03/06/2015 às 15h25min - Atualizada em 03/06/2015 às 15h25min

Pesquisa global realizada pela Rosetta Stone aponta que curso de idioma no ambiente corporativo é fundamental para o sucesso das empresas

O estudo mostra que profissionais com oportunidades de aprender um segundo idioma se tornam mais eficazes, produtivos e leais à companhia

Marília Galego Pontes

A Rosetta Stone, líder mundial em soluções tecnológicas para ensino de idiomas, divulga estudo que mostra a influência das empresas líderes no mercado sobre a evolução de seus colaboradores e, consequentemente, o impacto que exercem para o sucesso de seus negócios. Com base em entrevistas realizadas junto a cerca de 1.900 profissionais, em mais de 300 empresas de todo o mundo, o estudo intitulado “2015 Business Language Impact Study”, mostra que os empregadores que oferecem cursos de idiomas aos colaboradores estão aproveitando a oportunidade para desenvolver a alta produtividade do negócio, elevar o desempenho dos profissionais e transmitir a confiança para o mercado.

 

"É claro que as empresas estão à procura de uma vantagem competitiva e nós vemos o aprendizado de um segundo idioma como um grande diferencial. Sabemos que organizações em todo o mundo estão enfrentando desafios de competência linguística. À medida que as empresas continuam expandindo seu crescimento para mercados onde o idioma inglês não é falado, a Rosetta Stone é um forte aliado, oferecendo soluções de aprendizado aos funcionários e contribuindo para que as empresas cresçam com maior resultado", afirma Valéria Molina, diretora de marketing da Rosetta Stone no Brasil.

 

O levantamento aponta que mais de sete em cada dez empresas líderes estão planejando crescimento em mercados globais, onde a língua inglesa não é falada, o que traz a evidente necessidade de cursos de idioma no local de trabalho. Aproximadamente 3/4 dos entrevistados relataram que o curso Rosetta Stone Business teve um impacto direto sobre seu desempenho profissional e 2/3 informaram que o ensino contribuiu para melhorar as perspectivas de progressão na carreira.

 

A pesquisa mostra, ainda, que a formação linguística preenche uma importante necessidade no sentido de quebrar barreiras para as oportunidades de um crescimento global. Entre os pesquisados, 3/4 dos trabalhadores disseram que os cursos de idiomas os ajudam a serem mais eficazes em seus postos de trabalho, tornando-os mais confiantes em suas atividades com os colegas e parceiros internacionais. Além disso, mais da metade dos profissionais passou a economizar no mínimo três horas por semana devido a ganhos de eficiência que resultaram do novo aprendizado.

 

O treinamento de idiomas engaja os Millennials, conhecidos como Geração Y, e fecha as lacunas de competências. Esse público está vendo uma mudança na necessidade do local de trabalho, obrigando-os a estarem mais preparados para um mercado global. Quase 3/4 dos pesquisados relataram que o curso de línguas de negócios da Rosetta Stone teve um impacto direto sobre o desempenho profissional global. Mais de 2/3 disseram que a  formação linguística melhorou as suas perspectivas de progressão na carreira.

 

Também vale destacar que o conhecimento de um segundo idioma permite que os profissionais de vendas e atendimentos se conectem melhor com os clientes, contribuindo com novas oportunidades de negócios, além de permitir que executem o trabalho de forma mais produtiva. Dos entrevistados que atuam no segmento, mais da metade relataram que a formação linguística lhe permitiu atender um maior número de clientes.

Por fim, o estudo concluiu que mais de oito em cada dez estudantes de inglês perceberam um aumento na produtividade, assim como no resultado de suas novas competências linguísticas. Quase 3/4 dos entrevistados informaram que o curso de idiomas Rosetta Stone Business melhorou as oportunidades de crescimento profissional.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »