22/06/2022 às 14h32min - Atualizada em 22/06/2022 às 18h52min

Como evitar o endividamento: 5 erros para não cometer

Sabia que você pode negociar dívida? Conhece os erros que te impedem de quitar todas elas? Então este texto é para você!

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

Em nosso dia a dia, cometemos muitos erros financeiros que nos impedem de sair das dívidas. Fazemos isso automaticamente e precisamos de muita disciplina para conseguir evitar esses hábitos que prejudicam a nossa vida econômica.

Sabendo desta realidade, fizemos este texto para mostrar os principais erros que te impedem de sair das dívidas e como contorná-los para melhorar a sua situação econômica.

Por que se preocupar com as dívidas agora?

Você pode se perguntar por qual motivo deve se preocupar com dívidas desde agora. Mas saiba que despesas rapidamente se tornam uma bola de neve com juros altos. Nesses casos, conseguir quitar completamente uma dívida pode ser um desafio bastante estressante.

Por isso, faça um planejamento financeiro para conseguir negociar dívidas e se livrar delas em situações de emergência.

Erros que te impedem de sair das dívidas

Então, seguem os principais erros que te impedem de sair das dívidas para evitá-los no seu dia a dia.

Gastar além do que ganha

Um dos erros mais básicos e mais comuns é gastar mais do que se ganha. Isso acontece bastante quando utilizamos o limite do nosso cartão de crédito como se fosse uma renda extra.

Porém, aquele custo precisa ser pago na fatura ao final do mês ou vira uma dívida com uma das maiores taxas de juros do mercado. Diante disso, controle os seus custos para não ter uma despesa superior ao seu salário.

E lembre-se, o cartão de crédito pode ser uma ferramenta muito útil às finanças, com benefícios como cashback ou programas de milhas, desde que seja usado com sabedoria.

Não priorizar o planejamento financeiro

Não adianta fazer um planejamento financeiro se você não se esforçar para executá-lo. Assim, controle e analise os seus custos e receitas e também crie metas e objetivos realistas de acordo com as suas necessidades.

Mas, além disso, também siga esse planejamento como prioridade para conseguir se livrar das dívidas feitas.

Comprar por impulso

Comprar por impulso é mais um dos erros que está sempre no topo da lista das dívidas. Isso é bastante comum para quem faz compras online no cartão de crédito, devido à facilidade de adquirir bens. 

As promoções e descontos exclusivos podem ser uma tentação, mas apenas faça compras de itens que realmente são importantes para você e farão diferença em seu dia a dia.

Ou seja, controle as compras impulsivas e pense duas vezes antes de utilizar o seu cartão de crédito.

Não negociar sua dívida

Muitas pessoas têm vergonha de negociar dívida, ou nem consideram que esta opção existe.

Porém, os bancos são bem abertos para conversas, principalmente quando o cliente é um bom pagador ou tem um longo relacionamento com ele.

Assim, converse com a sua instituição financeira para reduzir valores ou aumentar prazos, a fim de quitar a sua dívida de vez.

Caso não tenha sucesso diretamente , você pode optar por plataformas de negociação de dívida online. Com elas, é possível receber descontos consideráveis no valor total, e sem sair de casa.

Como quitar a dívida e evitar o endividamento

Mesmo quando evitamos erros, podemos ter alguma dívida acumulada e precisamos de foco e esforço para quitar essas despesas.

Assim, siga as nossas dicas abaixo para ter maior chance de sucesso nesta caminhada.

Planejamento

Primeiramente, se planeje. Supondo que você tenha uma dívida de R$2.000,00, precisa se organizar para conseguir economizar essa quantia. Você pode colocar uma meta de juntar R$500,00 por mês, por exemplo, cortando despesas com restaurantes e compras.

O importante é conhecer a sua realidade para fazer um planejamento realista e que gere resultados rápidos.

Além disso, não se esqueça de que as dívidas aumentam a cada mês e você ainda pode precisar de uma renda extra.

Negociação

Após se planejar e criar uma estratégia, converse com o banco e negocie dívidas para conseguir se livrar dessas despesas mais rapidamente.

Leve argumentos fortes para essa conversa e tenha a certeza de que conseguirá cumprir com o combinado. Assim, você ainda ganha credibilidade com o banco para situações futuras.

Trocando dívida cara por dívida barata

Também considere a opção de trocar dívidas caras por opções mais baratas. Analise alternativas de empréstimos com garantia que tenham taxas inferiores às da sua dívida. Com isso, você pode quitar completamente uma despesa, substituindo-a por outra com juros menos abusivos.

Você também pode fazer uma contraproposta para o seu banco caso tenha um relacionamento saudável.

Considerações finais

Fizemos este texto para enumerar os principais erros financeiros que você não deve cometer para evitar o endividamento.

Assim, procure evitá-los e siga as nossas dicas para quitar despesas e ter uma vida financeira mais saudável.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »