22/08/2012 às 01h46min - Atualizada em 22/08/2012 às 01h46min

Soninha debate saúde pública em São Paulo e visita instituição conveniada com a Prefeitura

A candidata do PPS à prefeitura de São Paulo, Soninha Francine, visitou na manhã desta sexta-feira (17/8) o Instituto José Sampaio da Silva, ONG que atua desde 1990 na região do Mandaqui, zona norte, atendendo pessoas de baixo poder aquisitivo.

Assessoria de Imprensa da Coligação "Um Sinal Verde para São Paulo" - PPS/PMN

Em seguida, Soninha, acompanhada de Ruy Portela - presidente da instituição - e do Pastor Marcos Miranda, candidato a vereador pelo PPS, conheceu as instalações do CCB – Clube da Comunidade Basiléia, na Vila Basiléia, centro esportivo municipal administrado pelo Instituto em parceria com a Prefeitura.

 

Além das atividades esportivas, o CCB oferece oficinas de arte para moradores carentes da região. Satisfeita com a estrutura do local, Soninha afirmou que vai manter e incentivar, e apoiar, parcerias com entidades idôneas que prestam bons serviços para a sociedade.


“Existem equipamentos públicos apodrecendo, dominados pela criminalidade, ociosos, enquanto tem gente com muita boa vontade e capacidade que deseja prestar esse serviço à comunidade Algumas conseguem parcerias com empresários da região e trabalho voluntário; outras, não. Eu faço questão de apoiar essas parcerias com profissionais e recursos financeiros”.

 

Saúde

Mais tarde, Soninha foi a única candidata presente ao debate realizado pela Associação Paulista de Medicina. Em um profundo descaso com o evento, os demais postulantes ao cargo de Prefeito mandaram representantes.

Para a candidata do PPS, a Prefeitura deve oferecer instalações adequadas em imóveis próprios e equipamentos e materiais em boas condições de uso. “Não é possível que a pessoa aguarde meses para fazer um mero raio-x só porque o equipamento está quebrado”.

Soninha, que é usuária do Sistema Único de Saúde, disse que é preciso fazer uma seleção rigorosa dos profissionais contratados pela Prefeitura. “O poder público deve incentivar a carreira dos médicos, dos enfermeiros, inclusive com melhoria salarial”.

Para o Programa “Saúde da Família”, Soninha afirmou que as equipes necessitam de mais estrutura para melhorar a produtividade.

“São Paulo precisa construir mais hospitais, mas também melhorar o acesso aos hospitais já existentes. Há pessoas que têm enormes dificuldades de chegar a um hospital por falta de transporte”, explicou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »