15/09/2015 às 16h20min - Atualizada em 15/09/2015 às 16h20min

Mesquita Brasil tem atuação destacada na acolhida de refugiados que chegam à cidade de São Paulo

Entidade tem recebido e ajudado cidadãos sírios, palestinos, egípcios, líbios,sudaneses, somalis e marroquinos, entre outros

C+C Comunicação
Divulgação

A Mesquita Brasil e a SBM - Sociedade Beneficente Muçulmana - têm se destacado nos últimos meses pelo intenso trabalho social de acolhida aos refugiados que chegam à cidade de São Paulo em busca de dias melhores. A procura é grande, pois a mesquita é a primeira da América Latina e uma das mais conhecidas no país.

Referência, a entidade tem recebido cidadãos vindos da Síria, Palestina, Egito, Líbia, Sudão, Somália, Marrocos, Bangladesh, Saara Ocidental, África, Moçambique, entre outros. Além de receber os refugiados, a Mesquita tem empreendido esforços para acolher e ajudar quem chega trazendo muito pouco – na maioria das vezes, apenas a roupa do corpo e uma vontade ímpar de viver.

Diariamente a entidade distribui refeições aos refugiados cadastrados. Toda semana também são entregues milhares de cestas básicas, roupas, cobertores, calçados e remédios. Mas como o principal desafio para quem chega é o idioma a entidade tem ministrado cursos de português para os estrangeiros. Além disso, os grupos recebem orientação de como se recolocar no mercado de trabalho, providenciar moradia e se ambientar no país...

“As pessoas chegam aqui trazendo consigo histórias de vida marcadas pela guerra, pela destruição, pela calamidade e pelo sofrimento. A orientação psicológica e espiritual para terem paciência, esperança e fé são outras ferramentas que utilizamos para confortar esses refugiados”, explica do diretor da SBM, Nasser Fares.

Engajada a SBM e a Mesquita Brasil procuram suprir as necessidades de muçulmanos e não-muçulmanos estendendo suas ações para toda a comunidade. “Não fazemos distinção, pois as pessoas vêm em busca de sobrevivência e nós, como muçulmanos, seguimos os ensinamentos professados pelo Alcorão. Nele aprendemos que não podemos dar às costas aos irmãos. Por isso é preciso nos mobilizar para ampliar a iniciativa”, enfatiza Fares.

Além das ações realizadas na Mesquita Brasil a SBM também tem colaborado com outras mesquitas de São Paulo destinando doações de cestas básicas, colchões, travesseiros e cobertores. Mas segundo o presidente o cenário é de aumento na demanda devido ao crescente número de refugiados e necessitados que diariamente chegam à Mesquita Brasil. “Infelizmente não temos caixa suficiente para arrumar abrigo para todos, alimentá-los, fornecer roupas e calçados. Precisamos da solidariedade e colaboração para ajudar quem nos procura”.

“Toda ajuda e colaboração é bem vinda”, enfatiza Fares. Quem quiser ajudar pode doar roupas, calçados, alimentos. Mas o fundamental é a ajuda financeira através de depósito bancário na conta da entidade: Caixa Econômica Federal, Agência 0261, operação 003, conta: 00000214-8 Mesquita Brasil.

O presidente esclarece ainda que a colônia muçulmana em São Paulo não tem condição financeira para absorver a demanda e atender a todos os refugiados. “É preciso fazer muito mais, pois essas pessoas estão em situação precária e precisam de moradia. Seja através da locação de casas, ou até mesmo o custeio de hospedagem em pensões, já que grande parte dos refugiados está na rua. A única forma para viabilizar isso é através da contribuição financeira”. 

Mais informações em https://www.facebook.com/mesquitadobrasil.sbm

Sobre a Mesquita Brasil

A Mesquita Brasil foi a primeira construída em toda América Latina, com início das obras em 1929. É uma das mais importantes propagadoras do islamismo no Brasil, que prega a paz e a tolerância. Além disso, o Islam difunde entre seus seguidores a promoção do bem e a repressão ao mal. 

Embasada nestes princípios a Sociedade Beneficente Muçulmana, que é a primeira e uma das principais entidades e centro de referência no Brasil, dispõe de um calendário repleto de eventos cuja meta principal é impulsionar ações em prol da comunidade.

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »