17/07/2015 às 12h22min - Atualizada em 17/07/2015 às 12h22min

Encontro Nacional de RI aborda comunicação e o papel do Conselho de Administração

O primeiro painel do 17º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais discutiu “A comunicação da empresa com o mercado de capitais e a participação dos conselheiros de administração no processo.

Imprensa IBRI

O primeiro painel do 17º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais discutiu “A comunicação da empresa com o mercado de capitais e a participação dos conselheiros de administração no processo. O uso da informação ao longo do tempo e os efeitos na evolução da empresa”. O evento promovido pelo IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e pela ABRASCA (Associação Nacional das Companhias Abertas) nos dias 14 e 15 de julho, de 2015, na Fecomércio, em São Paulo. “O Conselho de Administração tem um papel de mudança de cultura. Comunicar em momentos de crise é fundamental e ao mesmo tempo é desafiador, pois algumas áreas da empresa não desejam se comunicar nesses momentos”, enfatizou Leonardo Pereira, presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Oswaldo Burgos Schirmer, presidente do Conselho de Administração das Lojas Renner, disse que o Conselho tem a palavra final antes da divulgação das informações e como explicou a informação nasce na área de RI, passa para as áreas competentes e depois chega até o Conselho de Administração. Segundo ele, o Conselho precisa ter disponibilidade e ser ativo.

Para José Luciano Penido, presidente do Conselho de Administração da Fibria, enfatizou que é preciso comunicar tanto nos momentos bons, quanto nos difíceis e é fundamental que haja equidade no acesso das informações divulgadas pela empresa. “Nada substitui o cara a cara”, acrescentou. Ele fez menção a um sistema da empresa que registra informações dos analistas, investidores e futuros acionistas.

Geraldo Soares, presidente do Conselho de Administração do IBRI e moderador do painel, indagou Leonardo Pereira sobre as mídias sociais e a utilização desses canais pelas companhias abertas. O presidente da CVM afirmou que as mídias tem mudado rapidamente e salientou o cuidado com as informações divulgadas para que não haja assimetria de informações.

Os participantes do painel chamaram atenção para a qualidade das informações, especialmente no que diz respeito ao excesso de informações que não são úteis para os usuários. Soares enfatizou que o brasileiro é prolixo e muitos relatório trimestrais são tão grandes quanto os relatórios anuais.

O 17º Encontro Nacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais é patrocinado pelas empresas: Banco do Brasil, Bloomberg, BM&FBOVESPA, BNY Mellon, Bradesco, CEMIG, Chorus Call, Deloitte, Deutsche Bank, Diligent Board Member Services, Economatica, GreenbergTraurig, Itaú Unibanco, J.P. Morgan, MZ, Oliveira Trust, Petrobras, RIWeb, RR Donnelley, Sabesp, Sherpany, SulAmérica, TheMediaGroup, VALE, Valor Econômico e Wittel.

Mais informações acesse: http://www.encontroderi.com.br/17/index.htm


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »