08/08/2012 às 00h57min - Atualizada em 08/08/2012 às 00h57min

Marcelo Mansfield em Nocaute

Apresentado por BAND e a PORTO SEGURO. Comemorando “26 anos de carreira”, o criador do Clube da Comédia, primeiro espetáculo do gênero Stand up no Brasil, e atual integrante do programa “Agora é Tarde” volta em cartaz com espetáculo já visto por mais de 80.000 pessoas.

Flavia Fusco

O ator Marcelo Mansfield está completando “26 anos de carreira” e para comemorar retorna aos palcos de São Paulo com Nocaute, espetáculo único na forma de stand-up comedy estilo que privilegia o texto e o humorista de cara limpa. Mansfield domina o estilo. Ele foi o criador, e atuou como Mestre de Cerimônias, do Clube da Comédia, primeiro espetáculo no país de stand up comedy.

Faziam parte do elenco Danilo Gentili, do programa “Agora é Tarde” (BAND), onde Marcelo agora faz parte do elenco e Rafinha Bastos, seu amigo e parceiro que assina a supervisão de Nocaute.

Em Nocaute, Mansfield revela o que seu olhar atento e bem humorado capta do nosso do dia a dia. Temas como política,  viagens, programas de tv e sexo, são abordados durante os 60 minutos de espetáculo.

Nestes 4 anos em cartaz, o espetáculo já rodou as principais cidades do país e já foi vistopor mais de 80.000 pessoas que  plaudiram e perceberam que o espetáculo se trata de uma conversa sincera entre ator e plateia, como se eles tivessem acabado de se conhecer.

Esta é a última temporada do espetáculo em São Paulo antes do ator se voltar para seu novo projeto teatral.
 

Nestes 26 anos, o ator já participou de várias novelas e minisséries da Rede Globo e fez parte do elenco dos premiados  programas Castelo Rá-Tim-Bum e X-Tudo exibidos pela TV Cultura. Na década de 80 teve seu próprio programa de humor na TV  Gazeta, o Marcelo Mansfield Show e por oito anos esteve à frente do TVLÂNDIA, pelo Canal de SP da TVA. Já participou de  17 longas.  Mansfield integrou o elenco do programa "Zorra Total" (REDE GLOBO) como o “Seu Banana”, inspirado em um personagem de grande sucesso, o “Seu Merda”, criado para o espetáculo Terça Insana.

SERVIÇO
Marcelo Mansfield em NOCAUTE
Estreia dia 18 de agosto
Temporada: sessões todos os sábados
Horário: meia-noite
Duração: 60 minutos.
Recomendação: 14 anos
Capacidade: 448 lugares
Ingresso: R$ 60,00 inteira / R$ 30,00 meia
Local: Teatro Renaissance
Al. Santos, 2233 – Cerqueira César
Horário da bilheteria: de terça a quinta-feira das 14 h às 20h,
de sexta a domingo, das 14h até o início da sessão.
Informação: (11) 3069-2286
Vendas pela internet
www.ingressorapido.com.br
(11) 4003.1212
Estacionamento conveniado: Estacionamento Hotel Renaissance
Al. Santos, 2233
Valor: R$ 20,00 com manobrista (por tempo indeterminado).


DICAS DE UM VERDADEIRO ESPETÁCULO DE STAND-UP COMEDY
1) O comediante só pode se apresentar sozinho. Jamais em dupla ou grupo.
2) Só é permitido se apresentar com texto próprio. Não pode usar piadas que já caíram em uso popular ou foram recebidas pela Internet. Muito menos usar aquele truque muquirana de contar a anedota como se o fato tivesse acontecido de verdade, tipo “eu tenho um tio português”...
3) Não pode apresentar personagens, ou usar figurinos engraçados. Use roupas que você usaria normalmente no dia-a-dia.
4) Evitar contar casos. O material deve ser preferencialmente de tópicos de observação.
5) Deixar bem clara a persona de cada um. Não tente fingir ser quem você não é. Seja você mesmo, sempre. Se você é mal humorado, seja assim no palco, por exemplo. E se em determinado dia você estiver de saco cheio, assuma; se estiver eufórico, idem; assuma o seu estado diante da plateia. Aliás, é importante também tentar trazer sua rotina pro mais perto de você o possível. Se o comediante for judeu, em algum momento fale de judeus.
6) Não é permitido o uso de trilha sonora ou qualquer tipo de sonoplastia.
7) Não é permitido fazer nenhuma marcação de luz. Use apenas a iluminação básica do palco.
8) Não é permitido o uso de cenografia ou adereço.
9) Os comediantes podem e devem testar material novo diante da platéia. Vale desde improvisar tendo apenas o tópico em mente até ler as piadas, caso elas não estejam decoradas ainda.
10) Não forçar a barra. Se você tem apenas cinco minutos de material, faça uma apresentação de cinco minutos e saia. Tudo bem. Não enrole. As apresentações, aliás, serão sempre de 5, 10 ou 15 minutos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »