18/07/2012 às 23h32min - Atualizada em 18/07/2012 às 23h32min

Haddad diz: Comércio de rua e de centros de compras estão abandonados em SP

Candidato do PT à Prefeitura de São Paulo fez campanha nesta quarta-feira na região do Brás

Analítica

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, fez na tarde desta quarta-feira (18) uma caminhada na região do Brás e conversou com comerciantes e clientes de ruas tradicionais de comércio do bairro, como a rua Oriente, conhecido centro de lojas de roupas. O petista destacou a importância do comércio de rua para a cidade e apontou o abandono da atual gestão para essa mobilidade e para o comércio em centros comerciais.

“É preciso cuidar das calçadas, padronizar o calçamento, arborizar, aterrar a fiação, o que não tem sido pensado”, afirmou. “Os shoppings são bem-vindos e importantes para São Paulo, desde que estejam regulares. Além disso, o comércio de rua deve ser especialmente valorizado. O problema é que nem uma coisa e nem outra é feita de forma correta hoje”, disse.

Ao conversar com comerciantes e clientes das lojas, Haddad lembrou a relação da família com o comércio: seu pai teve loja de tecidos na região do Largo 13, em Santo Amaro, na Zona sul, e na rua 25 de Março. Acompanhado da vice, Nádia Campeão, do coordenador da campanha, Antonio Donato, e de candidatos a vereador de partidos que compõem a coligação ele caminhou em algumas ruas, visitou lojas e ouviu demandas do bairro.


Haddad - Fernando Haddad, 49 anos, é ex-ministro da Educação, cargo que ocupou por seis anos e meio, nos governos Lula e Dilma. Ocupou as funções de secretário-executivo no Ministério do Planejamento, no governo Lula, e de chefe de gabinete da secretaria municipal de Finanças, na gestão Marta Suplicy. Haddad é graduado em Direito, com mestrado em Economia e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo. É professor licenciado da instituição. O petista é casado com Ana Estela e pai de dois filhos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »