02/07/2015 às 16h39min - Atualizada em 02/07/2015 às 16h39min

Stefanini aposta em plataforma de originação

Processo automatizado confere mais agilidade e segurança na análise de documentos ou contratos capturados a partir de e-mails, scanner, XML ou foto de celular

Beatriz

A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, aposta em oferta voltada à originação de crédito para diminuir a burocracia em meio a transações financeiras. A nova ferramenta complementa o portfólio de soluções da Stefanini para o mercado financeiro, um dos mercados mais importantes para a empresa e responsável por 33% do seu faturamento.  

A plataforma de originação permite automação dos processos de captura, validação e gestão de documentos e informações, conferindo mais agilidade e segurança na análise e aprovação de produtos e serviços bancários. O workflow da plataforma é parametrizável e pode conter módulos para gestão de alçadas e perfis, bem como a verificação e checagem de dados em bases internas ou externas, para que seja possível confirmar se as informações apresentadas pelo cliente são fidedignas e estão aderentes as regras de negócios da Instituição Financeira.       

De acordo com Wander Cunha, diretor da Stefanini, o produto Originação de Crédito é uma solução digital para atendimento a clientes de bancos, financeiras, cartões e seguradoras quanto à originação de propostas, crédito e contas. O principal objetivo é otimizar o processo por meio de busca automática e análise simultânea de dados e documentos,  proporcionando à instituição financeira e ao cliente final mais segurança, controle e agilidade na aprovação de propostas e formalização de contratos de repasses, crédito e processos de seguros. 

“Além das características de sustentabilidade ambiental com a redução de papel durante os processos, o projeto visa oferecer benefícios para as pessoas por meio da redução da necessidade de mobilidade urbana e tempo despendido na busca de certidões, documentos ou dados disponíveis em bases públicas, bem como benefícios financeiros para todas as partes envolvidas, como redução de custos em geral envolvidos no processo, uso de arquivos digitais na manutenção das operações, aumento de produtividade das instituições financeiras, aumento de eficiência operacional, aumento de qualidade e redução de erros e retrabalho”, afirma Cunha.  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »