08/06/2015 às 22h13min - Atualizada em 08/06/2015 às 22h13min

Queda nas temperaturas aumenta a chegada de turistas em Jacutinga/MG

Os malharistas já se preparam para a 38ª Fest Malhas, que deve receber 150 mil pessoas

Assessoria de Comunicação - ACIJA (Associação Comercial de Jacutinga/MG)

Em várias regiões do país a queda na temperatura vem obrigando as pessoas a tirarem casacos e blusas dos armários. As madrugadas têm sido mais frias e os dias com um clima mais ameno. E assim, os jacutinguenses já começam a se preparar para um dos mais tradicionais eventos da cidade: a Fest Malhas, que neste ano chega a sua 38º edição, será realizada entre os dias 29 e 14 de junho. 

E a meteorologia dá sinais de que o Inverno vai ajudar as vendas em Jacutinga. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os próximos três meses serão caracterizados por poucas precipitações, registros de temperaturas acima do normal em alguns estados e, a partir deste mês, existe uma grande possibilidade de neve nas serras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul devido à chegada de massas polares. 

“O período de transição entre o verão e o inverno deve registrar com mais frequência nevoeiros e geadas nas regiões Sul e Sudeste. Em alguns locais as mínimas podem atingir até 10ºC”, explicou o INPE. 

Para o Presidente da Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Jacutinga (ACIJA), a frente fria pode favorecer a vinda de turistas nos finais de semana e principalmente na Fest Malhas.  

“O aumento nas vendas e no movimento da cidade está diretamente ligado à queda da temperatura”, confirmou. 

De acordo com o Secretário da SEDECON, Miller Moliani de Lima, no último mês (abril), Jacutinga recebeu a visita de 276 ônibus e 251 vans.  

 

“Algo que gira em torno de mais de 14 mil visitantes, entre eles, sacoleiras, lojistas, atacadistas e aqueles que viajam com grupos de excursão. Mas se levarmos em conta as pessoas que vêm de ônibus de linha e carros de passeio, este número passa de 15 mil turistas. Nossa expectativa é de que tenhamos entre três e quatro mil visitantes neste próximo final de semana. Para a 38ª edição da Fest Malhas, são esperadas 150 mil pessoas”, disse. 

E o material publicitário deve receber uma atenção especial da ACIJA. 

 

“Nesta edição, iremos investir aproximadamente R$280 mil somente em propaganda e divulgação do evento e do município”, confirmou. 

 

Novidades 

Neste ano, a nova proposta da organização é trazer toda a família para visitar Jacutinga e aproveitar para fazer suas compras. “Observamos que as pessoas aproveitam para fazer o passeio em família. Decidimos, então, focar na moda para toda a família, já que produzimos desde o infantil ao adulto e peças femininas e masculinas. Vale dizer que não mudamos o perfil de propaganda, apenas estamos incluindo mais um segmento de consumidor. A intenção é sempre inovar na divulgação. Aqui todo mundo é bem vindo”, contou Bandeira. 

A 38ª Fest Malhas espera receber visitantes de todo o Brasil, pois possui uma estrutura voltada para o conforto e comodidade daqueles que vem fazer suas compras. No local as pessoas poderão encontrar com lanchonetes, doçarias, restaurante, espaço de descanso e bar, além de oferecer desfiles de moda, atrações musicais e happy hour. 

 

A principal novidade deste ano na feira será uma balada no dia 06 de junho. O primeiro lote de ingressos do Neon Party já está à venda na ACIJA e Rebuliço.  

 

Geração de empregos

Atualmente o município possui um parque têxtil com aproximadamente 1.200 fábricas em funcionamento e cerca de 750 lojas que atendem atacado e varejo e que retratam muito bem a estratégia de competição dos empresários locais, focada de forma intensa, no conceito de agregar cada vez mais qualidade e design aos produtos. 

“Com isso, este setor gera aproximadamente 12 mil empregos, não somente em Jacutinga. Existem muitas pessoas que vêm das cidades vizinhas para trabalhar em nossa cidade. Só no período da feira é gerado mais de 3 mil empregos diretos e indiretos”, salientou Bandeira. 

A cidade é referência nacional e até internacional no segmento e atualmente exporta para mais de 30 países, sendo ainda um dos maiores exportadores de vestuário do Estado de Minas Gerais, com aproximadamente 30% do total exportado. 

 

“Segundo dados da Secretaria de desenvolvimento econômico de Minas Gerias (SEDE), em 2013 a feira era responsável por 20% das vendas das malhas produzidas em Jacutinga, no entanto, acredito que esse percentual deva aumentar esse ano, devido às vendas modestas até o momento”, finaliza Bandeira. 

 

A feira 

A 38ª Fest Malhas acontecerá no Pavilhão Central, à Rua Professor Augusto Felipe Wolf, 95, de segunda a quinta-feira das 8h às 19h; de sexta a domingo e no feriado das 8h às 20h; com desfiles aos sábados, domingos e no feriado.  Mais informações: www.festmalhas.com.br/ 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »