19/05/2022 às 16h25min - Atualizada em 19/05/2022 às 17h03min

Jovens do Morro da Providência (RJ) receberão capacitação tecnológica gratuita

Ânima Lab HUB e IBMR, em parceria com a Gerando Falcões (Favela 3D) e o Instituto entre o Céu e a Favela, lançam o FAVELA TECH, projeto com foco em comunidades em situação de vulnerabilidade

SALA DA NOTÍCIA Leticia Simões
Divulgação
Despertar o desejo de atuar em uma área carente de mão de obra qualificada, mas com inúmeras oportunidades abertas no mercado de trabalho, é o objetivo do FAVELA TECH, iniciativa do Ânima Lab HUB e do Centro Universitário IBMR, em parceria com a Gerando Falcões (Favela 3D) e Instituto entre o Céu e a Favela. Uma equipe composta por professores e mais de 20 alunos do IBMR atuarão na capacitação de 30 jovens, na faixa etária entre 15 e 24 anos, moradores do Morro da Providência, comunidade do bairro da Gamboa, na área central da capital fluminense. O FAVELA TECH oferece, além de material didático e infraestrutura para as aulas – que serão realizadas no Campus Botafogo –, transporte para a capacitação. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 22 de maio, no site https://favelatechibmr.animahub.com.br/inscreva-se.

Samara Leal, gestora do Ânima Lab HUB, destaca que o projeto tem como premissa auxiliar no desenvolvimento da cidadania digital dos moradores das favelas do Rio de Janeiro e na inserção de pessoas para atuarem na área de Tecnologia da Informação (TI). “Os jovens terão uma introdução técnica ao mundo digital e ao pensamento lógico e computacional, e ainda vão ampliar soft skills como: comunicação, desenvolvimento pessoal, trabalho em equipe, e resolução de problemas.”

Dentro da parceria, a Gerando Falcões dará prosseguimento a uma das frentes da temática de “Cidadania Digital” do projeto Favela 3D. A entidade atuará no planejamento, gestão e execução do projeto, com a ONG Entre o Céu e a Favela. A ONG, por sua vez, replicará as diretrizes do Favela 3D junto aos moradores, a fim de mobilizá-los a participar, além de auxiliar na execução e no acompanhamento do FAVELA TECH.

Para Vinícius Machado, diretor do IBMR, o projeto terá grande impacto na vida dos contemplados pela iniciativa. “Temos como propósito transformar a vida desses jovens e impulsionar o empreendedorismo social ante as comunidades em situação de vulnerabilidade inseridas em nossa área de atuação. Essa mobilização é um primeiro passo para incentivar talentos que só precisam de uma oportunidade para germinar e seguir uma trilha de aprendizado e conhecimento rumo ao mercado de trabalho”, ressalta.

Gabriela Rabelo de Paula, coordenadora de Tecnologias Sociais na Gerando Falcões, explica que o Favela 3D tem como objetivo tornar as favelas do Brasil dignas, digitais e desenvolvidas.  “Para isso, atuamos em rede, fomentando o acesso às políticas públicas, às atividades de esporte, cultura, lazer e cidadania, além de oportunidades de capacitação profissional e em empreendedorismo. E de olho no futuro, promover acesso à cidadania digital e preparar os moradores da favela para atuarem na área de TI são ações fundamentais para construção deste caminho.”

A fundadora do Instituto Entre o Céu e a Favela, Cíntia Santana, observa que é importante e necessário que a sociedade entenda que os jovens de favelas precisam superar adversidades. “Muitas vezes, essas dificuldades os impossibilitam de acreditar que é possível sonhar. Então, garantir acessos e ferramentas para isso é o trabalho da ONG, e poder contar com parcerias que se disponibilizam a adaptar e construir juntos, só tem a dar certo!”.

Processo seletivo e cronograma
Para fazer parte da capacitação digital promovida pelo FAVELA TECH, os inscritos passarão por um processo seletivo para preenchimento das vagas disponíveis. Será feita uma análise das informações preenchidas no formulário de inscrições e os pontos obtidos a partir dos critérios definidos serão os abalizadores para a aprovação.

Os candidatos aprovados serão informados do resultado por meio do site do projeto e por e-mail e ou telefone, no dia 24 de maio.

As aulas do FAVELA TECH terão início no dia 28 de maio, no IBMR Botafogo. As aulas serão ministradas às quartas e sábados, das 13h às 16h, até o dia 31 de agosto.

“Nosso objetivo é contribuir para a transformação da realidade das vidas dessas pessoas, por meio da educação”, pontua Samara Leal.

Serviço
FAVELA TECH – Capacitação tecnológica para jovens do Morro da Providência (RJ)
Inscrições:
até o dia 22/05, no site:
favelatechibmr.animahub.com.br
Lista de aprovados: 24/05
Aulas: IBMR Campus Botafogo | às quartas e sábados, das 13h às 16h.


Sobre o IBMR
Com o propósito de transformar vidas promovendo o saber e a empregabilidade, o Centro Universitário IBMR está entre os três melhores centros universitários privados do estado do Rio de Janeiro, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Os campi estão localizados na Barra, Botafogo e Catete. São 52 anos de tradição em ensino superior oferecendo mais de 60 opções de cursos de graduação nas modalidades presencial, semipresencial e EAD, além de pós-graduação lato sensu e extensão.
As melhores práticas acadêmicas já renderam ao Centro Universitário IBMR o 1º lugar na avaliação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) em Biomedicina e Fisioterapia, entre as escolas privadas do Rio de Janeiro. A Clínica-escola é referência em ações de responsabilidade social, bem-estar e cuidados de saúde. Os alunos realizam, sob supervisão de profissionais da área, atendimentos humanizados, personalizados e gratuitos em instalações modernas e confortáveis. A instituição preza em oferecer um ensino acessível, próximo e completo baseado em seus pilares de empregabilidade, infraestrutura completa, proximidade e acessibilidade.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »