21/01/2022 às 15h24min - Atualizada em 21/01/2022 às 21h20min

Como o inglês pode tornar seu currículo ainda mais competitivo?

Domínio do segundo idioma permite acesso a salários mais competitivos e a oportunidades de atuação remota, afirmam especialistas da Robert Half

SALA DA NOTÍCIA RPMA Comunicação

São Paulo, janeiro de 2022 – Novo ano, novas metas. Como investir na sua carreira para alcançar aquele cargo ou posição de trabalho que você deixou passar em 2021? Segundo os especialistas em recrutamento da Robert Half, uma boa dica é aproveitar o novo ano para aprimorar seu domínio do idioma inglês. 

Com base nas exigências das empresas e do levantamento do Guia Salarial 2022, os especialistas da Robert Half afirmam que essa é uma exigência cada vez menos restrita a altos cargos ou à lista de requisitos básicos de grandes companhias, como a maioria dos candidatos costuma pensar. Com a quebra das barreiras geográficas pelos meios de comunicação digital e o aumento das posições de trabalho remoto, o segundo idioma se torna cada vez mais mandatório para cargos como os de analistas e especialistas. 

“Pode parecer um assunto repetitivo, mas o domínio de um segundo idioma muitas vezes é a barreira de contratação de ótimos profissionais com excelentes perfis e habilidades técnicas. Falar inglês é essencial, pois as empresas estão cada vez mais conectadas globalmente, buscando talentos dentro e fora do País, e o profissional que se sair bem nesse quesito, além de expandir seu conhecimento, terá um enorme diferencial competitivo para melhorar seu cargo ou salário”, afirma Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul.

O EF English Proficiency Index 2021, que investiga como e onde a proficiência em inglês está se desenvolvendo em 112 países, mostra o Brasil na 60ª colocação, com um nível de proficiência baixo, que compromete a competitividade dos brasileiros no mercado mundial. Há fortes evidências de que o inglês é cada vez mais exigido em todos os setores e níveis hierárquicos. Áreas como tecnologia, serviços financeiros, contabilidade, vendas, marketing e finanças possuem uma atuação cada vez mais global, o que demanda profissionais mais qualificados em relação ao idioma. 

“Assim como os demais cursos de aprimoramento e reciclagem, o inglês deve ser tratado como prioridade pelos candidatos. Eu costumo dizer para candidatos recém-formados que esse é um investimento ainda mais interessante que uma pós-graduação, em um primeiro momento”, afirma Mantovani. 

O diretor também reforça a importância de as empresas investirem nessa habilidade para reter talentos. “Cabe aos líderes avaliar, de forma estratégica, a oferta de cursos de idiomas aos seus colaboradores, e como isso pode contribuir para a evolução dos profissionais e do próprio negócio. Seja pelo impacto direto do benefício na estratégia de internacionalização da companhia, por exemplo, seja pela motivação e ampliação das habilidades de um time já especializado”, afirma. “No entanto, para os profissionais, fica a minha dica de não terceirizar qualquer responsabilidade relacionada à sua vida pessoal ou profissional. Assuma as rédeas da própria carreira, dando passos planejados e mantendo atenção às próprias necessidades de qualificação”, conclui Mantovani.

Sobre a Robert Half

É a primeira e maior empresa de recrutamento especializado no mundo. Fundada em 1948, a empresa opera no Brasil selecionando profissionais temporários e permanentes nas áreas de finanças, contabilidade, mercado financeiro, seguros, engenharia, tecnologia, jurídico, recursos humanos, marketing e vendas e cargos de alta gestão. Ao todo, são mais de 300 escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania. Em 2021, a Robert Half foi novamente considerada pela Fortune uma das empresas mais admiradas do mundo. A Robert Half também integra o Índice de Igualdade de Gênero da Bloomberg, graças ao seu compromisso em promover a igualdade e proporcionar uma cultura que apoie a diversidade.

Mais informações para a imprensa:
RPMA Comunicação
Aline Zuliani (11) 99238-2917
[email protected]m.br
Giulia Szpektor (11) 94386-9965
[email protected]
Vanessa Domingues (19) 98301-0201
[email protected]


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »