05/08/2022 às 09h55min - Atualizada em 05/08/2022 às 20h00min

RNI recolhe mais de 900 toneladas de produtos recicláveis e ajuda mais de 1200 famílias em todo o Brasil com Programa de Gerenciamento de Resíduos

Iniciativa que auxilia 1200 famílias de cooperativas em todo o Brasil reforça o compromisso da incorporadora com o meio ambiente ao fazer gestão sustentável de resíduos

SALA DA NOTÍCIA LUCAS ANANIAS GOMES
https://ww2.rni.com.br/imprensa
RNI
Programa de circularidade sustentável da RNI recolhe mais de 900 toneladas de produtos recicláveis
 
Iniciativa que auxilia 1200 famílias de cooperativas em todo o Brasil reforça o compromisso da incorporadora com o meio ambiente ao fazer gestão sustentável de resíduos. Incorporadora protege a fauna e realiza procedimentos sustentáveis no entorno de seus empreendimentos

Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) apontam que o setor da construção civil representa 7% do PIB brasileiro e é um dos pilares de crescimento econômico e geração de empregos no país. Contudo, em termos de resíduos da operação e embalagens, estima-se que o segmento seja responsável por 54% dos resíduos globais, de acordo com um levantamento realizado pela Ellen Macarthur Foudation.

Aliando o compromisso com o meio ambiente ao desenvolvimento das regiões onde atua, a construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, realiza o Programa de Gerenciamento de Resíduos de Construção Civil (PGRCC). Voltado a gestão sustentável de todos os seus insumos gerados nas obras, o documento tem como objetivo especificar o destino e volume de resíduos da obra.

A RNI deu um segundo destino a mais de 900 toneladas de insumos produzidos em suas obras que estão em andamento: “Em 30 anos de atuação no país, a RNI aliou o compromisso com o meio ambiente ao sonho da casa própria. A sustentabilidade é uma diretriz em nossos projetos e a responsabilidade é compartilhada entre todos da cadeia”, afirma Carlos Bianconi, CEO da construtora.

Além disso, em respeito ao meio ambiente e ao compromisso com o uso responsável de materiais certificados, a construtora sempre adquire materiais que tenham certificação e procedência. Exemplo disso é o uso de esquadrias de madeira que tenham o selo / certificação FSC (Forest Stewardship Council - Conselho de Manejo Florestal), voltado para a conservação ambiental e desenvolvimento sustentável das florestas, indicando produtos originados do bom manejo florestal.

Destinação responsável e sustentável de resíduos (economia circular)
Para que a destinação apropriada dos resíduos ocorra, todos os profissionais da RNI são orientados a realizarem o gerenciamento adequado dos materiais. Além disso, a incorporadora possui parcerias com cooperativas em todo o país que fazem desde a coleta seletiva de papelão até o redirecionamento do material de demolição, que só na obra do empreendimento RNI Nova Jaçanã, em São Paulo (SP), se transformou em cerca de 900 toneladas de material reutilizado como reaterro. “Desde a equipe de campo até a gerencial, todos são capacitados para atuarem de forma sustentável nas obras, o que além de gerar redução de custos, agregam valor ao produto, uma forma de evidenciar e valorizar a economia local. Com isso, podemos contribuir para a geração de renda, fazendo a economia girar de forma responsável e consciente”, comenta Clóvis Sant’Anna, Diretor Técnico da RNI.

Zero desperdício de resíduo: dinâmica da reciclagem
No processo de economia circular, os principais resíduos reutilizáveis nos empreendimentos são: plástico, papel, papelão, aço, restos de materiais, além de entulhos gerados durante a obra, que são triados e colocados em espaços reservados separados, similar a pequenas baias, para que as respectivas cooperativas da região possam fazer a coleta e dar um segundo destino/ vida aos materiais.
Com o processo, a RNI teve redução nos materiais de canteiros de obras e derivados de madeira, além de movimentar cooperativas locais. Só no empreendimento RNI Nova Jaçanã, em São Paulo, mais de 940 cooperados se beneficiam com o projeto.

Parceria com cooperativas de reciclagem
A RNI tem parceria com mais de 30 cooperativas de reciclagem nas cidades em que possui obras. As organizações são responsáveis pelo transporte e destinação dos materiais da coleta seletiva, um trabalho importante pelo impacto ambiental e social gerado. “A sustentabilidade no segmento imobiliário visa diminuir os efeitos negativos para o meio ambiente e sociedade. Muito mais que desenvolver e transformar as regiões onde atua, a RNI busca deixar um legado em favor das pessoas que vivem na cidade, além de movimentar a economia local. Apenas com os resíduos produzidos por um empreendimento é possível apoiar 1200 famílias da cidade, que contribui na melhoria da qualidade de vida da população local”, explica Gustavo Félix, Diretor Comercial da RNI.

Tecnologia a favor da sustentabilidade na construção civil
Um dos segredos do sucesso da incorporadora na gestão de resíduos é o uso da tecnologia, que auxilia na produtividade e na diminuição da ocorrência de erros. A RNI possui o departamento de CRM, em que todos os processos são cuidadosamente analisados para reduzir os desperdícios de recursos nas obras. A cada lançamento o departamento revisita o planejamento, direcionando de forma inteligente e mais precisa a utilização dos materiais. Dessa forma é possível reduzir desperdícios e entregar residenciais com a qualidade da incorporadora, proporcionando o sonho da casa própria aliada a sustentabilidade.

RNI realiza procedimentos sustentáveis no entorno de seus empreendimentos
Expandir de forma sustentável, respeitando o entorno, além de desenvolver as áreas e as regiões onde atua. Presente em 12 estados brasileiros e 60 cidades, sendo a maior parte delas no interior do Brasil, a proposta da construtora RNI é oferecer residências de qualidade ao mercado, além de transformar cidades, seja pela melhoria da infraestrutura local, como também pela geração de renda, com sólido compromisso com a sustentabilidade. Abaixo, mais algumas iniciativas sustentáveis adotadas pela incorporadora em seus empreendimentos:
  • Reaproveitamento (geral) e no canteiro de obras (Empreendimentos RNI Nova Jaçanã, Origem VG, Smart Haus RNI e RNI Nações Unidas);
  • Caixa de retenção (Empreendimentos RNI Nações Unidas, Garden RNI, Green Life S. Marcos e RNI Nova Jaçanã);
  • Áreas de convivência dos canteiros são projetados para aproveitarem a iluminação natural;
  • Controle do descarte final de todos os resíduos gerados por nossas obras;
  • Consultor ambiental para fazer o planejamento e acompanhamento do gerenciamento dos resíduos nas obras;
  • Adoção de métodos construtivos para menos desperdício, que resulta também em menos geração de resíduos, como blocos de concreto, kits hidráulicos e chicotes elétricos.

Certificação Selo Azul + Caixa (compromisso com boas práticas sustentáveis)
A incorporadora conquistou também o Selo Azul + Caixa, que é considerado o primeiro sistema de classificação do índice de sustentabilidade voltado à projetos habitacionais desenvolvidos para a realidade da construção brasileira, com o empreendimento RNI Nova Jaçanã, em São Paulo. Por meio deste projeto, a incorporadora deixa como legado local, obras de melhorias, como saneamento, com a ampliação da rede de esgoto, com a captação dos resíduos e destinação apropriada dos mesmos, beneficiando a população da região, além dos mais 150 postos de trabalhos, diretos e indiretos.

Preservação da biodiversidade do entorno:
Reiterando o seu compromisso com o meio ambiente, a RNI promoveu uma simpática iniciativa em respeito à biodiversidade local. Trata-se do projeto Moradas das Corujas, para a preservação de comunidades de corujas que vivem próximas do stand de vendas do Garden RNI, na cidade de São José do Rio Preto.  Com o objetivo de proteger às aves de rapina, a incorporadora construiu casas para as elas, feita de ferro – com altos poleiros – e telhas de concreto para abrigar as aves das chuvas, enchentes e demais intempéries climáticas. Todo o design foi pensado em abrigar as corujas e seus filhotes, inclusive impedindo a entrada de predadores como gaviões, cobras, cães domésticos e depredações humanas. O projeto já é um sucesso e a RNI ampliará a ação para mais duas famílias de corujas próximas da empresa.

A iniciativa surgiu a partir da observação dos hábitos diários de uma moradora da região, que cuidava e protegia essas corujas. Em sintonia com a comunidade local, a construtora decidiu ajudar na preservação e proteção das aves, construindo essas habitações e protegendo o seu entorno.

Sobre a RNI
Fundada em São José do Rio Preto em 1991, com a missão de desenvolver empreendimentos imobiliários de qualidade em todo o Brasil, a construtora e incorporadora RNI celebra mais de 30 anos de atuação no setor, transformando e desenvolvendo as regiões onde atua. Aliada a uma estratégia de expansão nacional, a empresa contabiliza desde sua fundação 198 empreendimentos lançados em todo o Brasil com atuação em 60 cidades de 12 estados brasileiros. Com capital aberto desde 2007, lançou mais de 75 mil unidades, somando 7 milhões de m² construídos, e faz parte das Empresas Rodobens, um dos maiores grupos empresariais do país, com atuação nos segmentos financeiro e de varejo automotivo – Banco, Consórcio, Corretora de Seguros, Leasing & Locação, Automóveis e Veículos Comerciais. A RNI participa do programa governamental Casa Verde Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida), com os seus empreendimentos no segmento faixa 3. Com atuação nacional, o grupo tem tradição de mais de 70 anos. www.rni.com.br.


Contatos para imprensa:   
Weber Shandwick

http://www.webershandwick.com.br/

Lucas Gomes – [email protected]    
Telefone: (11) 9 4041-7460


Paulo Lima – [email protected]           
Telefone: (11) 98398-6996


Andrea Pontes – [email protected] 
Telefones: (11) 99519-6939


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »