05/05/2012 às 00h38min - Atualizada em 05/05/2012 às 00h38min

DESIGN ITALIANO EM EXPOSIÇÃO

Em parceria com o museu alemão Vitra Design, a FAAP traz para o Brasil objetos clássicos de grandes designers e fotografias de Aldo e Marirosa Ballo.

FAAP / WN&P COMUNICAÇÃO

Em um período no qual não se pensava em notebooks ou tablets, a máquina de escrever portátil Lettera 22 revolucionava o mercado. O mesmo aconteceu com o telefone ‘Grillo’, considerado o pai dos aparelhos dobráveis, os chamados ‘flip phones’. Essas e outras peças clássicas que marcaram o design italiano estarão a partir de 20 de maio na exposição ‘Zoom. Design Italiano e a Fotografia de Aldo e Marirosa Ballo’. A mostra ficará em cartaz até 15 de julho no Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB-FAAP).

A exposição, organizada pelo Vitra Design Museum, museu privado da cidade de Weil am Rhein, na Alemanha, reunirá uma seleção de 75 objetos que pertencem à coleção do museu, numerosas publicações originais (livros, revistas e pôsteres), um estudo documentado das mostras mais importantes sobre o assunto, e trechos de filmes italianos. A seleção de cenas características que refletem o espírito do período foram compiladas pelo scholar Bruno di Marino especialmente para serem exibidas na mostra.

Cerca de 300 fotografias selecionadas entre as mais de 145 mil que compõem o acervo de Aldo Ballo e Marirosa Toscani Ballo - fotógrafos milaneses que desempenharam papel importante para o reconhecimento internacional do design italiano - também estarão na exposição.

“Como uma das escolas de design mais antigas do País, não poderíamos deixar de prestigiar esse trabalho. A exposição trará um delicado passeio pela história de uma época, por meio de fotografias que vão muito além do registro e desvendam detalhes sutis dos processos criativos, além da força da inovação, e a poética dos objetos”, destaca Celita Procopio de Carvalho, presidente do Conselho de Curadores da FAAP.

Os principais designers italianos da segunda metade do século XX estarão representados na mostra, que tem curadoria de Mathias Schwartz-Claus, do museu alemão Vitra Design, em colaboração com Marirosa Toscani Ballo. Franco Albini, Gae Aulenti, Mario Bellini e Alessandro Mendini, Gaetano Pesce, Aldo Rossi, Ettore Sottsass e Marco Zanuso são alguns dos profissionais destacados na Zoom.

Todo o material apresentado na exposição, explica a Profª Maria Izabel Branco Ribeiro, diretora do MAB-FAAP, oferecerá uma visão da grande época do design italiano, que se perpetua até os dias atuais. “O visitante poderá conhecer aspectos do design italiano a partir dos anos 1950 e analisar as alterações sofridas por peças de mobiliário, objetos utilitários e decorativos até a década de 1990 em suas formas, cores, materiais, texturas e propostas”, acrescenta.

Além da máquina de escrever e do aparelho de telefone, por exemplo, estarão expostos artefatos como o sofá modular Safári, do Archizoom, de 1968, e clássicos como o aparelho de som Totem de Mario Bellini, de 1970. Também poderão ser apreciados diversas poltronas, vasos, luminárias, mesas, entre outros objetos.

A exposição trará a evolução do design, com peças que mostram o desenvolvimento de novos materiais sintéticos, que fizeram da Itália nos anos 1960 líder mundial no design de produtos de consumo pelo desenvolvimento de usos altamente criativos e versáteis para esses novos materiais. Os plásticos, por exemplo, facilitaram novas formas estruturais e aplicações práticas – especialmente no setor de lazer – e eles puderam ser produzidos em quase qualquer cor ou até mesmo transparentes.

O antidesign, conceito dos anos 1970 que buscava o conceitual, a experimentação e a reflexão sobre o sentido do design, também poderá ser visto, principalmente nos trabalhos do Archizoom e do designer Ettore Sottsass.

Studio Ballo: 145 mil fotografias
Praticamente não há peça clássica, entre 1953 e 1994, que não tenha sido fotografada por Aldo e Marirosa Ballo. Os profissionais estão entre as figuras mais proeminentes da Fotografia de Objetos e seus trabalhos são procurados tanto para capa de revista como para anúncios. Limitados pelas técnicas de fotografia analógica – que demandam preparações mais complexas e o melhor conhecimento possível dos mecanismos das câmeras –, a dupla ajudou a fazer o mundo entender que os italianos possuíam uma estética própria para os objetos.

Aldo e Marirosa abriram o primeiro estúdio fotográfico em janeiro de 1953. Entre os primeiros clientes, estão a Pirelli, o conglomerado energético Eni (Agip), e a cadeia de lojas La Rinascente. No início, também fizeram trabalhos para revistas de design e arquitetura, como a Abitare e a Arianna. Novos clientes apareceram, o estúdio cresceu, e tornou-se o lugar no qual designers, como Joe Colombo, Vico Magistretti, Enzo Mari e Ettore Sottsass, se encontravam com diretores de arte de proeminentes revistas, e onde designers gráficos como Bob Noorda ou Massimo Vignelli encontravam os mais importantes fabricantes da Itália – de Alessi a Zanotta.

Cada trabalho dos Ballo foi cuidadosamente preservado e numerado. Hoje, o acervo é constituído por aproximadamente 145 mil fotografias. Após a morte de Aldo Ballo, em outubro de 1994, o estúdio foi desmontado. Marirosa Toscani Ballo ainda hoje continua seu trabalho como fotógrafa.

A exposição ‘Zoom. Design Italiano e a Fotografia de Aldo e Marirosa Ballo - Uma exposição do Vitra Design Museum, Weil am Rhein, Alemanha’ pode ser visitada, gratuitamente, de terça a sexta-feira, das 10h00 às 20h00, e aos sábados, domingos e feriados, das 13h00 às 17h00.

‘Zoom. Design Italiano e a Fotografia de Aldo e Marirosa Ballo - Exposição do Vitra Design Museum, Weil am Rhein, Alemanha’

Período: De 20/05 a 15/07/2012
Horário: De terça a sexta, das 10h00 às 20h00
Aos sábados, domingos e feriados, das 13h00 às 17h00
(Fechado às segundas-feiras, inclusive quando feriado)
Local: MAB-FAAP – Salão Cultural
Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis
Informações: (11) 3662-7198
Visitas Educativas: (11) 3662-7200
Entrada Gratuita


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »