30/11/2021 às 13h09min - Atualizada em 30/11/2021 às 13h57min

Aparência, sabor, segurança e sustentabilidade se põem à mesa

SALA DA NOTÍCIA Ana Cláudia Araújo Nascimento da Silva Soares
Unplash
*Por Fernando Garcia Nunes

As bebidas alcóolicas, como a cerveja e o vinho, costumam estar presentes em alguns momentos da vida dos brasileiros, sejam eles felizes ou tristes, mas estão ali para comemorar ou confortar, aquecer ou refrescar. Possuem versões de cor, sabor e textura para todos os gostos. Mas sabemos que para serem agradáveis aos olhos e paladares, as cervejarias e vinícolas precisam contar com auxílio de soluções eficientes, econômicas e seguras à saúde para que essas bebidas mantenham suas propriedades físicas-químicas desde a produção até à mesa.

Para um produto de boa qualidade é imprescindível conciliar matéria-prima de alto padrão e técnica. Esses tipos de bebidas oxidam rapidamente devido à presença de algumas substâncias, logo, não basta selecionar os melhores ingredientes se não lançarmos mão de recursos para evitar que o líquido perca suas propriedades no processamento e envasamento. Portanto, a palavra-chave aqui é estabilidade.

Essa estabilidade pode ser garantida por meio da aplicação de agentes biológicos ou sintéticos no processo de filtragem dos líquidos. A BASF, por exemplo, dispõe ao mercado a linha sintética de polímeros (PVPP) Divergan® em três versões: Divergan F®, RS® e HM® para cervejas e vinhos. Esses excipientes agem para adsorção de polifenóis e metais indesejados, como ferro e cobre, em bebidas com ou sem álcool. Nas alcóolicas, sua ação proporciona estabilidade de sabor, removendo o amargor metálico; da cor e da claridade sem alterar simultaneamente o caráter da bebida.

Outra característica importante nessas bebidas é a segurança alimentar. A busca pelo líquido perfeito pode resultar na adição de químicos prejudiciais à saúde humana. Feitas de grãos grossos ou finos, nossas soluções são insolúveis em todos os solventes comuns e, portanto, podem ser completamente separadas da cerveja por filtração, sem resquícios de contaminação química. Aos fabricantes, o Divergan® pode ter atrativo econômico também, pois há grade com alto poder de regeneração destinado à reutilização.

Além disso, nossa produção de estabilizadores é parceira do meio ambiente, pois faz uso eficientes de recursos. Ou seja, os subprodutos de uma planta podem ser usados como matéria-prima em outro lugar, o que leva a uma tremenda redução de energia, água, matéria-prima, emissões e resíduos.

Como uma empresa que nasceu no berço das famosas cervejas alemãs e que cria química há mais de 150 anos, A BASF, entende os desafios das cervejarias e vinícolas para controlar os fatores que influenciam o sabor, aroma e a aparência das bebidas. Por isso, inova para desenvolver e oferecer soluções eficientes, fáceis de usar, econômicas e sustentáveis para todos os nossos parceiros espalhados pelo mundo, a fim de contribuir para que um produto de qualidade e seguro esteja sempre à mesa do consumidor final.

*Fernando Garcia Nunes, Gerente de Produto para Nutrição Humana da BASF na América do Sul.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »