20/05/2022 às 17h27min - Atualizada em 20/05/2022 às 18h36min

Hospital Estadual Centro-Norte Goiano promove rodada de simpósios jurídicos

 A iniciativa visa trazer mais informações sobre compliance e outros temas para colaboradores do HCN, a fim de garantir a qualidade do atendimento 

SALA DA NOTÍCIA ECCO Escritorio de Consultoria em Comunicação Ltda
https://ecco.inf.br
Foto: Divulgação

Entre os dias 23 e 25 de junho, o Hospital do Centro-Norte Goiano (HCN) irá receber a primeira rodada do Simpósio Jurídico Imed, o primeiro de outros que farão parte do calendário das unidades administradas pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED) no Estado. O hospital é a unidade com maior volume de leitos e mais amplo em espaço e número de profissionais, administrado pela Organização Social em Goiás. 

O simpósio será voltado para os colaboradores do HCN, a fim de trazer mais informações sobre os projetos de compliance, conscientização sobre assédio moral e proteção de dados, iniciativas que o Imed tem implantado para seus profissionais e também para pacientes atendidos nas unidades. 

O primeiro evento terá início na segunda-feira (23), com palestra sobre Compliance e Assédio Moral, assuntos pertinentes a uma boa comunicação dentro das unidades. Entre os temas apresentados, será abordado o funcionamento do programa de compliance, que já está em vigência no HCN e demais unidades do Imed, além de como agir perante uma situação de assédio moral, informação de grande importância para colaboradores e população. 

Hoje, o HCN - por meio do Imed - possui um canal para denúncias. Por isso, no Simpósio, todo o processo de apuração e conduta diante de um caso de assédio será debatido e verificado com os colaboradores do hospital. Além disso, haverá palestras sobre contratos de prestação de serviços e contrato de gestão. Este último é um assunto central para os colaboradores, pois diz respeito a metas a serem cumpridas, especialidades atendidas e medidas para o aperfeiçoamento contínuo do serviço prestado à população. 

Compliance e Educação Continuada

O projeto de compliance implantado pelo Imed no HCN vem para trazer maior clareza, transparência e segurança nas atividades realizadas dentro do hospital. “O simpósio vem para mostrar que a maior clareza é ter conhecimento de todo o regramento que existe na Instituição. E, assim, estimular os colaboradores e a população a entenderem que há regulamentos, normas e condutas a serem seguidas, pois todos estão seguros e amparados pelo programa de compliance,” afirma Raphael Santana, advogado de assessoria jurídica do Imed e um dos palestrantes do simpósio. 

“Caso tenha algum tipo de conduta que não esteja ligada a todas as normas de regramento da instituição existe todo um amparo para levar a denúncia para nosso programa de compliance, para haver segurança no ambiente de trabalho e, com isso, beneficiar todos os pacientes e colaboradores.” conclui o palestrante e advogado.

A fim de trazer mais segurança e conhecimento, melhorando sempre o funcionamento do hospital, o Projeto de Educação Continuada do Imed no HCN anda lado a lado com o simpósio. Para Raphael, quanto maior o volume de informações precisas e seguras, mais tranquilo, objetivo e claro será o trabalho dos colaboradores dentro do hospital. “A ideia é estimular toda a equipe a buscar conhecimento, não apenas em suas áreas de atuação, mas em demais áreas.  A integração dessas áreas é o principal foco do simpósio jurídico hoje.” 

Segurança de Dados e Proteção aos Pacientes

Os colaboradores também poderão aprender mais sobre a Lei de Segurança de Dados, a LGPD. No ambiente de saúde, ela diz respeito principalmente à proteção de informações de pacientes e familiares. O projeto traz palestra para a equipe do HCN sobre o seu funcionamento, a fim de explicar a importância de garantir que todos os dados e registros dos pacientes sejam sempre preservados e que seja respeitada a vontade do indivíduo. 

Raphael Santana afirma ainda que a ideia de fazer o simpósio é mostrar que não apenas os regulamentos estão aqui para serem executados.  “Existe o compliance para dar segurança para que as regras sejam seguidas e todos sejam beneficiados, tanto colaboradores quanto pacientes e sociedade”, ressalta. 

Para a direção do Hospital, cuidar de dados é uma iniciativa importante. “Devemos cuidar dos dados dos nossos pacientes com a mesma atenção que cuidamos da saúde de todos na unidade”, finaliza Getro de Oliveira Pádua, diretor-geral do IMED. 

Assessoria de Imprensa

Ana Luiza Tanno

[email protected]

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »