17/05/2022 às 12h45min - Atualizada em 18/05/2022 às 12h56min

Doutores da Alegria apresenta Conta Causos na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, dia 21 de maio

Palhaços contam histórias reais que aconteceram durante os atendimentos nos hospitais públicos da capital paulista. Apresentação, gratuita, terá início às 16h.

SALA DA NOTÍCIA LN Textos
Divulgação

Quem não gosta de ouvir uma boa história?
Se o enredo trouxer situações inusitadas, emocionantes e engraçadas, é provável que você nem pisque até saber o final. 
Agora, imagine tudo isso quando ela é contada pelos palhaços dos Doutores da Alegria...


É assim o espetáculo Conta Causos, que terá única apresentação no dia 21 de maio, sábado, às 16h, na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo (SP). A realização é da associação Doutores da Alegria e da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. A classificação etária é livre.

Os palhaços contam histórias reais dos atendimentos às crianças, seus acompanhantes e profissionais de saúde nos hospitais públicos da capital paulista. A intenção é que mesmo quem está fora do hospital possa conhecer um pouco da realidade do trabalho dos Doutores da Alegria a partir de esquetes encenadas pelos palhaços.

“Mesmo que seja um lugar difícil, o hospital também pode se transformar no espaço do brincar, do lúdico, da imaginação. Isso é importante inclusive para o tratamento de quem fica internado, às vezes, por longos períodos”, conta Ronaldo Aguiar, diretor artístico da associação Doutores da Alegria e do espetáculo, ao lado de David Taiyu, coordenador artístico da unidade São Paulo. 

Nesta edição especial do Conta Causos, o público vai ouvir histórias contadas por Dra. Faísca (Raíssa Guimarães), Dra. Tutty Bolot’s (Suzana Aragão), Dr. De Dérson (Ânderson Spada) e Dr. Pysthollynha (Duico Vasconcelos).

Doutores da Alegria - Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos. Fundada em 1991 por Wellington Nogueira, transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e reforça a cultura como um direito de todos. Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais de São Paulo e Recife. No Rio de Janeiro, com o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em sete hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens.

Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria? - O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a continuidade e a expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas. Para contribuir com a manutenção do trabalho, basta acessar o site www.doutoresdaalegria.org.br ou pelo Facebook (/Doutores). Mais informações em www.doutoresdaalaegria.org.br 

Serviço:

Conta Causos dos Doutores da Alegria

Doutores da Alegria e Secretaria da Cultura e
Economia Criativa do Estado de São Paulo
 

  • Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes: Sábado, 21 de maio, às 16h

Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 - Conj. Hab. Fazenda do Carmo, São Paulo - (11) 2556-3624

 

Direção: Ronaldo Aguiar e David Taiyu

Elenco: Ânderson Spada, Duico Vasconcelos, Raíssa Guimarães e Suzana Aragão.

Produção: Marcella Castilho

Classificação etária: livre. Gratuito. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »