70km. A Radial Leste com 60km, ou a Salim Maluf também com 60km? Eu sei. E você?

A cidade de São Paulo sofre com a falta de bons administradores de gestão pública. Isso é histórico e merece uma reflexão profunda por parte de sua população.

Até quando esta linda cidade será abusada por gente que não tem o mínimo zelo e amor? Até quando nossas divisas e impostos serão jogados pelos ralos da falta de boas práticas de gestão?

Até quando a gente vai aguentar? 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »