26/10/2021 às 12h41min - Atualizada em 26/10/2021 às 16h18min

Com transmissão do Portal Terra, Women on Top reúne executivas brasileiras em debates sobre carreira

SALA DA NOTÍCIA Sala da Notícia

O Portal Terra vai transmitir, com exclusividade, o evento Women On Top no dia 27 de outubro, a partir das 9h. O evento, que está em sua primeira edição, vai reunir mulheres com grande destaque no cenário empresarial brasileiro para trocarem experiências e influenciar positivamente outras mulheres que querem fazer história no mercado corporativo. O evento vai trazer durante todo o dia diversos painéis de debates, entrevistas e discursos individuais com a missão de levar histórias e experiências de um grupo de mais de 30 executivas brasileiras, com nomes como Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do magazine Luiza, Joana Adissi, diretora-geral da Medley, Andrea Salgueiro, CEO da Whirlpool e Tania Cosentino, general manager da Microsoft.

Para o Terra, a missão de transmitir o evento é uma forma de fortalecer seu apoio ao protagonismo feminino. “Com essa oportunidade única de levar o conteúdo do Women on Top para nossa audiência, reforçamos nosso posicionamento de engajamento pela equidade feminina e destaque da atuação das mulheres. Transmitir um evento como esse é uma forma de dar mais voz a uma discussão tão importante na nossa sociedade e é um abre portas para novas discussões do tema no Terra”, afirma Claudia Caliente, diretora do Terra. Além das transmissões ao vivo, o Terra irá disponibilizar acesso ao conteúdo do evento em uma página especial.

Realizado pela jornalista Ana Paula Padrão junto com Lia Rizzo e Cristiano Diniz, o evento Women on Top vai acontecer presencialmente na Casa Petra, em São Paulo, mas sem plateia. Com o objetivo de dar luz ao destaque feminino em cargos executivos, o evento também celebra as conquistas das mulheres nesse meio nos últimos anos. “Mesmo que percentualmente pareça pouco, já que só cerca de 14% das cadeiras de CEO atualmente são ocupadas por mulheres, avançamos significativamente e é preciso continuar”, aponta Ana Paula Padrão. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »