25/10/2021 às 21h26min - Atualizada em 26/10/2021 às 12h18min

Como são formadas as crises econômicas?

Descubra como surgem as crises e como os países saem delas.

SALA DA NOTÍCIA Wellington dos Santos Silva

Você já se perguntou como é que surge uma crise? Eu aposto que sim. Por esse motivo, hoje eu vou te explicar como ocorrem as crises econômicas e como um país sai delas.

 

Uma crise normalmente acontece quando um país sofre com a falta de consumo ou a falta de produção. Antes mesmo dessa falta acontecer, o que ocorre é uma certa desconfiança em algum elo da cadeia produtiva.
 

Ou seja, alguém acredita que outro alguém está deixando de fazer circular a roda da economia, e o motivo muitas vezes é desconhecido.

 

Dessa maneira as partes envolvidas acabam acreditando que algo ruim vai acontecer a ponto de “estocarem” dinheiro, com medo de perdê-lo, e é justamente a falta desse dinheiro na economia que faz uma crise estourar.

A Roda da economia

Para você entender melhor o que eu acabei de dizer, eu preciso te explicar o que é a roda da economia. Basicamente, ela possui 5 pontos, que são:

 

  • Produção
  • Empregos
  • Comércio
  • Consumo 
  • Demanda

 

Tudo começa com a produção, que é necessária para criação de produtos que vão ser comercializados e depois consumidos, gerando empregos.

 

A geração de empregos, faz circular dinheiro na economia através do comércio, que também acaba gerando novos empregos e ainda mais consumo.

 

Todo esse consumo acaba gerando uma demanda que consequentemente cria uma necessidade de produção. Quando acontece um problema em algum ponto, qualquer que seja desse ciclo, toda a cadeia é afetada. 

 

Menos produção, gera menos empregos, menor comercialização de produtos, menor demanda e assim por diante. Nesse caso, estamos falando de uma crise interna, que geralmente ocorre por conta de problemas relacionados à confiança.

 

Entretanto, quero te lembrar que nós vivemos em um mundo globalizado, onde os países comercializam produtos entre eles. 

 

Imagine que surgiu uma crise na bolsa americana, por exemplo. Os países que negociam produtos com os Estados Unidos acabariam sendo afetados.

 

Isso porque ele os EUA não teriam tantos recursos para comprar ou produzir mais e vender para outras nações, fazendo com que esses outros países também não consigam comercializar seus produtos, gerando assim uma crise global.

 

Como recuperar a economia dentro de uma crise?

Basicamente, o que faz com que uma nação saia de um período de crise é fazendo com que as pessoas voltem a consumir. Mas como é que isso acontece? Através de políticas fiscais e externas.

Política Fiscal

Quando estamos falando de políticas fiscais, nos referimos a ações internas e temos dois tipos de políticas. Que são:

 

Política de renda

É aplicada na parte interna dos países, através de políticas de renda e distribuição de renda. Um ótimo exemplo disso é o auxílio emergencial, que está acontecendo no Brasil, devido à crise causada pela pandemia do COVID-19.

 

Quando o governo injeta dinheiro, ele impulsiona a roda da economia a girar, como se estivesse dando um tranco nela.

Política Monetária

Quando falamos de política monetária, falamos em ações como diminuir os gastos públicos, gerar incentivos de consumo através da diminuição dos impostos ou até mesmo concessão de empréstimos.

 

Tudo isso ocorre com o objetivo de que a produção, o emprego, o comércio e o consumo voltem a se reorganizar.

Políticas externas

Em uma ótica externa podemos citar para melhoria da economia de um país ações como:

 

  • Medidas de proteção a produção industrial;
  • Medidas comerciais e de controle;
  • Concessão de empréstimos internacionais;
  • Concessão de créditos internos.

 

Tudo isso são ações que podem ser tomadas com um único objetivo, que é estimular o consumo e assim conseguir tirar um país de uma situação de crise.


Conclusão

Como podemos perceber, uma crise econômica é um problema que acaba acontecendo por falta de confiança e quando um elo dentro desse ciclo econômico deixa de agir da maneira correta, toda a cadeia produtiva começa a sofrer as consequências.

 

E para reverter essa situação, são necessárias iniciativas dos governos para que a economia volte a funcionar como deve ser.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »