19/01/2022 às 15h32min - Atualizada em 20/01/2022 às 11h22min

Laser de alta potência chega ao Pilar Hospital para cirurgias de próstata e renais

Apenas 3% dos urologistas do país atuam com esse tipo equipamento

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Pilar Hospital
O Pilar Hospital recebeu nesta semana o laser Quanta CyberHo Virtual Basket, utilizado para realizar o procedimento HoLEP (Holmium Laser Enucleation of the prostate), um dos mais modernos e exclusivos aparelhos que possibilita o tratamento de doenças com cirurgias sem corte. O coordenador do Serviço de Urologia do hospital, Eduardo Gerber, explica que esse é um laser de alta potência, que ajuda a diminuir o tempo de internação dos pacientes e melhora muito a recuperação nos dias do pós-operatório. Além disso, o mesmo equipamento pode ser utilizado tanto para cirurgias de aumento benigno da próstata, quanto para cálculos renais.
            Apenas 3% dos urologistas do país atuam com esse tipo equipamento, devido aos investimentos de aquisição e treinamento para sua utilização.

Crescimento benigno da próstata pode ser tratado sem cortes
            Durante a vida adulta, a próstata pode ter um aumento de volume progressivo com o passar dos anos. É um crescimento benigno natural, e com isso, a uretra sofre uma compressão e, consequentemente, a bexiga apresenta dificuldades para esvaziar totalmente a urina armazenada em seu interior, gerando não só fluxo urinário diminuído além de sintomas variados ao urinar, como, por exemplo, dor.
            Com o novo laser é possível fazer cirurgias para tratar esse aumento benigno da próstata, para aqueles pacientes que tenham problemas de sintomas urinários, como dificuldade e dor para urinar, permitindo que os cirurgiões façam procedimentos ainda menos invasivos. “As cirurgias para próstatas muito grandes, que antes eram feitas só por corte ou por laparoscopia, mais invasivas, com esse laser são feitas sem cortes, por via endoscópica, por dentro da uretra. Assim, conseguimos liberar o paciente, na maioria das vezes, no dia seguinte ao procedimento, urinando bem já no momento da alta. Assim, diminuímos o tempo do paciente hospitalizado e as chances de sangramento”, explica Gerber.

Fim das pedras nos rins com menor tempo de procedimento
Com a chegada do novo laser, os pacientes com cálculo renal também podem passar por um tratamento mais rápido e eficiente. “Esse laser pode ser utilizado para a fragmentação de pedras nos rins, cálculo renal, com uma eficiência muito maior do que os lasers antigos”, destaca o especialista.

Especialização e experiência
            Dr. Eduardo Gerber, em 2013, se especializou no Canadá na utilização desse tipo de equipamento para realizar o procedimento HoLEP. Desde então, vem realizando cirurgias em Curitiba trazendo o laser de São Paulo para o atendimento dos pacientes. Na última terça-feira (18/01) o primeiro paciente com laser próprio, adquirido pelo Pilar Hospital, foi tratado com HoLEP com o uso do novo laser.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »