15/07/2015 às 12h04min - Atualizada em 15/07/2015 às 12h04min

Centro Marista de Defesa da Infância participará do III Congresso Nacional de Educação Católica

Campanha Defenda-se e o projeto Brincadiquê? serão apresentados durante o congresso na Feira de Produtos e Serviços voltados à Educação

Cíntia Gomes

De 15 a 18 de julho, o Centro Marista de Defesa da Infância, da Rede Marista de Solidariedade, estará presente no III Congresso Nacional de Educação Católica, realizado pela Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).

 

O evento será realizado na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, e tem como tema “Mística, Conhecimento e Competências – Desafios e Oportunidades para a Educação Católica nas Culturas Contemporâneas”. O objetivo é discutir os grandes desafios da educação católica no momento atual da sociedade brasileira, de maneira a reforçar a identidade confessional, a qualidade técnica e o estímulo à criatividade na formação das futuras gerações.

 

Durante o congresso, serão realizados fóruns de discussão temáticos, apresentação de cases, oficinas, sessões de comunicações científicas e apresentações de pôsteres, que poderão ser oferecidos por qualquer profissional de ensino ou estudante. Haverá também espaço para expositores na Feira de Produtos e Serviços voltados à Educação, e o Centro Marista de Defesa da Infância terá um estande para expor a Campanha Defenda-se e o projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar, com distribuição de informativos e exibição dos vídeos da campanha.

 

“O Centro de Defesa estará presente nos quatro dias do Congresso apresentando projetos relevantes que dialogam com os desafios atuais da educação. A Campanha Defenda-se está alinhada às políticas nacionais de enfrentamento à violência sexual e, por meio de vídeos educativos e de linguagem amigável, reúne elementos importantes que podem contribuir na mediação do diálogo sobre o tema entre educadores e educandos. Já o projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar apresenta uma metodologia de fortalecimento do direito ao brincar, por meio da formação continuada de educadores, gestores e agentes do Sistema de Garantia de Direitos”, explica o coordenador da Campanha Defenda-se, Vinícius Gallon.

 

O congresso é destinado aos gestores acadêmicos das Instituições de Ensino, gestores administrativos, professores, pesquisadores e alunos de pós-graduação, graduação e educação básica.  Outras informações acesse http://anec.org.br/congresso.

 

Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar 

O projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar visa formar educadores e diferentes agentes do Sistema de Garantia de Direitos de todo o território nacional sobre o fortalecimento do direito ao brincar na infância, em escolas, ONGs, ruas, parques e demais espaços onde as crianças convivem.  O site do projeto é www.brincadique.com.br


Campanha Defenda-se

A campanha “Defenda-se” contribui com as políticas de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, especialmente no campo da prevenção, ao promover a autoproteção de meninos e meninas contra o abuso e a exploração sexual por meio de vídeos educativos de versão amigável. Os vídeos ilustram situações cotidianas em que a criança pode se defender, seja relatando a violência para alguém de confiança ou fazendo a denúncia diretamente para o Disque 100, que recebe e encaminha denúncias de violações de direitos humanos. A Campanha Defenda-se foi reconhecida pela 5ª edição do Prêmio Neide Castanha 2015 na categoria Protagonismo de Crianças e Adolescentes. Todos os vídeos da campanha podem ser acessados em: www.defenda-se.com.


Sobre a Rede Marista de Solidariedade

A Rede Marista de Solidariedade abrange programas, projetos e ações de promoção e defesa dos direitos das crianças e dos jovens desenvolvidos em todas as áreas de atuação do Grupo Marista. A Instituição Marista tem status consultivo na Comissão de Direitos Humanos da ONU, por meio da Fundação Marista de Solidariedade Internacional. A rede desenvolve iniciativas para a efetivação dos direitos da criança, como o Centro Marista de Defesa da Infância. Representantes da Rede Marista de Solidariedade participam de conselhos, fóruns e redes nas áreas de educação, direitos da criança e do jovem, assistência social e saúde nos níveis municipais, estaduais e nacional. A rede também atende diretamente cerca de 16 mil crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, de maneira contínua, em 25 unidades sociais e nos programas de bolsas de estudo para a Educação Básica, Profissional e Ensino Superior. Outras informações, acesse: www.solmarista.org.br


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »