10/06/2015 às 11h37min - Atualizada em 10/06/2015 às 11h37min

Clientes permanecem, em média, 10 anos na carteira do INPAO Dental

O grande número de prestadores de serviço no mercado, a constante necessidade de adequar custos à realidade das organizações e as oscilações na qualidade do atendimento oferecido são alguns dos fatores que dificultam a conquista de uma marca tão expressiva.

Agência Pauta VIP
Dr. José Henrique de Oliveira, diretor de Operações e Credenciamento do INPAO Dental

Conquistar dez anos de fidelidade de uma empresa cliente é um fato raro, principalmente no segmento de benefícios. O grande número de prestadores de serviço no mercado, a constante necessidade de adequar custos à realidade das organizações e as oscilações na qualidade do atendimento oferecido são alguns dos fatores que dificultam a conquista de uma marca tão expressiva.

Apesar de enfrentar essas dificuldades, essa é a média de permanência dos clientes no INPAO Dental, operadora especialista em odontologia. A companhia possui em seu portfolio empresas dos mais variados segmentos como Camargo Correa (1998), Fundação Getúlio Vargas (2001), Rolex (2003), Gerdau (2003), Time For Fun (2003), Magneti Marelli (2004) e Toshiba (2005).

“Realmente não é comum encontrarmos companhias que possuem clientes fieis aos seus serviços, por tanto tempo. Essa fidelidade valoriza o atendimento que oferecemos aos nossos clientes e comprova a seriedade e qualidade do nosso trabalho”, comemora o Dr. José Henrique de Oliveira, diretor de Operações e Credenciamento do INPAO Dental.

Além das empresas, diversas entidades e organizações fazem parte dos clientes do INPAO Dental. É o caso do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Espírito Santo (Sincodives); do Sindicato dos Químicos (Santos/SP); da Associação dos Suplementados da PHILIPS (Asphi); da Associação capixaba de Supermercados (Acaaps) e do Clube Arno, por exemplo.

Porém, infelizmente também existem empresas e organizações que rompem os contratos ainda em fase embrionária. Geralmente, a questão financeira é o principal motivo. “É lamentável que ainda existam entidades que não valorizam os benefícios de seus associados e promovam a troca do prestador de serviço à menor proposta de redução de custo. O problema é que, para chegar a determinado valor, normalmente é preciso reduzir o atendimento. No final, quem paga é sempre o beneficiário, que fica desassistido”, finaliza.

Sobre o INPAO Dental

O INPAO Dental (Instituto de Previdência e Assistência Odontológica), empresa especialista em odontologia, é uma das maiores operadoras de capital fechado do país. A companhia garante atendimento de qualidade em sua rede credenciada altamente especializada e está presente em todo território nacional com mais de 17 mil opções de atendimento.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »