21/10/2021 às 13h59min - Atualizada em 22/10/2021 às 00h02min

Paciente é pedida em casamento após 28 dias internada no Hospital Estadual de Luziânia

Lenir Evangelho, de 64 anos, foi surpreendida pelo marido com a proposta de renovação dos votos na saída da unidade hospitalar

SALA DA NOTÍCIA ECCO Escritorio de Consultoria em Comunicação Ltda
https://hospital-luziania.org.br/paciente-e-pedida-em-casamento-apos-28-dias-internada-no-hospital-estadual-de-luziania/
Familiares e profissionais de saúde se reuniram para celebrar a alta. Foto: Luiz Fernando Fernandes

Poucas pessoas podem contar que vivenciaram momentos marcantes da vida mais de uma vez, mas Lenir Evangelho pode se dizer privilegiada. Depois de 28 dias lutando pela sua vida enquanto estava internada no Hospital Estadual de Luziânia (HEL), a costureira aposentada, de 64 anos conseguiu se recuperar da Covid-19. Ao receber alta foi recebida pela família e marido que propôs se casarem novamente.

Moradora do Nova Gama, Lenir e o marido se contaminaram com o coronavírus no começo do mês de setembro, quando apresentaram sintomas como falta de ar e febre. Com o passar dos dias, se notou uma piora do quadro da idosa que precisou de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

No período de luta por sua vida na UTI, Lenir se apegou ao amor pelas filhas, netos e marido. Com imensa persistência e um admirável trabalho realizado pelos profissionais da unidade hospitalar, a paciente foi transferida para a enfermaria após 12 dias na UTI.

Nos últimos 16 dias de internação, Lenir Evangelho teve uma grande melhora em sua condição de saúde, podendo enfim receber sua alta no dia 20 de outubro. O momento foi acompanhado pelos profissionais de saúde, diretoria do hospital e por familiares que celebraram o momento com muita festa e alegria.

No momento da alta hospitalar, o marido de Lenir, Osni Evangelho, abriu um cartaz com os dizeres “Quer casar comigo de novo?” O pedido foi prontamente aceito e a troca de alianças ocorreu no mesmo momento na saída da unidade hospitalar. O que foi comemorado por todos presentes, inclusive pelo diretor-geral do HEL, Francisco Amud.

Segundo Osni, a renovação dos votos foi motivada pela recuperação de sua esposa. “Pensei que seria justo propor um pedido de casamento novamente devido ao retorno de minha amada esposa. Esse período de internação foi de imensa dor entre os familiares e nada mais justo que celebrar agora que temos o retorno dela”.

 “Ficamos contentes por proporcionar reencontros como esse. A dona Lenir praticamente renasceu em nossa unidade e nada mais justo do que ser pedida em casamento novamente. Desejamos felicidades para o casal e que daqui para frente seja só felicidades”, afirma o diretor-geral do HEL.

Além do pedido de casamento, os familiares de Lenir Evangelho levaram buquês de flores para os responsáveis da recuperação da matriarca da família. Um cartaz de agradecimento também foi entregue e ficará exposto nas paredes do hospital. Um bolo também foi distribuído entre os colaboradores do hospital para celebrar a recuperação da idosa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »