03/06/2015 às 16h21min - Atualizada em 03/06/2015 às 16h21min

Exploração do gás do pré-sal exige mais investimentos para sustentar oferta do insumo

Produção deve aumentar expressivamente nos próximos anos, mas gás precisa superar período de incertezas

Tatiana Paiva

Até 2023 a produção de gás do pré-sal deve chegar a 200 milhões de m³ por dia, de acordo com o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), divulgado em 2014. Com a diminuição das projeções da Petrobras, em razão da queda do volume de investimentos no insumo, os resultados não devem atingir o previsto pela EPE, mas serão expressivos graças à exploração do potencial do gás nos próximos 10 anos. É o que aponta a especialista em gás da Firjan, Renata van de Haagen.

O momento atual, segundo ela, é de incertezas. “Toda a estrutura de gasodutos que se tem, tanto de escoamento quanto de transporte, pertencem à Petrobras. As novas operadoras ficam sem ter como acessar o mercado e a produção de petróleo e gás fica comprometida. É preciso que sejam feitos investimentos financeiros, mas também no arcabouço regulatório, em uma política industrial e setorial de implementação de calendário contínuo de rodadas de licitações e modificação da política de conteúdo local, que hoje não atende nem as operadoras, nem a indústria brasileira”, explica a especialista.

A diretora do Departamento de Gás Natural do Ministério de Minas e Energia, Symone Christine Santana de Araújo, também destaca os desafios enfrentados no desenvolvimento do gás do pré-sal,  ainda que exista muita expectativa em relação à descoberta de novos campos de exploração. “Distância da costa, profundidades elevadas e alto conteúdo de CO2 são algumas das questões que trazem muitas incertezas à oferta de gás do pré-sal. Essas interrogações também se estendem à parcela da União nos contratos de partilha e suas possíveis oportunidades para o mercado”.

Ainda segundo a diretora, todos esses detalhes ainda estão em discussão, em fase embrionária, “e os caminhos futuros ainda não estão definidos com clareza. Nesse contexto, o Ministério de Minas e Energia pretende aumentar a oferta de gás, elevar a competição do gás natural e reconhecer a importância do insumo como energético”, conclui Symone.

Renata van de Haagen e Symone Christine Santana de Araújo discutem a conjuntura do gás do pré-sal durante o 12º Gas Summit Latin America, grande encontro que debate temas pertinentes à indústria do gás entre os dias 8 e 10 de junho, no Hotel Windsor Atlântica, no Rio de Janeiro (RJ).

Informações sobre a programação completa e inscrições para a edição 2015 do Gas Summit Latin America podem ser obtidas no site www.informagroup.com.br/gas-summit.  

 

Sobre o GAS SUMMIT LATIN AMERICA 2015

Em sua 12ª edição, o Gas Summit Latin America é um dos mais tradicionais fóruns de discussões do continente sobre a indústria do gás. Com uma equação equilibrada entre palestrantes de reconhecida expertise mercadológica e técnica, autoridades públicas e empresários de alto poder de decisão de empresas chave no setor, há muito foi incorporado ao calendário de eventos internacionais como o principal encontro do setor de gás. Em 2015, o Gas Summit Latin America acontece de 8 a 10 de junho, no Hotel Windsor Atlântica, no Rio de Janeiro. Mais informações sobre a programação e inscrições estão disponíveis no site do evento, em www.informagroup.com.br/gas-summit.  

 

Sobre o Informa Group

O Informa Group é o maior provedor mundial de informação especializada e serviços para as comunidades acadêmica e científica, profissional e empresarial. O grupo tem sua sede em Londres e outros 150 escritórios em 40 países, empregando 10000 funcionários em todo o mundo. As ações do Informa Group estão listadas na Bolsa de Valores de Londres, compondo o índice das 250 maiores companhias (FTSE-250:INF). No segmento de eventos, o Informa Group é hoje o maior organizador de feiras, conferências e treinamentos do mundo com capital aberto, com uma agenda de mais de 12 mil eventos por ano. Na América Latina, o Informa Group está presente através de várias empresas como IBC, IIR, BTS Informa, AchieveGlobal e InformaEconomics - FNP.

 

Assessoria de Imprensa – Gas Summit Latin America 2015

Conteúdo Empresarial

www.conteudoempresarial.com.br

13 – 3304.7437 / 3304.7438 / 11 – 3079.6339

 

Atendimento à Imprensa:

Tatiana Paiva

tatiana@conteudoempresarial.com.br

13- 9 9736-8008

SKYPE: conteudo.empresarial2

Júlia Teodoro

julia@conteudoempresarial.com.br

13 – 9 8145-0372

SKYPE: julia_teodoro


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »