13/01/2022 às 16h58min - Atualizada em 14/01/2022 às 19h35min

5 maiores erros dos vendedores nos marketplaces

Vender online se tornou um negócio vantajoso, mas alguns erros podem atrapalhar o sucesso da empresa

SALA DA NOTÍCIA Luna Marina Oliva da Conceição
https://magis5.com.br/
Divulgação

Vender online se tornou um negócio vantajoso, ainda mais quando pensamos nos marketplaces, já que o lojista acaba recebendo milhares de visitantes que têm confiança naquele site específico, o que aumenta as chances de venda, além de ser uma oportunidade para conquistar e fidelizar novos clientes. No entanto, alguns erros podem atrapalhar totalmente o sucesso da sua empresa.

Pensando em ajudar quem está estagnado nas vendas, perdendo para a concorrência, mas não sabe o motivo, o Magis5, Hub de Integração e Automação para vender em marketplaces, listou os cinco maiores erros dos vendedores nos marketplaces:

Fretes caros
De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Econsultacy, no Brasil, cerca de 55% dos abandonos de carrinhos das vendas virtuais acontecem por causa do alto custo do frete. Por isso, é importante sempre se organizar e se preparar para oferecer as melhores condições. Alguns marketplaces, por exemplo, oferecem frete grátis em compras que excedem um valor mínimo. De qualquer maneira, estruture o seu e-commerce para conseguir oferecer opções vantajosas, até mesmo embutindo o valor do frete no produto que está sendo vendido.

Erros na precificação
Sabemos que a precificação dos produtos depende de diversos fatores e, nos marketplaces, a taxa de comissão é um ponto muito importante. O essencial é entender que comissões de marketplaces podem sofrer alterações e, por isso, é importante ficar atento e evitar que você acabe saindo no prejuízo. Antes de precificar os produtos, estude e analise todas as variáveis, que podem alterar o preço, pensando sempre em oferecer o melhor valor, mas sem se prejudicar.

Pouca atenção à construção dos anúncios
Não há dúvidas de que o valor do produto e o frete são essenciais para alguém decidir ou não finalizar uma compra. No entanto, o seu anúncio precisa, necessariamente, ser mostrado para o consumidor final de uma maneira chamativa. Por isso, aposte em imagens dos produtos com fundo branco, títulos e descrições chamativas e tome muito cuidado com as ambiguidades!

Não traçar estratégia de pós-venda
Não trabalhar no pós-venda pode ser o seu principal tiro no pé, já que conquistar um novo cliente pode ser de 5 a 7 vezes mais caro do que manter o que já existe. Por isso é tão importante reter e fidelizar o consumidor: envie e-mails com descontos especiais para quem já comprou, ofereça novos produtos, frete grátis e melhores condições de pagamento. Estude a melhor estratégia para o seu público, mas faça com que ele volte a comprar!

Pouco investimento em redes sociais
De acordo com uma pesquisa do The Evolution of Social Media Report, da empresa App Annie, o ano de 2021 terminou com um total de 740 bilhões de horas gastas na internet em todo o mundo. O Brasil é o segundo país onde as pessoas passam mais tempo na internet por dia, cerca de 10 horas. Por isso, não tenha dúvida: as redes sociais têm um enorme potencial para atrair o público ideal para o seu negócio. Estude a que melhor se encaixa no perfil e a que deseja atingir e construa uma estratégia de marketing digital!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »