14/05/2015 às 10h56min - Atualizada em 14/05/2015 às 10h56min

WAGO apresenta módulo de redundância ECO

Em pouco tempo no mercado brasileiro, produto já é sucesso na indústria

Carmen Rosa

Lançado mundialmente no fim do ano passado, o módulo de redundância ECO da WAGO, empresa alemã especializada em conexões elétricas e automação, já é sucesso no mercado brasileiro em indústrias de processos, fabricantes de máquinas de papel e de máquinas em geral, bem como indústrias ligadas à construção naval. Com a função de fazer redundância de duas fontes de alimentação VCC – se uma para de funcionar a outra assume – e ligação em paralelo de duas fontes de alimentação VCC – maior fornecimento de corrente para a carga –, o produto, disponível com range de tensão de 9 a 54VCC, também conta com a tradicional tecnologia de conexão a mola WAGO.

 

E justamente por possuir o sistema de conexão a mola, também o módulo de redundância ECO, a exemplo de todas as linhas de produtos da WAGO que têm essa tecnologia, conta com a fácil inserção do condutor, fazendo com que suporte vibração, variações de temperatura e aceite todos os tipos de fios ofertados no mercado (rígidos e flexíveis). Por dispor de dois diodos, um para cada fonte do circuito, oferece, ainda, função de proteção para as fontes de alimentação interligadas em circuito de redundância, já que o diodo impede que haja a circulação de corrente de uma fonte para outra em caso de curto-circuito.

 

Para Eduardo De Marchi, engenheiro líder de suporte técnico e especialista de Interfaces da WAGO, qualidade, tecnologia, precisão e segurança são os principais benefícios oferecidos pela WAGO neste produto: “Tais atributos justificam a grande procura que a empresa vem experimentando lá fora com o módulo ECO. Por outro lado, sua solução de redundância e custo adequado também contribuem para o sucesso. Por isso, tamanha aceitação também no Brasil, o que nos deixa bastante otimistas quanto ao seu futuro”.

 

Com as próprias mãos

A WAGO dispõe em seu módulo de redundância ECO de um range de tensão de entrada e saída de 9 até 54VCC. Com indicações por LED nas entradas e na saída do módulo é possível visualizar o status DC OK. O housing é de metal robusto e, por meio do sistema de conexão a mola, que dispensa o uso de ferramentas, o usuário pode operar o produto com suas próprias mãos, tornando o processo de montagem e manutenção do equipamento simples e fácil.

 

É importante destacar que, além desta novidade, a WAGO também trabalha no mercado brasileiro, já há algum tempo, com módulos de redundância da linha PRO, com opções de tensão de 24 e 48VCC. São produtos que contam com importantes certificações – UL, EN 60950, EN 61000-6-2 e EN 61000-6-3 –, gabaritando-os para uso em indústrias de processos em geral, automobilística, alimentícia, de energia, naval, metroferroviária, farmacêutica, química, petroquímica etc.

 

“Mundialmente a WAGO é um importante player neste mercado e em 2012 lançou programa de expansão da linha e de crescimento de vendas até 2020. E uma das novidades nessa direção foi o lançamento do módulo de redundância ECO. Nesse período o que vemos é que mais uma vez a empresa acertou em cheio em sua estratégia”, finaliza De Marchi.

 

 

Perfil WAGO

A WAGO, inventora da conexão a mola e líder nesta tecnologia – com volume superior a 55 bilhões de molas comercializadas no mundo –, está presente nos cinco continentes, em mais de 80 países, empregando mais de 7 mil pessoas. Fundada em 1951, a empresa alemã hoje atende ao mercado mundial a partir de suas oito unidades fabris, localizadas em Minden e Sondershausen, na Alemanha; Suíça; Polônia; Índia; França; Estados Unidos e Japão. Totalmente automatizado, o estoque central em Sondershausen processa e distribui em média 2 mil pedidos diariamente para todo o globo.

São mais de 100 mil itens disponíveis entre Conexão Elétrica e Automação, suas duas linhas de atuação. O extenso portfólio garante a presença dos produtos da marca nos mais variados segmentos e aplicações, como industrial, automotivo, de construção, automação predial, metroferroviário, iluminação, entre outros. Em seu país de origem, a WAGO é líder de mercado em conectores para emendas elétricas, com 90% de market share.

Em 2015, a WAGO comemora seus primeiros 10 anos de atividades no Brasil. Emprega 65 funcionários e tem faturamento dividido em Conexão Elétrica (65%) e Automação (35%). Instalada em Itupeva, São Paulo, possui em torno de 1.700 pontos de vendas cadastrados, com meta de aumento de 20% para este ano. De 2009 a 2013, a empresa triplicou seus negócios no País e estima, para os próximos cinco anos, dobrar esse volume. Em 2014, o crescimento registrado foi de 30% nos negócios por aqui.

 

 

WAGO Eletroeletrônicos Ltda.

F: (11) 4591.0199

info.br@wago.com

Marketing: mayara.maia@wago.com

www.wago.com.br

 

Informações para imprensa:

Via Pública Comunicação - www.viapublicacomunicacao.com.br

Sheila Diez: (11) 3473.0255 - 98540.7777 - sheila@viapublicacomunicacao.com.br

Erica Munhoz: (11) 99994.1895 erica@viapublicacomunicacao.com.br 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »