08/06/2015 às 22h48min - Atualizada em 08/06/2015 às 22h48min

Arraial solidário no Museu da Casa Brasileira

SA Comunicação

Nos dias 13 e 14 de junho, a partir das 10h, o Museu da Casa Brasileira, localizado no Itaim, estará com as portas abertas para um típico arraial nordestino, repleto de comidas, bebidas, brincadeiras, atrações musicais, diversão e muita solidariedade. Com entrada gratuita, a 3ª edição da festa junina promete agradar às mais de 15 mil pessoas esperadas para a edição deste ano.

 

O evento, que é uma parceria da agência Multicase, com o governo do Estado de São Paulo e a Secretaria da Cultura, além de proporcionar entretenimento, beneficiará a Liga Solidária, com toda a renda das brincadeiras juninas revertida para a organização. Criada há 92 anos, a ONG atende mais de 10 mil crianças, jovens e adultos em situação de alta vulnerabilidade social.

 

A animação da festa ficará com as apresentações musicais dos grupos Bicho de Pé, Raízes de Atibaia, além de Carlinhos Antunes e Quinteto Mundano com o show “Forrobodó”, e do duo Toninho Ferragutti (acordeom) e Neymar Dias (viola) apresentando o CD “Festa na Roça”, indicado ao Grammy Latino 2014 na categoria música brasileira de raiz. 

 

8 motivos para não perder o arraial

  1. A entrada é franca

 

  1. Durante o Arraial, será possível visitar as exposições em cartaz no MCB, como Cooperativas habitacionais no Uruguai – meio século de experiências, retratando 20 prédios residências construídos pelas cooperativas habitacionais em Montevidéu nos últimos 50 anos; Pedalá&Cá, que discute a mobilidade urbana a partir da experiência holandesa do uso da bicicleta; além das mostras de longa duração Coleção MCB, com móveis e utensílios representativos da casa brasileira do século 17 ao 21, e A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado, que retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi.

 

  1. As brincadeiras terão o foco de divertir e ajudar. Toda a renda obtida será revertida para a Liga Solidária, organização que há 92 anos desenvolve diversos projetos sociais em São Paulo.

 

  1. As prendas de cada barraca serão itens especiais, de grandes marcas da moda.

 

  1. Toninho Ferragutti e Neymar Dias – “Festa na Roça” - Indicado ao Grammy Latino 2014 na categoria melhor álbum de música brasileira de raiz, o CD “Festa na Roça” é uma homenagem dos músicos Toninho Ferragutti (acordeom) e Neymar Dias (viola caipira) a cultura caipira. As músicas são executadas em duo, com arranjos que acrescentam dinâmicas e sonoridades diferenciadas, sem perder a força da simplicidade melódica, a temas como "Menino da Porteira" (Teddy Vieira/Luizinho), "Tristeza do Jeca" (Angelino de Oliveira), "Chico Mineiro" (Tonico/Francisco Ribeiro) e Olímpico (Toninho Ferragutti).

 

  1. O Bicho de Pé é um grupo que compõe e toca música regional brasileira, com ênfase nos ritmos dançantes do Norte e Nordeste, como xote, baião, samba, forró, xaxado, maracatu, carimbó e arrastapé. Em 16 anos de carreira, produziu 4 CDs, 2 DVDs, 1 documentário. Seu último DVD /CD é inteiramente dedicado a Luiz Gonzaga.

 

  1. Em seu novo projeto, “Forrobodó”, o músico multi-instrumentista Carlinhos Antunes e o Quinteto Mundano fazem uma homenagem diferente a Luiz Gonzaga, utilizando piano, acordeom, clarinete, cuatro venezuelano, viola, violão, baixo acústico, clarone e clarinete, e misturando xaxado, forró e baião aos ritmos indianos. O repertório do show lembra também compositores como Chiquinha Gonzaga, Riachão, Jackson do Pandeiro, além de incluir composições próprias do grupo.

 

  1. Raízes de Atibaia - Sob a regência do maestro Rafael Cardoso, o grupo interpreta clássicos do cancioneiro caipira de raiz, assim como peças instrumentais escritas por autores de Atibaia. Em sua formação, reúne violas caipiras, violões, flauta transversal e sanfona, distribuídos em naipes de solo, vozes e harmonia.

 

Sobre o Museu da Casa Brasileira

O Museu da Casa Brasileira se dedica às questões da cultura material da casa brasileira. É o único do país especializado em design e arquitetura, tendo se tornado uma referência nacional e internacional nesses temas. Dentre suas inúmeras iniciativas, destacam-se o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, que promove um inventário sobre as diferentes tipologias de morar no país.

 

Sobre a Liga Solidária

A Liga Solidária é uma organização social sem fins lucrativos, criada há 92 anos. Atualmente, atende mais de 10 mil crianças, jovens e adultos em situação de alta vulnerabilidade social. A ONG desenvolve programas sociais de educação e cidadania nos distritos Raposo Tavares e Rio Pequeno, na periferia da zona oeste do município de São Paulo, e também nos bairros da Saúde e Cidade Monções.

 

Sobre a Agência Multicase

Fundada em 2008, em São Paulo, pelos empresários Emiliano Beyruthe, Iquinho Facchini, Ricardo Fleury e Rodrigo Lunardelli, a Multicase é uma agência especializada em entretenimento e na interação entre marcas e pessoas. Com uma equipe jovem e eclética, formada por publicitários, designers e profissionais com ampla rede de contatos, a agência pensa o evento do zero: do nome ao conteúdo, das atrações à produção, da divulgação à venda, das ativações ao marketing de experiência. Entre selos proprietários e corporativos, já impactou mais de 1,2 milhão de pessoas em seus eventos. Em seu portfólio, estão clientes e marcas de sucesso como Ambev, Grupo LVMH, Gol, Kibon, Philips, Vogue Eyewear, do Grupo Luxottica, Motorola, Schutz, UOL e Swatch.

 

 

SERVIÇO

 

Arraial no Museu

13 e 14 de junho, sábado das 10h às 22h e domingo das 10h às 20h

Entrada gratuita e sujeita à lotação do espaço

 

Realização: MCB e Agência Multicase

Apoio: Liga Solidária

 

Local: Museu da Casa Brasileira - (11) 3032-3727

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano

 

VISITAÇÃO

De terça a domingo, das 10h às 18h

Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos

Gratuito aos sábados, domingos, feriados e aberturas noturnas

 

Acesso a pessoas com deficiência | Bicicletário com 40 vagas

Estacionamento pago no local

 

Visitas orientadas: (11) 3026.3913 / agendamento@mcb.org.br

www.mcb.org.br  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »