25/10/2021 às 11h57min - Atualizada em 25/10/2021 às 18h56min

Fita isolante: o item indispensável nas reformas e construções

SALA DA NOTÍCIA Victor
Todo mundo que trabalha com manutenções elétricas sabe o quanto é importante isolar fios a fim de evitar curto-circuitos, sobrecargas e incêndios elétricos.

Além de causarem prejuízos para casas, apartamentos, prédios e outros estabelecimentos, eles também podem pôr em risco a vida das pessoas que vivem ou trabalham nesses lugares.

Aí que uma fita isolante apropriada pode fazer a diferença na hora dos reparos elétricos.

Como existe mais de um tipo de fita isolante preta, logo é compreensível que você se sinta perdido e não saiba qual escolher, principalmente se essa é a sua primeira vez comprando uma.

Continue lendo os próximos parágrafos para saber como escolhê-la e usá-la pela primeira vez.

Como escolher

A escolha da fita isolante é subjetiva considerando que existem três classes de fita: A para uso profissional, B para uso geral/industrial e C para uso comum. O que irá definir a melhor fita isolante adesiva vai ser alguns aspectos como resistência, controle de umidade, aderência, elasticidade e espessura.

Resistência

Alguns sistemas elétricos produzem altas temperaturas que exigem vedações resistentes. Nestes casos, uma fita isolante profissional consegue dar conta do recado, pois a sua base de borracha feita de PVC impede o derretimento de circuitos e o mau funcionamento dos mesmos após os reparos e isolamentos. 


Controle de umidade

Outra característica que uma fita isolante precisa ter é manter a umidade longe de um sistema elétrico, principalmente aquele que fica exposto à chuva constante. Essa é uma forma de preservar letreiros e outros objetos que ficam do lado de fora sem proteção.

Aderência

A partir do momento em que você começar a enrolar o fio exposto, a fita isolante deve oferecer a aderência necessária para permanecer fixa ao cabo e não deixar resíduos quando for removida em futuras manutenções.

Elasticidade

Isso vai permitir que você enrole a fita em torno do objeto, mantendo-a tensionada o suficiente para evitar pontos descobertos e excesso de material que possa comprometer o resultado final do reparo em questão.

Algumas fitas possuem um ponto de rompimento que pode variar entre 200/300% do seu tamanho original, chegando até 800%, sendo esta última indicada para casos específicos como o isolamento de materiais industriais, por exemplo.

Espessura 

Outro detalhe que não pode passar despercebido durante a compra de uma fita isolante adesiva é a sua espessura. fitas mais finas podem ser usadas em reparos de fios menos espessos, enquanto os modelos mais grossos já são indicados para isolamentos mais complexos.

Como usar a fita isolante corretamente

Antes de começar a usar a fita isolante, cheque se a chave geral da residência está desligada para evitar choques elétricos.

Depois, com a ponta esticada, enrole a fita tomando o cuidado para tensionar a segunda volta na metade da primeira. Apenas assim você consegue mantê-la presa no fio que foi vedado.

Além disso, isso evita que eles fiquem expostos. Procure, sempre que possível, fazer uma emenda na mesma espessura do isolamento original do condutor.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »