26/12/2022 às 09h59min - Atualizada em 27/12/2022 às 00h22min

ICRH: Confiança na situação atual registra alta pelo 5º trimestre consecutivo e bate recorde

Por outro lado, todas as categorias apresentaram queda na expectativa em relação à situação futura

SALA DA NOTÍCIA RPMA Comunicação
https://www.roberthalf.com.br/

São Paulo, dezembro de 2022 - A Robert Half, consultoria global de soluções em talentos, acaba de lançar a 22ª edição do Índice de Confiança Robert Half (ICRH), estudo trimestral que monitora o sentimento dos profissionais qualificados (a partir dos 25 anos e graduação completa) com relação ao mercado de trabalho e à economia. Nesta edição, o índice consolidado para a situação atual demonstrou continuidade do registro de alta pelo 5º levantamento consecutivo, partindo de 38,6 para 41,7 pontos neste trimestre, e apresentando recorde, mesmo que ainda no patamar pessimista (abaixo dos 50 pontos). Já na avaliação do futuro (próximos seis meses), a pesquisa revelou inversão na tendência de alta, apontando queda de 50,2 para 44,8, e saindo da zona otimista.

O ICRH abrange três categorias: profissionais empregados, profissionais desempregados e recrutadores. A análise do contexto atual foi mais positiva na perspectiva de todos os grupos e apresentou o melhor resultado da série histórica, com especial destaque aos empregados, que demonstraram um aumento significativo de 4,7 pontos ante o último período. Todavia, se tratando do contexto futuro, as três categorias apresentaram queda na expectativa, o que pode guardar relação com as dificuldades econômicas vinculadas aos juros altos e à previsão mais modesta de crescimento da economia, bem como a mudança de ares políticos para o próximo ano, que costuma gerar oscilações na confiança do mercado.

“As descobertas são extremamente interessantes. Por um lado, os resultados animadores para o presente confirmam a melhora do mercado e acompanham as taxas de desemprego em níveis cada vez mais baixos, também para a população geral, mas especialmente para o profissional qualificado. Estamos falando de um índice que gira em torno de 4%. É o valor mais baixo desde 2015”, ressalta Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul. 

“Por outro, o indicador voltado ao futuro caiu novamente, o que na realidade não gera tanta surpresa tendo em vista o contexto de transição de governo pelo qual estamos passando. Como é de se esperar, o mercado aguarda decisões relevantes, como as definições com relação à taxa de juros, políticas de responsabilidade fiscal e o comportamento do câmbio, que vão ditar o rumo da economia e influenciar diretamente o universo do trabalho”, pondera Mantovani.

Confiança dos profissionais no mercado de trabalho – consolidado
(Fonte: 22ª edição do Índice de Confiança Robert Half – ICRH)
 

Momento

Dezembro 

2021

Março 2022

Junho

2022

Setembro

2022

Dezembro 2022

Situação atual

34,1

35,5

36,8

38,6

41,7

Próximos seis meses

48,6

48,8

48,9

50,2

44,8

 

Além do índice, a sondagem traz informações sobre a característica, a opinião e o comportamento do mercado de trabalho dos profissionais qualificados. Confira algumas das principais tendências de recrutamento e seleção para os próximos meses:

Contratação sob demanda gera oportunidades 

A utilização de mão de obra por tempo determinado para projetos especializados vem se mostrando uma alternativa cada vez mais interessante, tanto para as empresas quanto para os profissionais. Nesta edição do ICRH, 18% dos executivos indicaram ser mais provável o recrutamento de profissionais temporários em 2023. Conforme os entrevistados, os três principais motivadores são: alívio da sobrecarga da equipe em momentos pontuais (66,7%), necessidade de especialistas para demandas estratégicas como M&A, desenvolvimento de novos negócios, etc (64%) e agilidade da contratação (54,7%).   

A escassez de mão de obra qualificada

Na visão de 80% dos recrutadores entrevistados, encontrar profissionais com os requisitos técnicos e comportamentais necessários para o preenchimento das vagas em aberto está difícil ou muito difícil. Esse valor representa um acréscimo de 3% em relação ao último levantamento, realizado em setembro. Na percepção de 59% deles, o cenário não deve mudar nos próximos seis meses, enquanto 26% acreditam que a busca ficará ainda mais difícil.  

Segundo os executivos, 22% das empresas afirmam que a intenção de contratar nos próximos meses será mais alta do que atualmente, o que complexifica a questão. Hoje, 26% dizem que a intenção é alta ou muito alta.

Desafios de gestão 

Os recrutadores participantes também elencaram os principais desafios da gestão para 2023. De acordo com eles, os três pontos que devem nortear as lideranças no próximo ano são: motivação da equipe (50%), retenção de profissionais-chave (44%) e atração de profissionais com as competências, técnicas e comportamentais, necessárias para a vaga em aberto (35,5%). 

“Não é por acaso que motivação, retenção e atração lideram as preocupações dos gestores para o próximo ano. Acompanhamos um importante movimento dos profissionais em busca de oportunidades mais alinhadas ao seu perfil e momento de vida, e as empresas já se deram conta disso. Os bons talentos estão cada vez mais disputados. Sairá na frente quem for estratégico e se planejar desde já para garantir um time de alto nível. Aos profissionais, planejamento também é essencial. Esteja atento às oportunidades e preparado para as novas exigências do mercado”, finaliza o diretor-geral da Robert Half. 

Metodologia do ICRH – Lançado em agosto de 2017, o Índice de Confiança Robert Half (ICRH) é um indicador de difusão que varia de 0 a 100. Os indicadores de difusão são de base móvel (50 pontos), construídos de forma que os valores acima de 50 pontos indicam agentes do mercado de trabalho de profissionais qualificados confiantes. 

A 22ª edição do ICRH é resultado de uma sondagem conduzida pela Robert Half ao longo do mês de novembro, com base na percepção de 1.161 profissionais, igualmente divididos em três categorias: recrutadores (profissionais responsáveis por recrutamento nas empresas, ou que têm participação no preenchimento das vagas); profissionais qualificados empregados; e profissionais qualificados desempregados (com 25 anos ou mais e formação superior). 

Sobre a Robert Half

É a primeira e maior empresa de soluções em talentos no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil selecionando profissionais permanentes e para projetos especializados nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, recursos humanos, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Com presença global e atuação na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania, a Robert Half aparece em listas das empresas mais admiradas do mundo. A Robert Half é reconhecida, também, por seu compromisso de promover a igualdade e proporcionar uma cultura que apoia a diversidade.

Mais informações para a imprensa - Robert Half:

RPMA Comunicação
Giulia Szpektor (11) 94386-9965
[email protected]
Edvaldo Chequetti (19) 99686-7410
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp