28/08/2012 às 10h19min - Atualizada em 28/08/2012 às 10h19min

Mônica Filgueiras & Eduardo Machado Galeria convidam para a abertura da exposição

“Experience the Landscape” de José Moura - George

Flavia Fusco Comunicação

Dia 20 de setembro, com vernissage a partir das 19h

A Mônica Filgueiras & Eduardo Machado Galeria convidam para a abertura da exposição “Experience the Landscape” de José Moura – George no dia 20 de setembro, com vernissage a partir das 19h.

Estarão expostos um acrílico sobre tela e 25 obras em acrílico sobre papel, suporte para a arte que a Galeria tem enfoque.

Nos anos 50 e 60,  José Moura – George, luso britânico, estudou arte e design em Londres onde   integrou  o movimento Pop Art fundado por Peter Blake, Hockney e Kitaj.  Nos anos 70 e 80 passou a viver em Nova York onde participou do  movimento da Pintura Expressionista da Costa Leste dos EUA. Suas obras criam imagens de paisagens perdidas que se formam no olhar. 

“A cor é feliz nestes quadros porque é vista e feita em liberdade, no amor físico da sua realização, no tempo delatanto quanto naquele que depois dela se fixou em imagens animadas – como que flutuantes, na suspensão de um momento.” fala o professor de História da Arte José-Augusto França sobre a obra do artista, que sempre dá 2 nomes, um em inglês e outro em português,  a cada um de seus quadros.

“Muitas vezes,  a  simples  tradução não revela o real significado do nome escolhido”, diz José Moura – George sobre esta particularidade.

Serviço

Mônica Filgueiras & Eduardo Machado Galeria abre a exposição

“Experience the Landscape”

Abertura: dia 20 de setembro, quinta-feira, às 19h

Exposição: de 20 de setembro a  03 de outubro

Local: Mônica Filgueiras Galeria de Arte
Rua Bela Cintra, 1533
Tel (11) 3082-5292

Horário: 2a a 6ª feira, das 10h. às 19h.
Sábado, das 10h às 14:30h.

Site: www.monicafilgueirasgaleriadearte.com.br

Sobre o Artista

Nasceu em Lisboa em 1944. Nos anos 50 e 60 estuda em três escolas de arte e de design, sob a influência das doutrinas da Bauhaus e os ensinamentos de Gropius, em Londres, Inglaterra. Leciona no West Sussex College of Art and Design e integra o movimento Pop Art fundado por Peter Blake, Hockney e Kitaj. Convive com vários artistas plásticos de renome internacional – John Hoyland, Paul Huxley, Richard Lin, Victor Willing, Paula Rego, entre outros.

Nos anos 70 e 80, vive, trabalha e viaja nos EUA, onde participa no movimento da Pintura Expressionista da Costa Este, e por vários outros países da América, incluindo o Brasil, contatando e trabalhando com importantes artistas e designers como Harry Bertoia, Philip Johnson, Buckminster Fuller, Lothar Charoux, Burle Marx, Josef Müller Brockman.

Participa desde 1964 em exposições individuais e coletivas tanto em Portugal como no estrangeiro, mantendo constantes contactos e participações em diversos eventos.

A sua bibliografia é extensa, repartindo-se pela imprensa, rádio e televisão. Desde os anos 90, trabalha em Portugal e EUA e agora no Brasil.

Além do seu currículo como artista plástico presente em coleções particulares e institucionais tanto Européias como Americanas, é também como designer que se encontram vários trabalhos e projetos publicados.

É co-autor do livro “A Book of Answers”, editado em Londres e autor do livro “Design Industrial – Reflexões”, editado em Lisboa.

Atualmente tem repartido o seu tempo entre o atelier de pintura e o gabinete de design e arquitetura.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »