21/05/2015 às 11h24min - Atualizada em 21/05/2015 às 11h24min

Praça Victor Civita sedia estreia do Festival Sete Sóis Sete Luas em São Paulo

Convidados de Portugal e Espanha integram evento que mescla música, expressões da cultura brasileira, dança e artes visuais e que ocorre nos dias 30 e 31 de maio

Baobá Comunicação

Pela primeira vez em São Paulo, o Festival Sete Sóis Sete Luas será sediado na Praça Victor Civita com data para o último fim de semana do mês (30 e 31/5). Com múltiplas linguagens, o evento promovido pela Fundação Sete Sóis Sete Luas traz em sua programação artistas convidados de Portugal e Espanha e grupos das Fábricas de Cultura da Zona Leste, que realizam números de dança, circo e cultura popular, além de apresentações musicais e exposição.

O objetivo do festival, promovido pela Rede Cultural europeia, é o intercâmbio cultural por meio da realização de projetos de música popular contemporânea e de artes plásticas, com a participação de artistas da cultura mediterrânea e do mundo lusófono. Em São Paulo, o coordenador e representante do evento, Ca Cau, é também cantor da ‘Luasitania Orkestra’: “Nossa intenção é incluir o país e a cidade de São Paulo no circuito das cidades que recebem o Festival Sete Sóis Sete Luas no mundo, promovendo um rico diálogo entre estas culturas”, afirma o artista, participante da edição do evento na Europa.

No dia 30, sábado, as atividades do Festival tem inicio às 15h com a apresentação da Banda Sinfônica de Sapopemba, seguida por números de street dance e pela Banda de Metais Percussivos. Intervenções circenses e expressões da cultura brasileira também estarão presentes como o Maculelê e o Encontro de Capoeira das Fábricas. Às 18h se apresenta a Luasitania Orkestra, cujo show, que será gravado, dará origem ao mais novo CD do Festival e será divulgado em toda a rede internacional. O grupo é formado por artistas oriundos de diversos países que integram o Festival: Brasil (Ca Cau, voz e guitarra), Espanha (Efren Lopez, diretor musical e sanfona), Aleix Tobias, bateria) e de Portugal (Joana Negrão, voz e percussões, e Sofia Neide, contrabaixo).

Ainda como parte da programação musical do evento, no domingo, às 11h, será apresentado concerto com a Orquestra Antunes Câmara, sob regência do maestro Ênio Antunes. O repertório de música erudita é formado por composições de Vivaldi, Alberto Nepomuceno, Heitor Villa-Lobos e Guerra-Peixe. Também serão apresentadas músicas populares consagradas que ganharam arranjos para orquestra de cordas, entre elas “Tico-Tico no Fubá”, de Zequinha de Abreu, “Carinhoso”, de Pixinguinha, além de “Libertango” e “La Morte Del Angel”, de Astor Piazzolla.

Para entusiastas das artes visuais, o Festival Sete Sóis Sete Luas prepara a exposição “Pequenas Memórias”, uma homenagem ao seu fundador, José Saramago, inspirada em seu livro autobiográfico. Especialmente criada pelas artistas da Guilda Paulistana – grupo de seis mulheres que expressam sua arte através das linguagens como cerâmica, fotografia, pintura e escultura – a mostra estará aberta para visitação nos dois dias do evento (30 e 31 de maio).

 

SOBRE O FESTIVAL SETE SÓIS SETE LUAS

Criado em 1993 pelo escritor José Saramago, o Festival Sete Sóis Sete Luas é uma extensa rede de intercâmbio cultural do mundo, presente em 40 cidades de 11 países - da costa da Macaronésia e da costa do Mediterrâneo (Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Marrocos, Portugal, Romênia). É promovido internacionalmente pela Associação Cultural “Sete Sóis Sete Luas”, com sede em Ponte de Sôr (Portugal) e em Pontedera (Itália). Atualmente, tem como Presidente Honorário outro Prêmio Nobel, o escritor e dramaturgo DarioFo, além do Presidente da República de Cabo Verde, S.E. Jorge Carlos Fonseca. Grandes nomes da música contemporânea já participaram do Festival, tais como: Cesária Evora, Carlos Paredes, Emir Kusturic, Maria Farantouri, Tito Paris, Teresa Salgueiro, Carlos do Carmo, Sérgio Godinho, Dulce Pontes, Dario Fo, Nicola Piovani entre outros. O Festival promove a mobilidade artística intensa entre os artistas das diversas cidades, um estímulo à difusão cultural e aos diálogos entre culturas e tradições. Mais informações em www.festival7sois.eu


SERVIÇO

Festival Sete Sóis Sete Luas
Data:
30 de maio (sábado), das 15h às 20h e 31 de maio (domingo), das 11h às 12h
Local: Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros
Ingresso: entrada gratuita*
Classificação etária: livre
Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br

* Não é necessário retirar ingressos com antecedência.   
 

SOBRE A PRAÇA VICTOR CIVITA

Projeto pioneiro na América Latina, inaugurada em 2008, a Praça Victor Civita é resultado da iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo, o Itaú, a Even Construtora e a Petrobrás. A partir de um espaço com aproximadamente 14 mil metros quadrados e área verde com cerca de 80 árvores, a Praça oferece à população um espaço que propõe uma reflexão acerca da preservação ambiental. Também abriga o Prédio do Incinerador, instalado no antigo incinerador de Pinheiros, e desenvolve atividades de educação socioambiental, com cursos, palestras e visitas escolares, além de localização privilegiada e de fácil acesso através de transporte público ou carro. A Praça Victor Civita dispõe de um palco para espetáculos com arquibancada coberta para 290 pessoas, onde ocorrem apresentações musicais, passando pelo rock, samba e música clássica, também espetáculos circenses, aulas de arte, yoga e pilates, além de atividades no centro de convivência para a terceira idade (CIIPE). O projeto foi implementado a partir da iniciativa de reviver uma região degradada pelo acúmulo de detritos ao longo dos anos, uma vez que, entre os anos de 1949 e 1989, o espaço funcionou como centro de processamento de resíduos urbanos. Dentro das normas técnicas de acessibilidade, a área conta com uma exposição permanente sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas no tipo de reabilitação ambiental do terreno. Além disso, a Praça Victor Civita conta com soluções arquitetônicas de reuso de água, economia energética e projeto paisagístico educativo. A Praça Victor Civita é aberta diariamente, das 6h30 às 19h, e toda a sua programação é gratuita. Para visita de grupos escolares é necessário agendamento. A Praça divulga suas atividades através do site www.pracavictorcivita.org.br e também  nas redes sociais Twitter (@pracavc) e Facebook (fb.com/pracavictorcivita). No site, o público pode se cadastrar para receber a newsletter da programação.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »