26/10/2021 às 14h57min - Atualizada em 26/10/2021 às 16h18min

Clube do Livro fecha programação on-line da Fundação do Livro e Leitura, neste final de outubro

SALA DA NOTÍCIA Verbo Nostro
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto preparou uma agenda diversificada de atividades virtuais para essa semana, voltada a quem curte cultura sem precisar sair de casa. No dia 27, quarta-feira, às 19h30, acontece a sessão de Dicas de Leiturinhas, com a atriz e contadora de histórias Míriam Fontana. Na quinta (28), às 20h, será exibido o quinto episódio da série “Bond Music – Uma Homenagem às Canções da Saga 007”. E no sábado (30), às 16h, terá o tradicional encontro do Clube do Livro sob mediação da bibliotecária Gabriela Pedrão. Todas as atividades são abertas e gratuitas à toda população e podem ser acessadas pelo site da Fundação, YouTube e redes sociais.

A sessão de dicas de leituras infantis contará com recomendações de livros que ensinam as crianças sobre a temática da água. Além do site, a transmissão ao vivo também poderá ser acessada pelo Instagram ou pelo canal do YouTube da Fundação.

Já a exibição das músicas da saga de James Bond será transmitida pelo site e pelo YouTube. O episódio on-line contará com a participação das bandas Kilotones e Chavala, além das solistas Fernanda Marx e Gika Bacci, acompanhadas pela Orquestra Acadêmica Alma.
O Clube do Livro será promovido pela plataforma ZOOM (link na BIO do Instagram da Fundação do Livro e Leitura: https://us02web.zoom.us/j/83846934339#success) para discutir o livro de Toni Morrison, “O Olho Mais Azul”. Esse é o 10º encontro do grupo neste ano, que desde a pandemia, tem reunido participantes de diversas localidades do país. A atividade também será exibida no YouTube da instituição. 

Para acompanhar a programação semanal, basta acessar as redes sociais da Fundação do Livro e Leitura:
Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (https://www.facebook.com/fundacaolivrorp)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)
YouTube (FeiraDoLivroRibeirao)
Plataforma site: www.fundacaodolivroeleiturarp.com
Debate trata de racismo e padrões de beleza

“O Olho Mais Azul”, obra escolhida para o encontro do Clube do Livro neste mês de outubro, chama a atenção para dois temas importantes da atualidade: o racismo e a padronização da beleza feminina. Narrado sob o ponto de vista de uma menina negra, Pecola Breedlove, o livro é considerado um dos mais impactantes escritos por Toni Morrison. “É um livro bastante pesado e triste, que desperta, ao mesmo tempo, uma simpatia profunda pela personagem principal, Pecola, e revolta pela opressão que ela (e quase todos os personagens) sofrem”, diz Gabriela Pedrão, mediadora do encontro e curadora do grupo.

Sobre essa correlação dos temas do encontro, Gabriela diz que todas as mulheres sofrem com padrões arbitrários de beleza. “Contudo, quando esses padrões interagem com o racismo, os efeitos negativos são muito mais nefastos”, argumenta. A bibliotecária destaca, ainda, que o romance trata dos desdobramentos dessa interação em todos os aspectos das vidas das mulheres negras presentes no enredo.


Para Gabriela, o que fica de “O Olho Mais Azul” é uma mensagem importante para o leitor: “o nosso modo de vida está tão impregnado de racismo e desses padrões opressivos de beleza que até as coisas mais banais do dia a dia são contaminadas por eles, afetando as relações sociais e nossa autopercepção das mais diversas maneiras”. A mediadora do grupo conclui que o pior é que “muitas vezes as pessoas não têm consciência do quanto são afetadas e até mesmo reproduzem essas formas de opressão - mas é exatamente isso o que o romance de Morrison vem nos mostrar”.

Sinopse do livro
Trata-se do primeiro romance de Toni Morrison e conta a história de Pecola Breedlove, uma menina negra que sonha com uma beleza diferente da sua. Negligenciada pelos adultos e maltratada por outras crianças por conta da pele muito escura e do cabelo crespo, ela deseja mais do que tudo ter olhos azuis como os das mulheres brancas ― e sonha com a paz que isso lhe traria. Mas, quando a vida de Pecola começa a desmoronar, ela precisa aprender a encarar seu corpo de outra forma. Uma poderosa reflexão sobre raça, classe social e gênero, “O olho mais azul” é um livro atemporal e necessário.

Sobre a Fundação
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Em 2020, a Feira tornou-se internacional e recebeu nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto). Em 2021, foi realizada em formato 100% on-line atraindo participantes de 27 países.
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, ao longo de seus 20 anos, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura, com calendário de atividades durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do ProAc.

SERVIÇO
Quando:
Dia 27/10, quarta-feira, às 19h30 - Sessão de Dicas de Leiturinhas, com a atriz e contadora de histórias Míriam Fontana. No Instagram, site e YouTube.
Dia 28/10, quinta-feira, às 20h – Episódio 5 “Bond Music – Uma Homenagem às Canções da Saga 007”. No site e YouTube.

Dia 30/10, sábado, às 16h - Clube do Livro sob mediação da bibliotecária Gabriela Pedrão.  LINK para acesso: https://us02web.zoom.us/j/83846934339#success; também exibido no YouTube.
Obs: Todas as atividades são abertas e gratuitas à toda população e podem ser acessadas pelo site da Fundação e pelas redes sociais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »