17/06/2015 às 18h09min - Atualizada em 17/06/2015 às 18h09min

'Júlio Mesquita e Seu Tempo', de Jorge Caldeira, tem lançamento em São Paulo, no dia 23/06

O autor trabalhou 15 anos para escrever este épico inigualável, apresentado em quatro volumes e vendido também pelo site www.mameluco.com.br.

Oficina da Palavra

Júlio Mesquita e Seu Tempo, nova obra de Jorge Caldeira, terá lançamento em São Paulo, no dia 23 de junho, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi (Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.232 - Piso 3, Jardim Paulistano). O autor receberá o público entre 19h e 22h, para apresentar o resultado de um trabalho de fôlego, ao qual se dedicou durante 15 anos.

O conjunto de quatro volumes, com mais de 1.700 páginas, acompanha a trajetória do homem que comandou a construção do jornal moderno, tal como conhecemos hoje, e fez muito mais, entremeando a vida de jornalista com a de parlamentar eleito e líder partidário que participou das grandes decisões da vida republicana brasileira.

Nascido em 1862 em Campinas, filho de mãe analfabeta e de um imigrante português recém-chegado ao Brasil, Júlio Mesquita aprendeu a ler por acaso e revelou um grande talento para os estudos. Aos 15 anos, mudou-se para São Paulo para cursar a Faculdade de Direito. Interessado por teatro, política e pela luta abolicionista, juntou-se aos caifazes, que promoviam fugas em massa de escravos e guerra direta contra os capitães do mato que os perseguiam.

Com 26 anos começou a trabalhar como empregado em A Província de São Paulo,  jornal com  904 assinantes. Numa carreira surpreendente, comprou a publicação dos antigos patrões e transformou O Estado de S. Paulo no maior jornal do país. Em 1927, ano de sua morte, o jornal tinha 48 638 assinantes.

A nova obra de Jorge Caldeira conta em detalhes a história dessa transformação fantástica. Do começo no pequeno jornal de prelo; da passagem para o jornal de rotativas e reportagens – cujo marco inicial foi nada menos que a cobertura de Canudos feita por Euclides da Cunha; do salto para o jornal moderno, inaugurado com a Campanha Civilista de Rui Barbosa, cujo coordenador foi justamente Júlio Mesquita.

O livro narra em detalhes o complicado bailado entre jornalismo e política, entre segredos de bastidores e revelações públicas que marcaram a vida de Júlio Mesquita e a dos políticos de seu tempo de mudanças: revoluções, traições, eleições, disputas, censura, comícios e até a prisão compuseram o cenário desse tempo político eletrizante.

Júlio Mesquita e Seu Tempo revela também um período de profundas transformações na economia, no qual a produção capitalista e o trabalho assalariado se impuseram – e o Brasil passou da condição de estagnação do Império para a de uma das economias que mais crescia no Ocidente – a partir de 1906, em ritmo maior até que o dos Estados Unidos. Para aqueles que gostam de economia, por sinal, o livro traz um volume especial que reúne dados sobre o comportamento da produção e das finanças brasileiras no período.

Sobre o autor: Jorge Caldeira nasceu em São Paulo em 1955. É doutor em ciência política, mestre em sociologia e bacharel em ciências sociais (FFLCH–USP). Sócio-fundador da Mameluco Edições e Produções Culturais, é escritor e possui ampla experiência profissional na área jornalística e editorial. Foi publisher da revista Bravo!, consultor do projeto Brasil 500 Anos, da Rede Globo de Televisão, editor-executivo da revista Exame, editor da Ilustrada e da Revista da Folha, do jornal Folha de S. Paulo, editor de economia da revista Isto É e editor da Revista do Cebrap. É autor de Noel Rosa: de costas para o mar (Brasiliense),Mauá: empresário do Império (Companhia das Letras), Viagem pela história do Brasil (Companhia das Letras), A nação mercantilista (Editora 34), Ronaldo: glória e drama do futebol globalizado (Editora 34), O Banqueiro do Sertão (Mameluco), A construção do samba (Mameluco) e História do Brasil com empreendedores (Mameluco), além de organizador dos volumes Diogo Antônio Feijó e José Bonifácio de Andrada e Silva, que integram a Coleção Formadores do Brasil (Lance!/Editora 34), e do livro Brasil: a história contada por quem viu (Mameluco). Ocupa a cadeira nº 18 da Academia Paulista de Letras.

 Serviço: Lançamento de Júlio Mesquita e Seu Tempo em São Paulo

Local: Livraria Cultura do Shopping Iguatemi

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.232 - Piso 3, Jardim Paulistano

Horário: das 19h às 22h

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »