03/09/2012 às 13h24min - Atualizada em 03/09/2012 às 13h24min

Prefeitura vistoria Hospital Santo Antônio

Unidade tem 100% dos seus leitos voltados ao atendimento do SUS municipal

SECOM - Prefeitura de São Paulo Coordenação de Imprensa

A Prefeitura de São Paulo vistoriou nesta sexta-feira (31) as instalações do Hospital Santo Antônio, antigo Hospital Nossa Senhora da Penha, na Zona Leste. O hospital foi reformado e reaberto em abril deste ano pela Associação Beneficência Portuguesa. Embora o equipamento seja particular, todos os seus leitos atendem ao Sistema Único de Saúde, de acordo com uma parceria firmada entre a entidade e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O convênio já acrescentou 113 leitos ao SUS municipal, em setembro aumentará para 158 e até o final do ano 230 leitos estarão disponíveis à população da região.

O equipamento oferece atendimento clínico e cirúrgico para pacientes de média complexidade e conta com Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) adulta e neo-natal, ambulatório e pronto-socorro. Ele é considerado “portas-fechadas”, uma vez que o atendimento é realizado, exclusivamente, pelo encaminhamento de pacientes de outras unidades de saúde municipais feito pela SMS.

Dos 113 leitos que já funcionam no local, 10 são destinados à UTI adulta, 18 à UTI neonatal de alto e médio riscos, 40 são de alojamento conjunto e 45 são clínicos e cirúrgicos. Desde 16 de abril, o hospital já realizou 800 consultas nas especialidades de cirurgia geral, otorrinolaringologia, ginecologia, vascular, urologia e oftalmologia e uma média de 210 partos por mês. A equipe hospitalar é formada por 160 médicos e 310 colaboradores.

Ampliação da rede

Com o Hospital Santo Antônio, a prefeitura amplia a rede junto a outras  quatro unidades hospitalares: o Hospital Municipal Cidade Tiradentes (com 297 leitos), na zona leste, entregue em 2007;  o Hospital Municipal do M’boi Mirim (com 297 leitos)  inaugurado  em 2008, após 20 anos de reivindicação da população local; e a municipalização também em 2008  do Hospital São Luiz Gonzaga (186 leitos), no centro.  Este último seria  fechado  por dificuldades financeiras e passou a integrar a rede municipal. 

A prefeitura contemplará os moradores da região da Lapa, na Zona Oeste, com a quinta unidade, o Hospital Sorocabana, com 250 novos leitos. Municipalizado depois de enfrentar problemas financeiros, o hospital passa por uma ampla reforma, mas já possui AMAs 24h e de Especialidade em funcionamento.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »