03/02/2015 às 14h03min - Atualizada em 03/02/2015 às 14h03min

Projetos de adaptação dos Colégios contribuem com a integração dos novos alunos

Assimilar novidades, conhecer novos professores e colegas e passar a conviver em uma nova escola geram ansiedade, incertezas e a necessidade de integração de novos alunos

Communica Brasil
(Foto: Divulgação)

O primeiro dia de aula na educação infantil sempre traz muitas expectativas, principalmente para os pequenos que iniciam uma nova fase. Choros, carinhas tristes e assustadas são comuns nesta fase que requer um cuidado especial dos pais e professores. Por isso, para fazer com que esta experiência seja bastante positiva, algumas escolas realizam várias atividades lúdicas e atraentes, proporcionando um maior entrosamento entre os alunos.

No Colégio Mary Ward, por exemplo, a professora da Educação Infantil, Alana de Souza Valim, realiza a “Chuvinha de Papéis”, com o objetivo de propiciar um momento de maior descontração. Em roda, ao som de músicas calmas, as crianças manipulam e rasgam livremente diferentes tipos de papéis. “Na sequência, juntamos todos os papéis, o jogamos e fazemos a chuvinha, este é um momento de diversão, no qual os pequenos se expressam e se sentem acolhidos

Os novos alunos que chegam ao Colégio Humboldt são recepcionados por professores e monitores que os encaminham até as salas de aula. Com os alunos menores do Fundamental 1, a instituição realiza um “projeto” de aluno tutor. Um aluno “veterano” se voluntaria para acompanhar o novo amigo durante os primeiros dias na escola. Ele mostra onde é o banheiro, a lanchonete, os horários dos intervalos, onde ficam as salas de aula de música, artes, alemão e as quadras esportivas. 

Já o Colégio Franciscano Pio XII promove a “Semana do Acolhimento”, com atividades para recepcionar os alunos e dinâmicas de integração. “Os novatos são igualmente recebidos por todos os funcionários que estão preparados para acolhê-los com nosso cordial cumprimento da Paz e do Bem. Alunos do Colégio também são acolhidos com os novos e os professores preparam atividades para o grupo”, diz a coordenadora pedagógica, Patrícia Bertachini Bissetti. Para ela, os primeiros dias de aula marcam um momento importante na vida escolar dos alunos, pois é neste período que professores e alunos constroem vínculos e é quando o aluno desperta para o interesse pela escola. “Nos primeiros dias tudo é importante, como por exemplo, o espaço acolhedor, as músicas, a integração ao novo ambiente, as atividades, os passeios e as aulas específicas”, finaliza Patrícia.

A Escola Internacional de Alphaville conta com um programa específico de adaptação para os alunos do Kids (Educação Infantil), especificamente para os de dois anos de idade. “Essas crianças estão saindo de um espaço em casa para um espaço coletivo, de interação com outras pessoas. Essa mudança precisa ser gradual”, comenta Jacqueline Cappellano, coordenadora do Kids da instituição. Um comunicado explicando passo a passo de como vai funcionar a adaptação é enviado para os pais e os pequenos permanecem por menos tempo na escola na primeira semana. Um staff maior de professores é voltado para essas crianças e os pais ficam na escola com seus filhos. Na semana seguinte, o horário já é estendido até o meio-dia e os pais vão deixando pouco a pouco a sala de aula. “A adaptação não é uma receita de bolo. Cada criança é uma criança. O processo é contínuo até que ela se acostume ao novo espaço de convivência”, finaliza a coordenadora.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »