08/06/2015 às 16h56min - Atualizada em 08/06/2015 às 16h56min

Trupe de palhaços leva Mosaico na Estrada a Palmital

Com entrada franca, “Mosaico na Estrada” apresenta em junho o espetáculo “É Nóis na Xita”, do grupo Namakaca, que mistura humor, música e circo

NQM
Divulgação Sescoop-SP

Esquecer as complicações do dia-a-dia e entregar-se ao humor descontraído, dinâmico e cheio de variedades. Esta é a proposta do espetáculo “É Nóis na Xita”, do grupo Namakaca, que será apresentado no próximo dia 11 de junho aos moradores do município de Palmital (420 km de São Paulo).

A peça faz parte do Mosaico na Estrada, um projeto cultural do Sescoop/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de São Paulo) em parceria com as cooperativas, realizado na região de Palmital pela Coopermota e o Sicoobcredimota.

Malabarismo, monociclos, acrobacias, palhaçadas, cavaquinho, pandeiro e percussão misturam-se fazendo a plateia cair na risada. O espetáculo acontece no “point” mais agitado da cidade, a Concha Acústica do Centro Cultural Antonio Sylvio da Cunha Bueno em dois horários: às 16h e 19h30.  A entrada é franca.

É o quarto ano consecutivo que Palmital recebe o Mosaico na Estrada, em parceria com a Sicoob Credimota e Coopermota e o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

A concha acústica tem capacidade para receber 300 pessoas e é palco de importantes festivais de música e apresentação de peças de teatro e capoeira no interior de São Paulo. 

Durante 45 minutos, a peça mostra o convívio entre três personagens: os palhaços Cara de Pau, Montanha e Cafi, que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de inspiração e improvisação.

Desde o início a plateia participa do espetáculo, sendo convidada a cantar com os artistas a música tema, enquanto apresentam os números de malabares com diversas claves, seguindo com os esquetes tradicionais, como a da escada e um “pas de deux” com uma divertida coreografia de dança com monociclos.

A assistente de comunicação da Coopermota, Bruna Reis, diz que o primeiro horário do espetáculo foi escolhido especialmente para alunos e professores da rede municipal de ensino.

Segundo Bruna, são esperadas mais de 300 pessoas na primeira apresentação. “A peça tem três atrativos que agradam a nossa comunidade escolar:  humor, circo e cultura brasileira”, afirma.

A assistente de comunicação reforça que as cooperativas esperam que esses jovens e professores transmitam aos familiares a proposta da peça, atraindo um novo público para a sessão da noite.

Com a escassez de atrações teatrais gratuitas na cidade, o Mosaico na Estrada é um dos eventos mais esperados do ano. “O Mosaico tem um público diversificado e consolidado. Durante todo o ano somos procurados pelas pessoas pedindo informações sobre as novas apresentações”, diz Marcos Almeida, supervisor de marketing da Sicoob Credimota, que está envolvido na produção do projeto na cidade junto com Bruna Reis.

Sobre o “Mosaico na Estrada”

 

O “Mosaico na Estrada” é uma iniciativa do Sescoop/SP lançada em 2001 e conta atualmente com a parceria de cerca de 140 cooperativas. Seu planejamento e execução envolvem as cooperativas em ações sociais, levando cultura de qualidade às populações de diversas regiões do Estado.

 

Essas ações são revertidas em atos solidários, pois os ingressos são trocados por itens de alimentação ou higiene pessoal doados para as instituições das cidades que sediam os eventos. Contudo, em Palmital não haverá troca de ingressos por se tratar de um espaço aberto.

 

Desde o seu lançamento até o ano passado, o projeto registrou 505 ações em diversas linguagens artísticas -  teatro, música, cinema e artes plásticas – em 101 cidades, com um público de 400 mil pessoas.

A programação de espetáculos e oficinas criativas é realizada em diversos locais: cooperativas, escolas, paróquias, teatros, estacionamentos, parques e praças.

 

Serviço:

“É Nóis na Xita” - Namakaca

Recomendação: Livre

Local: Concha Acústica do Centro Cultural Antonio Silvio da Cunha Bueno, Avenida Oriente, s/nº

Data: 11 de junho

Horário: às 16h e às 19h30

Entrada franca

Classificação livre

Iniciativa: Sescoop-SP

Apoio: Sicoob Credimota, Coopermota e Secretaria Municipal de Educação e Cultura


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »