17/07/2015 às 12h17min - Atualizada em 17/07/2015 às 12h17min

Presidente da CVM destaca atuação do RI na adoção de boas práticas de Governança

Leonardo Pereira participou da abertura da 17º Encontro Nacional de RI do IBRI e da ABRASCA

Imprensa IBRI

Leonardo Pereira participou da abertura da 17º Encontro Nacional de RI do IBRI e da ABRASCA

O presidente da CV (Comissão de Valores Mobiliários), Leonardo Pereira, chamou atenção para a efetividade do profissional de RI (Relações com Investidores) na adoção das práticas de Governança Corporativa pelas companhias. Pereira participou da abertura da 17ª edição do Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais, evento promovido pelo IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e pela ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas), na manhã de 14 de julho de 2015, em São Paulo. O presidente da autarquia apontou o progresso na área de Governança no Brasil e disse ser natural a cobrança por avanços.

Ele fez menção a discussão de um código nacional de Governança Corporativa, iniciativa de 12 entidades do mercado de capitais, e que deve ser lançado em 2016. Em sua opinião a discussão é fundamental e ter um código único será positivo para investidores e analistas. Para buscar avanços na área Leonardo Pereira disse que é preciso olhar para o retrovisor e o RI tem um papel central. “Não estaríamos aqui se não acreditássemos no mercado de capitais”, mencionou em sua mensagem positiva para os participantes do evento.

Durante  a abertura do evento Geraldo Soares, presidente do Conselho de Administração do IBRI, enfatizou a importância do relacionamento do profissional de RI com o Conselho de Administração e mencionou que cada vez mais os investidores querem debater com os conselheiros. Ele lembrou o papel do planejamento estratégico para a companhia e disse ser preciso pensar no longo prazo.

Um dos temas a ser discutido no Encontro Nacional é a gestão de crise e como apontou
Antonio Castro, presidente da ABRSCA, as expectativas para este ano ainda não são boas, inclusive com a queda do PIB (Produto Interno Bruto). “O ano de 2014 foi difícil e poucos setores conseguiram se destacar, como bancos e serviços financeiros e educação”, explicou. Para ele as expectativas de recuperação da economia devem acontecer a partir do ano que vem. “Esse evento vai trazer contribuições valiosas”, concluiu Castro.

O 17º Encontro Nacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais é patrocinado pelas empresas: Banco do Brasil, Bloomberg, BM&FBOVESPA, BNY Mellon, Bradesco, CEMIG, Chorus Call, Deloitte, Deutsche Bank, Diligent Board Member Services, Economatica, GreenbergTraurig, Itaú Unibanco, J.P. Morgan, MZ, Oliveira Trust, Petrobras, RIWeb, RR Donnelley, Sabesp, Sherpany, SulAmérica, TheMediaGroup, VALE, Valor Econômico e Wittel.

Mais informações acesse: http://www.encontroderi.com.br/17/index.htm


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »