28/10/2021 às 09h51min - Atualizada em 28/10/2021 às 12h08min

Escala de trabalho inteligente da Pague Menos é feita em 15 minutos

Com modernização do sistema, rede de farmácias incentiva qualidade de vida dos colaboradores e vê ticket médio aumentar cerca de 10%

SALA DA NOTÍCIA MáquinaCW
https://maquinacw.com
Foto: Divulgação
Inovação contínua faz parte do core business da Pague Menos. A partir de outubro, a primeira rede de farmácias presente em todos os estados e no Distrito Federal implanta a chamada “Escala de Trabalho Inteligente” em todas as lojas espalhadas pelo país, que avalia o quadro de colaboradores e identifica a quantidade de recursos necessários nas unidades da rede de farmácia. Antes deste programa, era necessário que o gerente dedicasse alguns dias para definir a escala dos funcionários; já com a nova solução, o mesmo processo pode ser feito em apenas 15 minutos.

A iniciativa é realizada pelo Pmenoslab, braço de transformação digital e inovação da Pague Menos, em parceria com a startup Moavi, focada em gestão para escala de funcionários, principalmente no varejo, e que tem grande expertise no segmento farmacêutico. “Este projeto de workforce management chegou para organizar e otimizar a gestão dos operadores de lojas, atendendo a demanda de cada unidade de forma personalizada, para promover uma experiência ainda melhor na jornada do cliente. Outro benefício fundamental com essa iniciativa é promover mais qualidade de vida aos colaboradores, pois as cargas de trabalho serão distribuídas de forma igualitária”, afirma Jorge Jubilato, CHRO da Pague Menos.

A Moavi utiliza um algoritmo proprietário que analisa as vendas, identifica e agrupa os clientes com mesmo comportamento de consumo – durante a semana, no sábado e no domingo –, possibilitando identificar a demanda de cada loja da rede de farmácias. O mapeamento dos dados é feito por meio da análise das informações de vendas das unidades e, com a ajuda de um algoritmo com modelos matemáticos, auxilia a definir os melhores critérios para a gestão dos funcionários e atendimento ao público. A solução, que faz parte do processo de expansão da Pague Menos e está entre as práticas de digitalização buscadas pela empresa, teve início com uma POC (Prova de Conceito) em dezembro do ano passado.

“Com essa análise foi possível observar, por exemplo, que há cidades em que as lojas de bairro têm maior pico de movimento na parte da manhã e no horário de almoço, enquanto as unidades do centro têm o comportamento inverso, com maior atividade no almoço e à noite. Já no Nordeste, a dinâmica tem influências da rotina diária dos consumidores como, por exemplo, quando há feiras livres na capital, momento em que os moradores da área rural vão até a cidade e aproveitam para realizar outras atividades que necessitam”, conta Jubilato.

A iniciativa permite estabelecer os fluxos de cada loja, garantindo que os colaboradores consigam direcionar ainda mais dedicação aos clientes durante suas compras. “O objetivo do sistema é atender melhor o cliente e ao mesmo tempo oferecer maior qualidade de vida ao colaborador, que terá seu horário definido previamente e com intervalos de descanso sempre adequados. Desta forma, ele terá mais tempo para realizar outras atividades, como se dedicar aos estudos ou ficar com a família”, afirma o CHRO da rede de farmácias. Isso é possível, porque com a esquematização oferecida pelo programa a escala pode ser montada de acordo com a dinâmica das unidades da rede, o que não ocorre nas escalas tradicionais.

Segundo José Rafael Vasquez, COO da Pague Menos, o programa de Escala de Trabalho Inteligente foi implantado obedecendo um cronograma estratégico, que teve início em julho e terminou recentemente, em 1º de outubro. “Nestes três meses de processo, observou-se um crescimento no ticket médio de 10%, além de aumento em torno de 8%, no NPS”, diz Vasquez. Esse crescimento ocorre pois os operadores de loja conseguem acompanhar a experiência dos consumidores desde sua chegada até o término de suas compras, oferecendo as melhores soluções para suas necessidades, aumentando também a satisfação dos clientes.

“É muito gratificante trabalhar em um projeto como este que, além de grande, pois envolve muitas lojas em todos os estados do país, também tem um alto comprometimento dos líderes da Pague Menos. O projeto é, sem dúvida, o maior do Brasil nessa área de gestão de escala. E ver de perto o impacto positivo deste trabalho com os colaboradores da ponta é muito importante para nós”, diz Victor Guerra, fundador da Moavi.

Sobre as Farmácias Pague Menos
Pague Menos é a única rede do varejo farmacêutico presente nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Com mais de 20 mil colaboradores, está presente em mais de 320 municípios e conta com mais de 1.100 lojas espalhadas por todo o Brasil, além de uma plataforma omnichannel, que possibilita ao cliente comprar como quiser e receber seus produtos como preferir. Líder nas regiões Norte e Nordeste, a Pague Menos é hoje um Hub de Saúde, com mais de 800 unidades do Clinic Farma em todas as regiões do país.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »