01/08/2020 às 00h15min - Atualizada em 01/08/2020 às 00h13min

​CBF avança com datas para o retorno do futebol brasileiro


Apesar de ainda existirem mais dúvidas do que certezas no panorama atual brasileiro, a verdade é que os responsáveis pela CBF não parecem hesitar em avançarem com datas para o retorno do Brasileirão Série A, mas também Série B, após mais de três meses sem futebol brasileiro.

Findadas as conversações com todos os times da Série A, o agendamento do calendário para o Brasileirão faz com que a primeira rodada se deva iniciar no dia 8 de agosto para a Série A e no dia 9 de agosto para a Série B. 

O objetivo principal da CBF é que o Brasileirão 2020 se mantenha com o sistema de pontos corridos, com as programadas 38 jornadas. Para isso, a CBF, juntamente com os principais times do nosso futebol, terá fechado acordo para o Campeonato brasileiro se estender até fevereiro de 2021.

 

Existe pressa para o recomeço do futebol brasileiro?

 

Mesmo havendo opiniões muito díspares quanto à decisão do retorno breve do futebol brasileiro, a verdade é que existe de fato a necessidade da bola começar rolando novamente. Isso porque, a maioria dos times brasileiros estão diretamente dependentes das receitas de propaganda e de direitos televisivos, para que possam cumprir com todos seus compromissos financeiros e contratuais.

Ao que tudo indica, a Rede Globo – dona dos direitos televisivos do Brasileirão -, já teria feito saber que apenas cumpriria com seu contrato caso existisse o mesmo número de jogos originais. Ou seja, não aceitariam a alternativa de terem uma Série A encurtada. Ora, essa intransigência poderá ser um dos motivos para o Brasileirão estar programado para terminar somente em fevereiro do próximo ano, ao invés de dezembro de 2020.

Além disso, cada vez mais críticas estão surgindo à gestão dos times brasileiros. Pois, como parece estar sendo provado nesses últimos meses de paralisação, mesmo as maiores equipes do futebol brasileiro estariam sentindo dificuldades para manterem salários e outros compromissos, caso o futebol brasileiro não retornasse o quanto antes.

 

O bom exemplo do futebol europeu

 

O que parece estar dando mais ânimo a torcedores e aos responsáveis por times, bem como a própria CBF, é que os principais Campeonatos do futebol europeu já estão decorrendo há várias semanas. Ora, nessas primeiras rodadas, mesmo com as arquibancadas vazias, nenhum problema de maior está surgindo.

Também por esse bom exemplo, a CBF já fez saber que, até indicações contrárias, por parte das Entidades de Saúde, não existirão torcedores nas arquibancadas, pelo que todo o ambiente de futebol será necessariamente modificado.

Resta agora aguardar para perceber se outras competições do futebol brasileiro, como a Copa do Brasil, terá uma edição em 2020. A CBF já fez saber que está aguardando por decisões do Conmebol, em relação à Copa Libertadores e a Sul-Americana, para reagendar também a Copa do Brasil.

 

A vida também se complicou para um jogador polêmico

 

Felizmente, a Série A italiana já se iniciou há algumas jornadas. Contudo, o sempre polêmico e carismático jogador italiano Mario Balotelli teve um péssimo reinício à competição. Isso porque, após a longa paragem, o avançado foi dispensado pelo time do Brescia, alegadamente por comportamentos ruins. Poderá obter mais informações nessa notícia, sobre como Balotelli reaguiu, após ter sido barrado à porta das instalações do seu ex-time: fonte: https://sportsbet.io/pt/sports/soccer/news/demitido-por-justa-causa--balotelli-e-barrado-no-ct-do-brescia.

 
Link
Relacionadas »
Comentários »