23/05/2022 às 14h52min - Atualizada em 23/05/2022 às 21h07min

Procura por locação de celulares para B2C aponta mudanças na relação de consumo

*Por Andrea Rivetti

SALA DA NOTÍCIA Assessoria de Imprensa

Os celulares entraram para a lista de itens imprescindíveis no cotidiano de todos e, com isso, tornaram-se também objetos de desejo. No entanto, a alta do dólar, escassez mundial de componentes eletrônicos e as altas taxas de inflação são impeditivos para os que buscam trocar de aparelho a partir dos constantes lançamentos.  

Câmeras com mais definição, processadores mais modernos, design mais atraente e novas funcionalidades, essas tentações fazem parte do imaginário de compra do brasileiro, que troca de celular em média a cada 2 anos. Esse tipo de comportamento unido aos altos preços de mercado está impulsionando o setor de locação de celulares. Dessa vez, os contratos voltados para pessoas físicas estão ganhando cada vez mais espaço e, com isso, o outsourcing de equipamentos de TI voltado para o B2C está se tornando palpável.  

Quando citamos as inúmeras vantagens que a locação de equipamentos de tecnologia garante é comum a associação com as grandes companhias. No entanto, os benefícios desse tipo de serviço podem e devem ser estendidos para as pequenas e médias empresas e, também, para o consumidor final. Afinal, a utilização de equipamentos de ponta, suporte técnico e toda a estrutura que uma empresa de outsourcing oferece são características benéficas que o B2B e o B2C podem experienciar.  

Embora o anseio pela aquisição de novos equipamentos tecnológicos seja um traço da sociedade patrimonialista em que vivemos, é importante nos questionarmos sobre os impactos que esse consumo exacerbado gera para o planeta. De acordo com a pesquisa divulgada pela Green Eletron, o Brasil é o quinto maior produtor de lixo eletrônico do mundo. Entre os motivos que fomentam essa problemática, a aquisição constante de smartphones pode ser uma das explicações para o constante descarte de baterias, fones, carregadores e aparelhos.   

Além de contar com valores mais acessíveis, equipamentos modernos e suporte técnico, a locação de equipamentos para o B2C pode ser também uma medida para a redução do descarte indevido de eletrônicos. Afinal, nós da Arklok seguimos políticas adequadas de manutenção, reuso e baixa de equipamentos.  

A difusão da locação de celulares para pessoa física é um reflexo das mudanças de comportamento de consumo que podem e devem perdurar. Além de mais benéfico, econômico e sustentável, o outsourcing representa a evolução da relação de compra e aquisição. Faz parte de uma sociedade mais evoluída questionar a forma como se consome, além de buscar meios que otimizem a experiência do usuário.  

*CEO da Arklok  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »