23/05/2022 às 09h26min - Atualizada em 23/05/2022 às 21h24min

Acordo entre Nuclep e Eletronuclear transforma o Rio em capital da energia nuclear

Em sua primeira visita a empresa, o Governador Cláudio Castro reconheceu a importância de mais investimentos na área energética e recebeu do presidente da NUCLEP a solicitação do para uma possível redução no seu valor do ICMS, de forma a tornar a empresa mais competitiva

SALA DA NOTÍCIA Eduardo Negrão
https://globedia.com.br
Assessoria
O Rio de Janeiro já tem 40% da sua energia gerada por usinas nucleares. Como o termino da obra da usina de Angra III esse percentual pode chegar a 75%. Para retomada das obras da usina, abandonadas pelas gestões petistas várias autoridades se reuniram em Itaguaí (RJ).

Nas presenças do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro; do Deputado Federal, Julio Lopes; do Prefeito de Itaguaí, Dr. Rubão e de outras autoridades, os presidentes da Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A, CA (RM1) Carlos Henrique Silva Seixas, e da Eletronuclear, CMG (RM1/EN) Leonam Guimarães, assinaram nessa sexta (20), na fábrica da NUCLEP, em Itaguaí, o Termo de Compromisso que prevê a fabricação e entrega de novos trocadores de calor para a Usina de Angra 3. O valor total do contrato pelas empresas passa dos R$400 milhões e representa a importância do desenvolvimento desse segmento energético para o País.

A iniciativa da realização da assinatura na fábrica da NUCLEP foi do parlamentar do Rio de Janeiro, Deputado Federal Julio Lopes, que sempre se manifestou em pautas nacionais direcionadas à matriz energética brasileira. “O Rio é a capital do setor Nuclear do Brasil. Aqui estão as nossas usinas, empresas e mão de obra especializada. A NUCLEP não é apenas a única empresa do Brasil capaz de fazer parte do desenvolvimento nuclear nacional, mas ela é a única a fabricar o que ninguém mais pode. A NUCLEP é um patrimônio estratégico do País”, afirmou o Deputado Federal, Julio Lopes.

Após a assinatura do documento, acompanhados ainda do diretor Industrial, CMG (EN) Alexandre Magalhães, as autoridades visitaram o piso fabril da empresa, onde conferiram de perto as obras nucleares em andamento, não apenas para Angra 3 mas também ao Programa de Submarinos da Marinha do Brasil, além dos projetos para o setor de Óleo e Gás e a fábrica de Torres de Transmissão de Energia.

Em sua primeira visita a empresa, o Governador Cláudio Castro reconheceu a importância de mais investimentos na área energética e recebeu do presidente da NUCLEP a solicitação do para uma possível redução no seu valor do ICMS, de forma a tornar a empresa mais competitiva.

O Rio tem uma vocação energética clara e eu acredito muito no setor nuclear. A NUCLEP é fundamental para o Brasil. Ela é estratégica para a Nação e única no que ela produz para o desenvolvimento energético, industrial e econômico do Estado” finalizou Cláudio Castro.

Eduardo Negrão é jornalista especializado em defesa e inteligência militar

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »