16/01/2023 às 09h27min - Atualizada em 18/01/2023 às 00h06min

Entenda a importância da contabilidade para o seu negócio

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

A contabilidade é uma ferramenta essencial para o crescimento saudável de uma empresa. Assim como a administração correta da casa é importante para a manutenção da família, gerir bem a empresa é o que permite que ela siga no mercado.

Uma empresa que fabrica tela perfurada tem muito mais chances de sucesso se contar com um setor contábil de confiança desde o início.

Lidar com as variações do mercado e questões legais não é para leigos. Fazer a gestão de uma empresa sem um controle financeiro devido se torna uma tarefa árdua e muitas vezes fadada ao fracasso.

É preciso saber com precisão e clareza as informações referentes à contabilidade para que decisões sejam tomadas de forma segura, só assim a empresa pode se manter ativa e lucrativa, com planos de crescimento realistas e alcançáveis.

O que é contabilidade?

Contabilidade vem do latim computabilis e significa “o que se pode contar/o que é contável”.

Segundo a Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA - USP), como ciência, a contabilidade estuda, registra e analisa todos os movimentos no patrimônio de uma entidade e fornece um parecer.

Através de uma auditoria contábil para fazer o levantamento de dados a respeito da vida fiscal e financeira da empresa, a contabilidade é capaz de orientar quais caminhos devem ser seguidos para que tudo fique em dia com a lei e as finanças estejam sempre positivas.

A contabilidade surgiu com povos antigos, antes mesmo das primeiras formas de escrita, e servia para administrar as transações comerciais. Desde então, ela vem evoluindo para acompanhar as leis e mudanças do mercado.

Mesmo pessoas físicas podem se beneficiar dos serviços de um contador, embora, devido à quantidade de informações e regulamentos a serem geridos, a contabilidade se faça particularmente necessária no dia a dia empresarial.

Usuários da contabilidade: quem são?

Os dados financeiros e fiscais de uma empresa são importantes não apenas para a gestão interna. Várias entidades têm interesse em identificar essas informações, muitas vezes para usos que impactam diretamente a vida da empresa.

Essas entidades são conhecidas como usuários da contabilidade e podem ser internos ou externos. Veja quem são:

Usuários internos

Usuários internos são corporações e profissionais ligados ao funcionamento da empresa. Eles atuam nas atividades diárias utilizando as informações de contabilidade.

Podemos tomar como exemplo de usuários internos os administradores, acionistas ou auditores fiscais. Todos eles trabalham com os processos próprios da empresa, como sua gestão e planejamento.

Usuários externos

Por outro lado, os usuários externos são os que interagem com a empresa através da contabilidade, mas sem participar da sua rotina. São os bancos, governos, parceiros e fornecedores, investidores em potencial, entre outros.

Uma empresa especializada em valoração ambiental pode ter seus dados avaliados pelo governo, junto com os de outras empresas, para criar um panorama da economia do país em determinado período, por exemplo.

Bancos utilizam essas informações para tomar decisões referentes a empréstimos enquanto investidores buscam saber se a empresa tem índices confiáveis para fazer uma aplicação.

Por que incorporar a contabilidade à sua empresa?

Fazer uma boa gestão é essencial para o funcionamento da empresa, tanto a curto quanto a longo prazo. Quanto mais cedo a organização financeira for implementada, de forma a direcionar o planejamento estratégico da empresa, melhor.

Com o trabalho da contabilidade de monitoria e interpretação das movimentações financeiras e fiscais da empresa, é possível traçar metas para redução de gastos e se manter em dia com a Receita Federal.

Além do controle econômico, os profissionais de contabilidade também se encarregam de gerenciar os tributos e encargos que mantém a empresa regular perante ao governo. Estar com os impostos em dia é indispensável para um empreendimento saudável.

Entre os benefícios de contar com um setor fiscal estão:

  • Organização fiscal;
  • Diminuição de riscos;
  • Gestão correta dos recursos;
  • Segurança no planejamento.

A implantação de melhorias em qualquer área de uma corporação só é possível com o diagnóstico correto dos problemas, e é exatamente isso que uma contabilidade bem feita fornece.

Saber onde há vazão de recursos e como aproveitá-los melhor, sejam recursos humanos ou materiais, além de avaliar corretamente os riscos de um novo negócio diminui prejuízos para a empresa e evita danos ainda mais graves, no caso de investimentos frágeis.

Como criar um setor contábil?

Abrir um novo departamento em uma empresa nem sempre é tarefa fácil. O processo envolve dinheiro, tempo e espaço, mas isso não é motivo para não fazer a contabilidade do seu negócio.

O setor contábil de uma empresa pode ser interno ou terceirizado. Assim, contratar uma empresa de contabilidade para atender às demandas do seu empreendimento é uma opção muitas vezes mais viável e econômica do que criar um departamento interno.

É claro, a decisão pode depender do tamanho da sua empresa e do capital disponível para investir nesse setor. Microempreendedores e empresas de pequeno porte podem apostar nos serviços de um contator sem problemas.

Já no caso de grandes corporações, como fábricas de tubo quadrado de alumínio, que possuem uma demanda maior de serviços, dispor de um departamento próprio dedicado exclusivamente à empresa é a melhor opção.

Mas lembre-se, só podem exercer a função de contador, profissionais registrados no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). O Conselho garante que o profissional seja capacitado para gerir suas contas de maneira adequada de acordo com a lei.

Principais funções da contabilidade para empresas

Manter as contas em dia e fazer as declarações necessárias são parte do trabalho de um profissional da contabilidade. Entretanto, existem outras diversas atividades que envolvem esse setor e que são necessárias para o mercado.

Para entender melhor como a contabilidade pode ajudar a sua empresa de medidor de vazão ultrassônico, é importante compreender quais são as principais atividades realizadas por um contador.

Administração financeira

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 60% das empresas no Brasil fecham com menos de cinco anos de atividade devido à má gestão financeira.

Identificar os custos fixos e necessários para o funcionamento da empresa, bem como definir qual rumo seguir com as finanças, onde investir e o que evitar, são tarefas desenvolvidas pelo setor de contabilidade.

É com uma boa administração que uma empresa aprende a controlar seus gastos, define metas de lucros, substitui serviços e insumos de alto custo e traça estratégias para manter as contas sempre positivas e construir um patrimônio sustentável.

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é o registro de saídas e entradas de dinheiro em uma empresa. É ele que mostra se há lucro, se a empresa está apenas bancando os custos ou se existem dívidas. 

É o fluxo de caixa, também, que ajuda a planejar com inteligência os gastos e preços dos produtos e serviços oferecidos.

Se uma empresa gasta R$ 1.000,00 para construir uma fossa séptica, entre mão de obra, materiais e equipamentos, para se manter com saldo positivo, o valor a ser cobrado por esse serviço deve ser superior a R$ 1.000,00.

Essa lógica se aplica a todas as movimentações da empresa e dita que as despesas não podem ultrapassar a receita.

Consultoria fiscal

Como já foi mencionado, para uma empresa funcionar corretamente, é preciso que ela esteja regular perante o governo. Para isso, é necessário estar com a vida fiscal organizada.

No Brasil, existem mais de 100 diferentes tipos de taxas e tributos que podem estar presentes na vida de uma instituição. Dessa forma, contar com o auxílio de profissionais capacitados para garantir que tudo esteja em ordem é essencial.

Os documentos administrados pela consultoria fiscal auxiliam em trâmites como desembaraço aduaneiro, registro de marca e abertura de filiais.

Problemas fiscais podem acarretar dificuldades sérias para a empresa, como o bloqueio do CNPJ, impedimento na emissão de nota fiscal ou até mesmo a proibição para continuar em atividade.

Balanço patrimonial

O balanço patrimonial é um dos principais relatórios de contabilidade de uma empresa. Ele demonstra toda a situação financeira da instituição, considerando todos os bens em posse da pessoa física e suas movimentações financeiras.

Três tipos de informações são levantadas no balanço patrimonial: os ativos, os passivos e o patrimônio líquido.

Os ativos são os bens e a receita da empresa, enquanto os passivos são as dívidas e obrigações com outras empresas. O patrimônio líquido é a diferença entre ativos e passivos.

Buscar um equilíbrio entre ativos e passivos é o objetivo geral da contabilidade. As medidas adequadas de planejamento e controle podem elevar seus lucros como uma empilhadeira elétrica e garantir que a sua empresa possa se manter ativa e atuante no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp