06/05/2015 às 03h51min - Atualizada em 06/05/2015 às 03h51min

Mário Moita. Confira entrevista com o único fadista e pianista do mundo

Sabrinna Zanini / Assessora de imprensa do Cantor Mário Moita
Fotos: Divulgação

 

1) De qual forma surgiu a sua vontade de seguir a carreira de músico? 

 

    Desde muito pequeno comecei a tocar piano e estudava  ao mesmo tempo na escola, fiz faculdade de Eng Agrônoma, Mestrado, etc. Em 1998 decidi me dedicar 1 ano de experiência à musica, e nunca mais parei.

 

2) Como surgiu a ideia de unir o fado ao piano? Qual a sensação de ser o único fadista e pianista no mundo e ser reconhecido por isso? 

   A ideia veio da minha própria vontade, pois quando tinha 10 anos conheci um pianista contemporâneo e grande compositor de fados (Alberto Janes) que fazia fado ao piano nas décadas de 50 e 60. Quiz o destino, que ele me deixasse todo seu trabalho de "Partituras para piano", e assim desde muito cedo eu comecei a tocar Fado ao Piano. A sensação de ser o único fadista e pianista do mundo como deve calcular é ótima, mas também enfrento muitos desafios, pois de uma maneira geral o mundo pensa que o fado é somente acompanhado pela guitarra portuguesa e pelo violão.

   

 

3) Quantos anos você tem de carreira e por quantos países já passou? 

 Fico sempre sem saber quando começou. Qual o critério? Minha primeira apresentação foi em 1979, meu primeiro show na tv foi em 1993, primeiro cd foi em 1999. Ao longo destes últimos anos passei por mais de 30 países e 15 estados do Brasil e quero cantar em todos. 

 

4) Soube que você esteve de fevereiro a abril de 2015 no Japão e em Portugal fazendo turnês. Como foram essas turnês?

Comecei a cantar no Japão em 2001, fiz muitas turnês lá e adoro! faziam 8 anos que não ia ao Japão e confesso que tinha imensas saudades, pois além de adorar o país, o público sempre me aplaude muito e me recebe com muito carinho. Desta vez tive o desafio de além do meu show, acompanhar alguns corais cantando músicas portuguesas. Foi fantástico!

 

 

5) Você "coleciona" programas nos quais já se apresentou pelo mundo. Em quantos programas e quais marcaram mais a tua carreira?

 

    Por acaso são imensos e não te sei dizer quantos. Eu calculo uns 200. Recordo o primeiro programa que gravei para uma tv japonesa aTv Asahi em 2001, e que fez com que eu começasse a fazer tornes pelo Japão. Gravei com a Anri, uma cantora muito famosa no Japão, sou amigo dela até hoje. Mas aqui do Brasil recordo sempre com carinho as minhas idas ao Jô Soares, pois foi sempre um sonho de infância que se tornou realidade. 

 

6) Quais países você mais gostou de se apresentar? 

   Eu encaro a minha profissão com bastante alegria de poder viajar tanto, mas também com muita responsabilidade de em muitos festivais poder representar Portugal. É difícil responder, mas adorei cantar em 2005 nos templos tenda-shu em Kyoto- Japãodurante várias semanas para monges budistas, recordo um festival no Sul da Macedônia onde cantei num teatro construído em pedra 200 AC, no Brasil além dos grandes teatros das principais cidades, adoro ir para o interior como por exemplo vários festivais que já fiz no interior do Sertão do Moxotó, no interior de Pernambuco, onde nunca tinham escutado fado, e principalmente o fado romântico e alegre que é aquele que eu gosto de fazer.

 

7) Como você defini o seu amor pela música e qual projeto ainda gostaria de realizar na sua carreira? 

    O meu amor pela música é o meu amor por mim próprio, pela minha vida, faz parte do meu dia a dia, o alimento da minha alma. Um artista como eu tem sempre centenas de projetos que quer fazer! Quero tocar por todo Brasil com orquestras de cordas, e levar cada vez mais a minha música a tantas cidades onde nunca nenhum português se apresentou. 

 

8) Depois de sua turnê no Brasil, já tem alguma outra marcada em outro país ou vai tirar férias? 

   Depois do Brasil vou regressar a Portugal cerca de 6 semanas, terei uns shows na Espanha, regresso talvez ao Brasil no final de setembro umas 4 semanas e depois sigo direto para a Hungria no final de Outubro. 

 

9) Cite 10 coisas das quais não conseguiria viver sem. 

  Música

  Piano

  Familia

  Café expresso português

  Pão alentejano

  Paz

  Amizade dos bons amigos

  Internet ( ferramenta imprescindível para podermos organizar as turnês mundiais)

  O bom vinho tinto do alentejo

  Esposa dedicada "LOL"

   

10) Se você tivesse que agradecer por todo o seu sucesso e tudo de bom que a carreira artística te proporcionou, quais pessoas você citaria como fundamentais no seu crescimento profissional?  

    A minha família teve um papel fundamental para que eu pudesse estudar e me dedicar à musica, a minha mãe e o meu pai, são os responsáveis por essa decisão e apoio incondicional. a minha avó materna me deu a força de seguir sempre em frente e defender minhas ideias sem olhar para trás nem para os lados. 

 

11) Como você concilia a vida pessoal com tantos shows e viagens? 

        Nem sempre é fácil, mas tento no meu verão (agosto) estar com base na minha cidade para estar com a minha família. 

 

12) Qual música do seu CD atual é sua favorita?

 

       Tantas vezes saudade, é um fado/canção que escrevi com a parceria de o meu amigo e letrista Manuel Sérgio e que me faz lembrar que ando sempre com esse sentimento 365 dias por ano... onde quer que eu esteja estou sempre com saudades de alguém... 

 

13) Se você não fosse artista, qual profissão gostaria de ter? 

    Sou Eng. agrônomo, mais precisamente zootécnico, provavelmente teria seguido essa área, a qual estou muito ligado devido aos meus 4 avôs terem sido agricultores. 

 

14) A cultura portuguesa é muito rica. Você sente muita saudade de Portugal? É muito cansativo tantas turnês em um ano? 

     Sim, não é fácil estar cerca de 9 ou 10 meses longe dos seus costumes, das suas comidas e dos seus amigos. É super cansativo, mas também é muito prazeroso poder conhecer tantos lugares diferentes pelo mundo, conhecer tantas pessoas diferentes, fazer novos amigos e conhecidos todos os anos. 

 

15) Quais os seus projetos para o futuro? 

   Estou neste momento começando o repertório para um novo cd, mas posso adiantar que será muito romântico!

  Quero continuar a viajar e a poder levar a minha música a cada vez mais lugares.

 

Site Oficial: http://www.mariomoita.com/

 

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »