29/09/2015 às 17h45min - Atualizada em 29/09/2015 às 17h45min

Termina dia 30 prazo para entrega da ECF das empresas

Pessoas jurídicas tributadas por lucro real, arbitrado ou presumido são obrigadas a entregar a Escrituração Contábil Fiscal à Receita Federal; em caso de atraso, multa pode chegar a R$ 5 milhões

Renata Bosco

Termina no dia 30 de setembro de 2015 o prazo para que pequenas, médias e grandes empresas entreguem à Receita Federal a nova Escrituração Contábil Fiscal (ECF), obrigação criada pelo Governo Federal para que todas as pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido informem suas operações que influenciam a composição da base de cálculo e o valor devido do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). 

“A medida foi criada há um ano como forma de informatizar ainda mais a relação entre o fisco e as pessoas jurídicas”, diz Francine Nonaka, CEO da Dzyon S/A, empresa de tecnologia e desenvolvimento de software de Gestão Empresarial. “É um sistema bastante complexo e que cruza muitas informações. Além disso, a grande maioria das empresas realizam as apurações de CSLL e IRPJ de forma manual, em planilhas, e estão encontrando muita dificuldade em transportar os dados para a ECF”. 

O cenário, caótico se considerado que a entrega da ECF deve ser feita em questão de dias, é motivo para ainda mais empenho da Dzyon no acompanhamento one to one aos clientes. “Estamos trabalhando 24 horas por dia junto às empresas que utilizam o módulo Contábil e Fiscal do Dzyon ERP para que consigam cumprir o prazo imposto pela Receita Federal, escapando da multa que pode chegar a R$ 5 milhões para quem não entregar o informe”, afirma a executiva da Dzyon. 

Segundo ela, a solução Dzyon trabalha de forma prática, consistente e integrada, organizando os dados e gerando um arquivo completo com todas as informações e blocos exigidos pela ECF. “Ainda assim, não é fácil. É um serviço árduo que leva meses para ser feito e que exige 100% de dedicação e parceria”. 

O sistema ECF da Dzyon S/A pode melhor ser conhecido em www.dzyon.com
Mais informações sobre as penalidades aplicadas em caso de atraso ou erro na entrega da ECF estão disponíveis em http://www1.receita.fazenda.gov.br/sistemas/ecf/legislacao.htm
 
Estão desobrigadas de entregar a ECF as pessoas jurídicas inativas ou optantes pelo Simples Nacional nos termos da Lei Complementar 123/2006, além dos órgãos e fundações públicas e autarquias.

Allameda.com - Assessoria de Imprensa Dzyon S/A
Renata Bosco
renata@allameda.com 
(11) 3926-5580


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »