26/05/2021 às 10h28min - Atualizada em 26/05/2021 às 10h27min

Como gerenciar um e-commerce de sucesso?

O ano de 2020 fez com que o número de e-commerce explodisse. Afinal, devido ao problema sanitário, as empresas tiveram seu campo de atuação limitadíssimo. Isso forçou uma migração das lojas físicas para lojas virtuais.

No entanto, como a maioria dos empresários nunca lidou com os meios digitais antes, tiveram diversos problemas quanto à gestão. 

Neste post, vamos explicar algumas técnicas de gestão de e-commerce que vão te ajudar a ter sucesso. Não deixe de ler todo o conteúdo!

1. Elabore um plano para seu e-commerce

O primeiro passo, que deve ser feito antes de abrir um e-commerce, é ter um plano para sua loja virtual. Ou seja, você precisa saber o que vai ofertar, qual o preço justo pelos itens, de quem vai comprar e assim por diante.

É nessa etapa que muitos empreendedores se confundem, pois pensam que o planejamento não cabe no mundo digital.

Se você quer ter sucesso, vale a pena estipular metas semanais e mensais para seu negócio online.

2. Estude seu público-alvo

Agora que você possui um plano, é necessário estudar seu público-alvo. A razão disso é que a internet é um lugar muito plural, e atrair todos os perfis de pessoas pode não ser interessante.

Se você quer ofertar ZMA, por exemplo, procure entender como os consumidores desse produto agem na internet. Esse conhecimento é fundamental para elaborar estratégias de marketing digital.

3. Não descuide de seu estoque

Cuidar do estoque é uma das maiores preocupações de um e-commerce. Se nas lojas físicas é ruim ficar sem um produto, no e-commerce é desastroso.

No entanto, ter produtos em excesso também não é legal. Portanto, o ideal é estudar as demandas de seu negócio online, mantendo um estoque saudável.

4. Uma boa logística é vital para seu sucesso

A logística diz respeito ao translado do produto, do fornecedor até seu estoque, do estoque até o cliente, e do cliente até seu estoque de novo. Ela engloba todos os processos pelos quais o produto passa nessas etapas do envio.

Um erro comum é não levar em conta o sistema de correios. Existem regras rígidas quanto aos pacotes, e se não forem respeitadas, você terá problemas na hora de enviar.

5. Trabalhe o SEO de sua loja virtual

O SEO é uma das principais estratégias de marketing que um e-commerce pode usar. Em resumo, o SEO consiste em realizar otimizações na página do site de modo que facilite para os mecanismos de busca.

Investir em um blog com conteúdos relacionados ao e-commerce é uma ótima estratégia. Da mesma forma, o texto das páginas dos produtos também são valiosos.

6. Tenha um atendimento exemplar

Embora o e-commerce seja uma plataforma online de vendas, você precisa sim de um atendimento exemplar. O WhatsApp é uma ferramenta poderosa para isso.

As lojas virtuais muitas vezes parecem distantes dos consumidores. Ainda mais quando o assunto é reembolso ou problemas com a entrega do produto.

O atendimento ao cliente é um grande diferencial competitivo, nos dias de hoje.

7. Atualize o design do e-commerce com frequência

Embora a maioria das plataformas de e-commerces contem com designs excelentes, nenhuma delas é perfeita em todos os sentidos. Portanto, vale a pena realizar pequenas alterações ao longo do tempo.

Para saber o que deve ser alterado, use sua loja virtual como se fosse a primeira vez que a visse. Além disso, veja o design de seus concorrentes. Sempre há uma coisinha ou outra que pode ser melhorada.

Preze, principalmente, pela experiência de usuário.

8. Invista em tráfego pago

Se você precisa de mais visibilidade, uma ótima alternativa é investir em tráfego pago.

Em resumo, você vai investir em anúncios pagos, tanto nas redes sociais quanto no próprio Google. Dessa forma, o material que você escolher vai aparecer para o grupo que você determinou.

No Google, investir em tráfego pago significa elevar  a localização de seu site, para uma determinada palavra-chave. Quando alguém pesquisar por ela, o seu e-commerce vai aparecer em um dos primeiros resultados, com a tag “anúncio” ao lado.

9. Use as redes sociais para vender

As redes sociais são locais onde uma boa parcela da população mundial se encontra. Em outras palavras, são bilhões de pessoas ao redor do mundo de olho em tudo que acontece por lá.

Manter uma página nas redes pode atrair muitos consumidores, ainda mais se você criar conteúdos interessantes para eles. É por isso que você precisa conhecer seu público-alvo.

Procure não postar apenas ofertas de produtos!

10. Tenha fornecedores de qualidade

Por fim, ter fornecedores de qualidade é vital para qualquer loja, seja ela física ou online.

Entende-se por “fornecedor de qualidade” os fornecedores que não demoram para entregar as encomendas, oferecem bons preços e possuem produtos de qualidade.

Existem vários fornecedores no Brasil, atualmente. Basta procurar com atenção.

Gostou deste material sobre como gerenciar um e-commerce? Não deixe de compartilhar em suas redes sociais!

Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »