08/03/2016 às 09h58min - Atualizada em 08/03/2016 às 09h58min

Mulher, comunique seu potencial às pessoas!

IPOG
Maraísa Lima

Maraísa Lima é jornalista, especialista em Marketing, Comunicação Empresarial e professora do curso de aperfeiçoamento profissional "Comunicação Organizacional para Liderança Assertiva" no Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), ipog.edu.br.

“Se percebemos que a vida realmente tem um sentido, percebemos também que somos úteis uns aos outros. Ser um ser humano é trabalhar por algo além de si mesmo.”

Viktor Frankl

1 - Propósito:

Descobrir o sentido de sua vida vai orientá-la em todos os seus papéis, uma vez que, em cada um deles, você seguirá um norte. Joey Reiman, autor do livro "Propósito", afirma que o conceito “é uma força tão poderosa quanto a da gravidade, mas, em vez de atrair para baixo, impulsiona adiante”. Uma maneira clara de mapear a força que te move é fazer as seguintes perguntas: Que atividade me desperta profunda paixão? Em que ramo posso ser a “melhor do mundo”? Quais são meus talentos únicos? Qual profissão aciona o meu motor econômico? Ou seja, eu poderia ser paga para fazer isso?

Se você ainda não mapeou o seu propósito, o livro é uma excelente dica.

2 - Comunique seu potencial:

A ideia de sentido é muito particular, porque remete a uma contribuição única que cada pessoa pode oferecer para a humanidade. Já pensou a respeito do que o mundo perderia se você não existisse? Então, se não comunicar claramente seu propósito aos outros, como eles saberão?

Uma forma se expressar o seu potencial é contribuir com o desenvolvimento das pessoas por meio de artigos de opinião, postagens em redes sociais, criação de um blog, gravação de vídeos, conceder entrevistas para veículos segmentados no seu campo de atuação, publicação de livros, e-books, palestras etc.

3 - Conheça sua audiência:

Somos mais de 7 bilhões de pessoas no mundo. Mesmo assim, cada ser humano é singular em seus desejos, sonhos e necessidades, mas você pode pensar: de que maneira o meu propósito contribui com as pessoas? Partindo dessa reflexão, você começa a fazer conexões com a sua audiência. Onde ela vive? Se ela fosse uma pessoa, quais seriam suas características essenciais e até físicas? De que forma posso impacta-la? Qual é o melhor canal de comunicação para atingi-la? Qual linguagem traz sentido a esse público?

De posse dessas informações valiosas, direcione toda sua estratégia de comunicação pensando nessa “persona”, ou seja, a representação fictícia da sua audiência.

4 – Deixe um legado:

Outra excelente maneira de expressar o seu potencial, seguramente, é trabalhar em uma profissão que permita o florescer dessa contribuição única que você tem a entregar às pessoas. Entretanto, muitas pessoas podem não ter esse privilégio. A partir do momento em que você toma consciência do sentido de sua vida, jamais será a mesma. Logo, o impulso da vida provocará o desejo de agir.

Que tal começar a escrever? Caso não seja uma exímia escritora, você pode desenvolver a escrita por meio do treino, treino e mais treino. Conte sempre com leituras de qualidade. O importante é não ter medo de errar. Outra dica é buscar o apoio de profissionais para orientá-la a melhorar essa forma de expressão do seu potencial. É fundamental que o mundo saiba que dentro do seu ser existe uma força infinita com anseio de florescer e deixar um legado. O resultado é realmente fazer a diferença na vida das pessoas.

Para inspirá-la a pensar sobre isso, se baseie em uma frase de Albert Einstein, cientista que, embora tenha feito suas principais teorias há mais de cem anos, é atual em seu legado: “O valor de um ser humano não pode jamais ser medido pelas suas posses, nem mesmo pelos seus feitos ou pelo seu conhecimento, mas sim pelas suas contribuições.”

Então, compartilhe o sentido de sua vida e apoie as pessoas a encarar seus desafios!

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »